Skip to content

Pão-pão-pão !

19/03/2014

bz_holandaAna Fonseca, Holanda

Holandês gosta muito de pão. Fato. Faz parte da cultura gastronômica deles, é barato, é variado, é versátil, é prático.

O pão deles (brood) vai te cutucar em todas as partes em que você transitar pelo país. Nas estações de trens, nas cantinas do trabalho, em várias prateleiras do supermercado, nas festinhas de escritório e de amigos, nos churrascos.

O nosso pão francês tão popular no Brasil aqui é desconhecido. Existe uma versão plastificada, pré cozida, que deve ser umedecida e levada ao forno. No geral holandês gosta de pães bem escuros, com sementes (girassol, gergelim – bem popular) ou nozes, passas, etc.

Eu no Brasil detestava pão, desde criança. Resisti quando cheguei  aqui. Com o tempo passei a adotar pão. Aqui a cultura geral é de se comer no café da manhã e também durante o almoço, na forma de sanduíche (broodje).Isso vale tanto para quem trabalho ou para donas de casa e crianças. Há inúmeras variedades, o kaasbroodje (pão quentinho recheado de queijo), o “saucijzenbroodje” (massa folhada recheada de linguiça ou carne moída, também servido morno) até os sanduíches “saudáveis” (gezond) sem proteína animal (por exemplo, brie ou outro queijo com alface e pepino).

Se seu trabalho na Holanda for numa empresa grande, provavelmente há uma cantina que servirá sanduíches (e sopas compradas prontas).  Foi assim que o  hábito de comer pão me pegou. Eu levava comida de casa, geralmente sobras do jantar do dia anterior para esquentar no microondas. Só que eram duas máquinas para a empresa toda e apenas 30 minutos cronometrados de almoço. E muitos colegas holandeses não apreciavam o cheiro de comida cozida e fumegante na hora do almoço nem que eu dividisse a mesa com eles prá comer meus legumes com carne. Era mais prático ou eu levar salada pronta, ou levar o próprio sanduíche ou comprar o da empresa na cantina. A variedade de pães holandeses, italianos e franceses era enorme no meu primeiro trabalho: ciabatta, baguette, pão preto com crosta de gergelim, pães de milho etc. Os recheios: diversos queijos, diversas saladas (tomates fatiados, pepinos, alfaces, rucola…) diversas pastas (amendoim, alho poró com presunto, pepino com creme de leite), cremes e molhos, diversas proteínas (frango defumado, ovos fatiados, arenque, bacalhau, etc.).  Meus favoritos são os pães com peixes. 

As crianças holandesas adoram pão e desde o desmame começam a mastigar com miolinho de pão. Eu comecei com minhas crianças a complementar as mamadas com banana madura amassadinha e depois purê de batata bem macio. Minha sogra se espantou. Também muitos amigos do meu marido se espantaram com o fato de eu cozinhar um almoço, ainda que simples, aos sábados e domingos (e eventualmente nos meus dias de folga). Acham pouco prático.

Ano passado eu li o maravilhoso livro Barriga de Trigo e voltei a reduzir o consumo de trigo através de pães, biscoitos, massas, etc.. Fato curioso é que li o título do livro em holandês  difere  do resto do mundo  e se chama… Barriga de Pão (Brood Buik). Achei um erro grosseiro do tradutor, já que o original é Wheat Belly (barriga de trigo).  Mas depois vi que comercialmente isso talvez tenha sido uma boa opção, já que apesar de ser louco por biscoitinhos e patisseria o holandês típico quase não come massas mas fica o dia inteiro no pão-pão-pão.

brood buik

O consumo de pão na Holanda é tão associado a um estilo de vida saudável e prático que muitos não podem nem ouvir falar nos malefícios do trigo ou em substituir sanduíche por comida cozida. Nas férias do ano passado fiquei um tempo na casa da minha sogra na França e ela ficou revoltada com minha opção de tomar suco ou comer mingau de aveia com leite de soja no café da manhã e depois salada com proteína no almoço. Ficou me questionando se eu iria retirar pão da vida dos meus filhos e porque eu ainda jantava se já tinha feito uma refeição no almoço. Até o fato de eu preferir comprar pão de spelt para as crianças do que os tradicionais pães de trigo a incomodou.

Agora, holandês só não fica incomodado com uma coisa: nas férias pagar barato por uma refeição quente de boa qualidade ao meio-dia. Os terraços de bares e restaurantes na Espanha, Grécia, França, Portugal e Croácia estão repletos de holandeses que estão segurando garfo e faca e com amnésia dos “benefícios” nutricionais do pão.

________________

Ana Fonseca adora Amsterdã. Curtam nossa página no FB e nossa conta no Twitter para atualizações da vida no exterior. Quer ver fotos lindas de Amsterdã e outras cidades pelo mundo? Sigam nosso perfil no Instagram. Blog Brasil com Z, um blog feito por expatriados brasileiros, vivendo nos quatro cantos do mundo! 

 

7 Comentários leave one →
  1. sonhosnaitalia permalink
    19/03/2014 21:08

    Nossa! Aqui na Italia é a mesma coisa! O pão, os vários tipos de pães, pão em todas as refeições! um mal delicioso. bju

  2. paola permalink
    22/03/2014 0:30

    por isso nao me acostumei…nao gosto muito de pao,so pao frances,no cafe da manha,com manteiga,quentinho,huumm…quando morava na Holanda,fiquei doente o tempo todo,2 gravidez perdidas,perdi muuuito peso,enfim,quase 3 anos morando por ai,meu marido acabou cedendo ao meu apelo,nos mudamos para o Brasil!o que acontece aí é o seguinte:(segundo meu marido me revelou,rs)o povo holandes é muuito pao-duro,economiza ate na hora de comer!o pao é mais barato do que cozinhar um prato de comida!meu marido ama arroz e feijao,aqui almoçamos,jantamos,normal,como uma tipica familia brasileira!na Holanda,para poder fazer um almoço,com arroz,carne,salada,etc,era aquela briga!mas aqui,segundo ele fala,é mais facil e barato cozinhar!e come-se melhor tambem!!ingredientes frescos,com gosto de fruta mesmo!!nao tem nem como comparar!enfim,meu marido é holandes,que está amando viver no Brasil!!problemas?todos os paises têm!mas eu ainda prefiro estar em minha terrinha!!valorizo cada garfada aqui nas refeiçoes,como senti falta!e tambem o calor do solzinho brasileiro que ,todas as manhãs,brilha quando abro minha janela!Holanda agora,so daqui uns 2 anos,rs,e pra visitar,no maximo,por 10 dias!nao mais que isso!nao sinto saudade alguma! 🙂

  3. 24/03/2014 8:26

    Paola, aqui na Holanda há de tudo que você possa pensar: feijão preto, leite de coco, palmito, camarão seco, aipim, pimentas, óleos. Basta ir a um TOKO que você encontra podutos tropicais. O hábito de sanduíches para o almoço está se espalhando pelo mundo todo, não só na Holanda. Pode ser tão saudável e variado quanto você quer que o seja.

    Há que se ver que a produtividade na Holanda é alta, e holandês trabalha calado e rápido. O sanduíche cai bem na cultura de produtividade alta (as crianças por exemplo tem apenas uma hora de pausa para o almoço e no trabalho 30 minutos cronometrados). No Brasil o “timing” é outro, e muito baixo para minha concentração, energia, etc.. Pessoalmente, a Holanda me cai bem pois é um país seguro, de gente calma e bem educada, que preza a natureza e as possibilidades culturais são infinitas / de fácil acesso / com bom preço (museus de primeira classe, workshops para crianças, concertos, teatros, shows…). Quanto mais o tempo passa mais eu gosto da Holanda !

    • paola permalink
      24/03/2014 18:10

      Sim,ha pessoas que gostam de viver aí…eu nao me adaptei,foi muito ruim para minha saúde,perdi muito peso,vivia gripada,tive dois abortos expontaneos,enfim,foi horrivel minha experiencia por aí…o trabalho do meu marido ,permite que ele trabalhe em qualquer parte do mundo.entao,arrumou trabalho no Brasil,e viemos viver aqui,de volta para minha terra!admiro quem conseguiu se adaptar por aí,mas infelizmente,nao deu pra mim!e senti muita falta do calor humano brasileiro!nao tive sorte com amizades por aí,nao fui muito bem aceita,rs.nao bebo,nao fumo,sou evangelica,enfim,como os amigos de meu marido(holandeses)disseram:sou muito caretinha!voltei ao Brasil com muitos problemas de saúde,meu marido aceitou viver aqui,para me ver saudavel e feliz!Holanda, agora,so pra visitar os pais dele,e no maximo por 2 semanas!ele gosta muito do Brasil,a comida,as pessoas,a alegria,o clima…se voce é feliz aí,é muito bom!Boa sorte!*sempre leio tudo o que voce posta aqui,é muito interessante!abraços!

  4. Alyne permalink
    03/04/2014 21:59

    Aqui na Espanha, pão é sagrado nas refeiçoes!!!! Pão em barra, redondo, com gergelim, passas… ah chegaaa kkkkk 😉

    • 04/04/2014 12:32

      Como um “extra” dá para você dar aquele desprezo. Agora, quando é só pão e cremes / embutidos e rúcola murcha como prato principal dá uma certa tristeza…

Trackbacks

  1. Café-da-manhã pela Europa | Brasil com Z

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: