Deseja sabe​r ​como validar seu diploma na Inglaterra, Reino Unido?

Saiba como validar, saber se é ou não válido ou se há necessidade de revisão ​d​o seu diploma para se candidatar à uma vaga de trabalho na Inglaterra ou qualquer outro país do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales ou Irlanda do Norte).

Primeiro Passo

Naric irá facilitar a sua vida. Se tem o interesse em reconhecer seu diploma, obtido em outros países, aqui na Inglaterra, o serviço deles é limitado em prover informações e opinião especializada para qualificações obtidas no exterior, ou seja, você paga pelos serviços para saber onde ir e como dar entrada no órgão equivalente à sua qualificação. O NARIC vai poder te informar qual a equivalência do seu curso aqui na Inglaterra.

UK NARIC (National Academic Recognition Information Centre).

Essa agência irá lhe dar informações e instruções do que é necessário para conseguir encontrar algo equivalente à sua qualificação, no Reino Unido.

Poderão ajudar especificamente em ​casos como​:

  • Indivíduos​ vindo para o Reino Unido para trabalhar ou estudar que tenham​ uma qualificação considerada Internacional.
  • Potenciais imigrantes que desejam ​solicitar um visto de trabalho através do sistema de pontuação.
  • Universidades e colégios que desejam aceitar estudantes estrangeiros.
  • Empregadores que desejam trazer trabalhadores estrangeiros para o Reino Unido.

​Poderá efetuar o preenchimento do formulário online ou por carta. O endereço é:

UK NARIC

Oriel House

Oriel Road

Cheltenham

Glos, GL50 1XP

Preenchendo o formulário online, o mais indicado, cada candidato​ pode ver o progresso ​de sua solicitação ​com seu login de acesso​,​ através de um número de identificação ou seja “ID number


 Segundo Passo

Definindo isso, você deverá procurar o órgão responsável pela sua profissão para assim, poder tornar seu diploma válido e poder trabalhar legalmente em sua profissão aqui. Mas atenção! Sem este reconhecimento pelo órgão responsável equivalente à sua formação, você estará trabalhando ilegalmente.

Encontrando o orgão responsável específico da sua área, é necessário preencher o formulário e aguardar o processo indicado no mesmo.

Alguns dos órgãos com os quais é possível entrar em contato direto se você já souber o equivalente da sua profissão são:

Profissional na área da saúde

Qualificações: Certificados, diplomas, horas trabalhadas, exemplos, toda informação que puder enviar e demonstrar aqui é válido. Tudo traduzido com traduções juramentadas. Não economize nessa parte.

Nível de Inglês: Todos os estrangeiros têm que possuir um nível de inglês suficiente para exercer a profissão. Portanto o órgão de avaliação utiliza a pontuação não menor que 6.5 do sistema INTERNATIONAL ENGLISH LANGUAGE TESTING SYSTEM ou IELTS

Baixe o formulário do órgão responsável na area de saúde, no Reino Unido se chama HCP (Health and Care Professions Council)

Tempo de espera do processo: 16 semanas

Profissional na área Científica

Semelhante a engenharia mencionado acima, aqui uma lista com órgãos da área científica

Visite Science Council website para encontrar o órgão de acordo com sua especialização e então biaxar o formulário para poder dar início no processo.

O primeiro da lista por exemplo – ACB Associação de Cientistas Clínico e Cientistas Biomédicos

Assim como os outros órgão da área de saúde pedem para que antes de entrarem em contato com efetuem o processo da HCP (Health and Care Professions Council) 

Profissional na area de engenharia

Visite a página detalhada – Engenheiro Profissional, Engenheiro Tecnológico e Engenheiro Técnico, resumindo prescisará:

  • Ter certificação reconhecida pelo acordo de Washington ou reconhecimento acadêmico equivalente.
  • Ter pelo menos 7 anos de experiência após a graduação.
  • Pelo menos 2 anos como responsável em um projeto específico na área.
  • Envolvimento contínuo no desenvolvimento da carreira na área.

É necessário filiar-se em uma instituição na área equivalente à sua profissão na área de engenharia.

No meu caso como sou da area tecnológica, faço parte da BCS (British Computer Society)

Não vou listar o que cada um pede, pois seria uma lista muito imensa aqui, mas em geral, prepare:

– Curriculum Vitae (CV)

– 2 pessoas de contato que pode confirmar sua profissão

– Certificados e diplomas para efetuar o cadastro.

Há uma taxa anual pelo benefício.

Os benefícios oferecidos são o reconhecimento na área, palestras, treinamento, material informativo e orientação básica em termos de desenvolvimento de carreira.


É necessário traduzir os documento?

Sim. Procurem em sua região serviços de traduções. Deverá receber instruções de reconhecimento de assinaturas constantes nos documentos apresentados na tradução. Documentos necessários também, mas geralmente é bom ter em mãos Certidões de Nascimento, Casamento, divorcio etc…

Não economize nesse ponto.

Todas profissões são reconhecidas e podem ser aplicadas na Inglaterra?

É necessário efetuar uma pesquisa em sua profissão em específico, por isso ressalto a importância em utilizar serviços especialistas nesse ponto como por exemplo  UK NARIC.


Terceiro Passo

Contando que o Reino Unido faz parte da União Europeia, é importante se informar sobre como funciona o trabalho em termos de direitos e deveres do trabalhador na União Européia.

É importante estudar e passar no teste IELTS que é específico para estudantes, trabalhadores e inmigrantes que venham para o Reino Unido. Acesse ​o site acima onde encontrará uma variedade de material oficial, com site bem informativo, dividido por cada tipo de situação: estudante, trabalho e imigrantes. Possui vídeos, instrui como se preparar, o material necessário, agendamento da prova e resultado.

​O site – UK Visas & Immigration – é interessante para fazer uma simulação para se avaliar se se tem chances de obter um visto ou não no sistema de pontuação. Isto se refere ao objetivo, se é trabalhar, estudar ou emigrar de vez para o Reino Unido.

Antes de prosseguir, algumas dicas:

  • Leia e releia os formulários para ter certeza que providenciou o mínimo de informação exigido.
  • Mencionei no texto, não economize nas traduções.
  • Os documentos têm uma validade de 6 meses, portanto prepare-se bem nessa parte burocrática entre pedidos de documentação no Brasil, não deixe para a última hora pedidos de documentos como: certidão negativa de antecedentes criminais, negativa de processos profissionais no conselho federal de sua profissão no brasil.
  • Não se atente a exercer a profissão sem obter a legalização da certificação em órgãos competentes, poderá ser penalizado com multas ou até mesmo levar a prisão. Aqui as leis funcionam e muito bem.
  • Aguarde até a finalização do processo, não considere pronto e comece a exercer a profissão sem antes receber a documentação.
  • Após tudo pronto é só procurar emprego na sua área, uma jornada de entrevistas e com certeza o esforço feito até aqui será recompensado mais cedo ou mais tarde. O importante é não desistir jamais.

 E por Último

A dica básica é​ (não é regra mas…):​

Venha com a mente aberta, pois o choque cultural poderá afetar seu desempenho e satisfação de estar morando fora.

Comida, lugares para visitar, ritmo de sair e conversar pode ser diferente do que somos acostumados ​a viver ​no Brasil.

Além da saudade da família e de coisas típicas que​ se ​é acostumado a fazer.

No início tudo é novidade, mas precisa estar com a mente bem aberta para aprender e interagir com a cultura que não é somente Inglesa, mas de outros estrangeiros.

Bom, deixando isso bem claro, acredito que até esse ponto já​ se​ deve estar determinado a sair do Brasil para tentar uma temporada fora​,​ ​o​ que é altamente recomendável a qualquer pessoa, acredito que ​essa ​experiência nos faz ver o Brasil de uma forma diferente.

Apreciamos ainda mais nossas belezas e aprendemos a reconhecer as nossas falhas. Aprendemos a enxergar coisas e tabus que temos e naturalmente procuramos melhorar.

Boa sorte e bom trabalho.