Pular para o conteúdo

9 pratos milaneses típicos!

15/04/2019

Carolina Martins – Milão, Itália
Ciao a tutti! Hoje o post é sobre uma coisa super gostosa: a gastronomia italiana! Ela é extremamente regional, e cada região tem seus pratos típicos gerando uma riqueza e diversidade enormes. E todas são maravilhosas, do norte ao sul! Comer bem é uma arte, e posso dizer seguramente que os italianos são artistas. Meu primeiro professor de italiano, nascido em Palermo, dizia: italianos ou estão comendo, ou fazendo comida, ou pensando em comida, ou falando em comida. O que é verdade, a comida aqui é uma religião. E morando aqui posso dizer que me tornei extremamente religiosa.
Localizada no norte do Itália, a região lombarda onde se encontra Milão, tem uma temperatura bem fria durante uma boa parte do ano, então é comum o consumo de pratos mais “pesados”, mais carnes que peixes (muita vitela!) e muita polenta. Além do arroz para o mais icônico de seus pratos, o risoto.

Nesse post, cito os 9 pratos mais tradicionais da minha cidade. Andiamo!

Risotto alla milanese 
Aqui o meu prato preferido de Milão. Esqueça o risoto que fazemos no Brasil, o milanês trata-se de um risoto feito com arroz, açafrão, manteiga, cebola, vinho branco, caldo de carne e muito, muito queijo.
O Risotto alla milanese nasce em 1574, quando o vidraceiro belga Valerio di Fiandra, que na época morava em Milão e trabalhava nos vitrais do Duomo, decide, para o casamento de sua filha, fazer um risoto com manteiga de açafrão. Essa especiaria era muito usada pelos vidraceiros para dar a coloração amarela aos vidros, lembrando o ouro, sinômino de riqueza.
Nos dias de hoje, é  possível encontrar o risoto em praticamente todos os restaurantes e casas de Milão. Na minha casa, faço toda semana. É cremoso, saboroso e você deve experimentar!
risottoMeu preferido!

Ossobuco
Conhecido também no Brasil, um dos maiores pratos da tradição milanesa é feito preferencialmente com a carne de vitela, mais macia. São fatias de 3 a 4 com o osso, isso é fundamental pois no cozimento o miolo desse osso se junta ao molho contribuindo para o sabor final. É servido tradicionalmente em cima do risoto e nem preciso dizer o quão gostoso é.
ossobucoOssobuco servido junto ao risoto.
 
Cotoletta alla milanese
Sua origem é de 1134 quando foi servida ao Abade da Basílica de Santo Ambrósio de Milão, é um super clássico da tradição milanesa. Feita também com carne de vitela (note que em Milão se usa muito essa carne), empanada e frita na manteiga. Originalmente um pouco dessa manteiga era jogada em cima da cotoletta pronta, hoje essa técnica foi substituída por fatias de limão no momento de servir. Costumam vir em tamanhos exagerados, muitas vezes maior que um prato, e dá pra comer tranquilamente pois é deliciosa. Se você não come muito, não peça o primeiro prato (macarrão, risoto), peça apenas o segundo prato que é sempre a carne ou peixe, no caso a Cotoletta. Lembre-se: na Itália não se mistura pratos, primeiro se come o macarrão, depois a carne, separadamente. A única exceção é o risoto com ossobuco, que vêm juntos.
cotoletta
Cassoeula
Um verdadeiro prato clássico da Lombardia: guisado de carne de porco e repolho. Deriva da Cassoulet francesa, muito consumido no período de guerras e crise econômica por ser barato. É um prato “pesado” e não é servido no dia a dia e muito menos no calor.
cassoeula
Cassoeula: Delicioso, e servido com uma boa taça de vinho.
Mondeghili
É a almôndega de Milão, criada para usar as sobras dos alimentos de outras preparações e não desperdiçar nada, principalmente no período festivo. Sua origem é espanhola: “albondiga” e os milaneses a chamavam de albondeghito (diminutivo) e disso foi um pulo para se chamar mondeghili. Feita com um mix de carne de vitela e vaca assadas (lembre-se que são “sobras”) mortadela ou presunto, queijos, ovos, tudo que sobrar. Eu amo essas bolinhas de carne em qualquer época do ano.
mondeghili
Olha essas bolinhas… 
Trippa alla milanese
Conhecida também por busecca, é um prato de inverno feito com tripa de vitela, cebola, cenoura, queijo e muitos outros ingredientes e faz parte da tradição popular milanesa, não faltando na vigília de Natal de muitas casas. É um ensopado, muito rico e quente, mas não posso dizer se é gostoso porque eu não como tripa, ainda! Quem sabe me aventuro um dia e conto para vocês.
trippa
Tripa… Um dia provo! 
Rustin negàa
Poucos restaurantes ainda o fazem, mas é um dos pratos mais tradicionais da cozinha milanesa. Significa literalmente “assado afogado”, onde pedaços de vitela são dourados na manteiga e sálvia e depois afogados no vinho e caldo de carne, cozinhando por horas e acompanhados finalmente por polenta, batatas ou risoto. Você pode imaginar o quanto isso é saboroso e sendo difícil achar um restaurante que o faça, faço eu! Uma delícia.
rustin negaa
Barbajada
Doce/bebida típica de Milão, ótima em qualquer momento do dia é uma mistura de chocolate, café e leite (não confundir com cappuccino) e sua receita tem mais de 200 anos. Hoje em dia não tão famosa, é preciso ir a algum local mais tradicional para beber. Ou, assim como eu, fazer em casa. É sensacional principalmente nos dias frios.
barbajada
Panettone
Terminando esse post pela sobremesa, claro, ele que é conhecido em nossas festas de Natal no Brasil, o Panettone que foi criado em Milão, é consumido o ano todo, e ainda mais no Natal, tamanha tradição. Aqui ele é um pouco mais fofinho e o sabor é um pouco diferente do brasileiro e existem versões salgadas que são recheadas com queijo, salame, presunto, e ficam uma delícia! A versão doce tradicional tem uma infinidade de sabores, a minha predileta é a de creme de limoncello (um licor de limão). As confeitarias tradicionais normalmente têm o panettone o ano todo e no período de Natal todos os mercados ficam lotados deles.
panettone
Fiquei com fome só de falar nesses pratos. Até o próximo post! Ciao!
__________________
Carolina Martins é paulistana e mora atualmente em Milão, onde estuda confeitaria. Para saber mais sobre ela e a conta pessoal no Instagram acesse aqui a mini biografia.
Mora no exterior, gosta de escrever e quer concorrer a participar do blog “Brasil com Z” como autor ou colaborador? Seja ousado como a Carolina e envie-nos um e-mail contando sua motivação, interesses e disponibilidade: blogbrasilcomz@gmail.com  Para mais informações acesse aqui. Blog “Brasil com Z”, um blog feito por brasileiros morando nos quatro cantos do mundo! Sigam-nos no Facebook para atualizações diárias, e no Instagram para ver as fotos da Carolina e de outros autores. Agradecemos!
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: