Skip to content

Autor: Rogério da Silva

Rogerio da Silva - @roger_uk 128x128

bz_inglaterra

Rogério da Silva

Autor de Leeds – Inglaterra

Analista de testes em tempo integral e blogueiro em horários de folga. Adora pentelhar sua esposa enquanto cozinha compartilhando seus dotes e experimentos culinários. Gosta de viajar e conhecer pessoas, lugares e experimentar tudo que esse mundão tem a nos oferecer. Caminhar, tirar fotos, cozinhar e assistir documentários sobre lugares são o seu programa favorito, mas compartilhar suas experiências está no topo de sua lista.

Para saber mais:

Blog de culinária (inglês, em breve também em português): Spicy Malagueta

Seu site profissional (mais tecnológico e sobre blogs, em inglês).

Twitter: @roger_uk

Tutoriais no wordpres: http://br.rogeriodasilva.com/category/wordpress/tutorial-wordpress/

Veja todos os artigos do Rogério da Silva já publicados aqui no Brasil com Z.

*comentários não são aceitos nessa página, comente em algum texto do autor.

6 Comentários
  1. Dandara permalink
    28/07/2015 18:01

    Amei o post sobre os 5 motivos para se morar no reino unidoUm dia irei morar ai com minha familia se deus quiser
    .

  2. Frank permalink
    17/08/2015 14:12

    Acredito que se houver a dúvida entre ficar ou voltar ao Brasil, devemos nos perguntar qual o motivo pelo qual nos levou a sair dele e se estes são os mesmos que estão nos fazendo querer voltar ao nosso país de origem. No momento em que saímos do Brasil temos que ter em mente que tudo mudará, as pessoas que ficaram, o país muda, nos mudamos, e o retorno pode ser muito mais complicado do que a saída.

    Na minha opinião, viver com um nativo do país que imigramos pode ajudar, ainda que dificil nos primeiros anos, a enraizar, conhecer as bases do povo, a cultura de perto, e a nos adaptar, é algo quase que sem escolha. Morar no exterior com outro(a) (brasileiro (a), pode gerar conflitos culturais pois você sai e está no exterior mas quando volta para casa do trabalho, volta ao um pequeno “Brasil”…um Brasil incompleto pois não contêm as outras pessoas que eram próximas de você, e, ainda que aconchegante e te deixando em uma “comfort zone”, daí nasce a dificuldade de ficar e motivação para se adaptar aprendendo a cultura, os costumes, a cozinhar a comida local e etc…

    Já encontrei várias pessoas no Brasil que iam morar na minha cidade São Paulo e depois de um ano ou dois, voltavam reclamando do povo, da comida, do clima, para a sua cidade natal, ficavam 1 ano ou menos…e lá estavam eles voltando a São Paulo novamente… E o mesmo já ví aqui na Europa, brasileiros que chegam e que voltam e que na verdade não conseguem mais se adaptar em lugar nenhum, perderam a paz interior, algo que precisam encontrar, pois daí sim, serão felizes em qualquer lugar do mundo.

  3. 10/12/2015 15:01

    Bom dia Rogério estou estudando inglêsttenho vontade de morar na Inglaterra trabalho na indústria como soldador inspetor de solda N1 será que um dia esse sonho meu se realize de viajar pra ingraterra será que tenho chance de trabalhar na minha área ou não mas eu não se emportaria de trabalhar em outra área não sei se vou conseguir mas estou sonhado .

  4. Cássio Rodrigo louro permalink
    30/12/2015 18:37

    Boa tarde Rogério.. Estou pensando em ir morar na Inglaterra para trabalhar, mas não conheço ninguém no país, posso trabalha como motorista como garçon não tenho preferência, além de Leeds vc indicaria outra cidade? Eu estava pensando e lendo sobre a cidade de Leicester vc conhece? Mto obrigado

Trackbacks

  1. O que é o Pancake Day na Inglaterra? | Brasil com Z
  2. E para validar meu diploma na Inglaterra, Reino Unido, o que eu faço? | Brasil com Z

Comentários encerrados.