Marcos Oliveira Gomes
Dublin, Irlanda

Pra falar de culinária na Irlanda precisamos falar de Batata! O tubérculo está presente no dia-a-dia dos Irlandeses desde a segunda metade do século 16, vinda da América do Sul. As condições climáticas  na Irlanda não favorecem a agricultura, mas a batata cresceu muito bem no solo irlandes e além disso era fácil de estocar  e ser consumida no Inverno.

Para entender a relação do povo Irlandês com as batatas precisamos voltar no tempo. De 1845 à 1849 a Irlanda passou pela “Irish Potato Famine” (A Grande Fome da Batata). Crise provocada por um fungo nas plantações de batatas que era a base alimentar em toda Europa e matou cerca de 1 milhão de Irlandeses e outros milhares emigraram fugindo da fome e das doenças.

Na época considerado um milagre, as batatas resistiram a moléstia e criaram imunidade, sendo cultivadas intensamente após umas das mais profundas crises alimentares na Europa.

Bom, depois desta rápida aula de História, vamos falar de… Batatas!

A batata obviamente é a base de muitos pratos tradicionais na Irlanda. Eu não passei pela experiência de me hospedar numa homestay, mas os brasileiros aqui reclamam comentam que se come batata todos os dias: batata ensopada, batata assada, batata frita, batata com carne, batata com peixe, batata com batata.

Bom, nas ruas a história é um pouco diferente, o que vemos por aí são restaurantes dos mais variados tipos e origens. O mais tradicional é o Fish & Chips que é uma posta de bacalhau empanado frito acompanhado de batatas fritas (usa-se vinagre e curry pra temperar a batata frita e fica muito bom).

Espalhados pela cidade temos fast-food, pizzarias, kebabs, sanduíches, comida chinesa, thailandesa, polonesa e até um restaurante brasileiro!

Nos supermercados encontra-se uma boa variedade de produtos, algumas coisas que são comuns no Brasil aqui não existem, como requeijão e feijão(só enlatado). Já outros produtos como polvilho e leite condensado podem ser encontrados nas lojas asiáticas e polonesas comuns em Dublin. Por coincidência esses dias achei uma loja brasileira que vende feijão, leite condensado, limão, farofa pronta, doce de leite e outros produtos comuns no nosso dia-a-dia.

A cozinha tradional irlandesa considerada pela maioria, tem sua origem não nos nobres, mas sim na  cozinha dos fazendeiros do passado, preservando assim a identidade culinária dos antepassados.

O Café da manhã tradicional, o Full Irish Breakfast é  bem diferente do nosso: bacon, ovos, salsichas, tomate, cogumelos, pudding, frutas frescas, torradas com manteiga e geléia. Na verdade é bem parecido com o English Breakfast.

É difícil falar da Culinária Irlandesa estando há apenas 2 meses aqui e não conviver com Irlandeses, só experimentei o Fish & Chips que é muito bom por sinal. Mas existem  muitos outros pratos tradicionais, e a batata está sempre na receita. Além disso muitas vezes usam cerveja para cozinhar.

Esse post já estava prontos há alguns dias, mas estou completamente sem tempo pra terminar. Decidi publicar assim mesmo senão nunca ia ficar pronto, mas prometo que vou fazer um “esforço” e experimentar os pratos típicos da Irlanda, terminar a pesquisa sobre a culinária local e volto aqui pra contar!

Pra minha sorte sou fã de batata!

Abraços