Skip to content

Adelaide brasileira

10/07/2010

 
Claudia Lordao  – Adelaide, Austrália

 

Morar fora do Brasil me deu a oportunidade de conhecer o Brasil de uma forma que, seu eu ainda estivesse lá, jamais conheceria.

Você sabia, por exemplo, que em Recife você “ataca” um casaco ou um vestido? Não! Você não está com raiva das suas roupas e quer descontar nelas o fato do grosso do seu chefe ter gritado com você novamente. Você quer somente abotoar seu casaco, fechar o botão do seu lindo vestidinho.

E quando você enjoa de alguma coisa em Teresina, você  “abusa”, como em  “abusei de chocolate, vou ficar um tempinho sem comer…” (é claro que esse exemplo é pura ficção, jamais vai acontecer na minha vida).

Você também pode abusar de uma pessoa. E você não estará fazendo nenhum mal a ela. Somente quer ficar um tempinho sem vê-la, quer dar um tempo, por que deu “ica”!

Em São Paulo, você não está “numa boa”. Você está “de boa”. E ao falar dos seus afazeres semanais, você não diz que tem um compromisso na quinta feira, mas sim “de quinta”.

Ainda em São Paulo você pede arroz e feijão com “mistura”, que vem a ser a carne, o frango ou o peixe. Ou seja, o paulista chama de mistura a parte principal do prato. Vai entender…

E tem também o famoso molho “vinagrete”, assim chamado em grande parte do Brasil. No Rio, mais conhecido como molho à campanha.

Isso sem falar nos sotaques de todos os cantinhos do nosso país, tem o “ocê” dos mineiros, o “oxente” dos nordestinos, os erres fortes dos paulistas (cada canto de São Paulo tem um erre diferente!), o falar cantado do pessoal do Sul.

Morar em Adelaide é “visitar” várias cidades brasileiras em um só dia, dependendo de que amigo você vai encontrar por aqui. Quando tem festa então (que é quase sempre) vamos do “Oiapoque ao Chuí” em poucas horas! É maravilhoso!

Nos últimos 3 anos aprendi várias novas palavras e expressões em português. A gente aqui é uma mistura tão grande de Brasil que já nem sei mais se ainda sou “só” carioca! Daqui a pouco vou estar  falando: Caraca, meu. Essa night tá mesmo da hora! Barbaridade, sô!

4 Comentários leave one →
  1. 11/07/2010 14:56

    Olá Claudia,
    Muito bom esse post, é super interessante mesmo essas diferenças existentes nesse “continente” chamado Brasil! E o mais curioso é que é um dos únicos países do mundo que, mesmo com essa enormidade toda, tem apenas um idioma oficial, sem dialetos (sem considerar as línguas indígenas). E ainda assim, acaba que muitas vezes, não conseguimos entender o que o nosso vizinho de Recife fala, ou nosso amigo gaúcho conta, ou ainda o que o colega de trabalho mineiro tá tentando dizer … hahahaha.. Acredito que estando fora, esse “olhar” fica mais afiado, e é possível enxergar ainda mais essa nossa diversidade! E vamos convivendo e aprendendo com essas diferenças, e no final, o melhor de tudo, é dizer “sou Brasileiro”, ao invés de só paulista, carioca, catarina ou mineiro…
    Bjocas =D

  2. 12/07/2010 6:33

    Obrigada, Camila.

    Você disse tudo! Quando moramos fora deixamos de ser “regionais”e nos tornamos “nacionais”. Hoje sou brasileira, muito mais do que somente carioca.

    Um beijo pra você.

  3. 12/07/2010 7:45

    Ih, eu tento ver a logica das palavras e expressoes e escolho o que faz mais sentido. Decidi nao falar mais “vinagrete” quando vi que no Rio as pessoas diziam “a campanha”. Vinagrete vem do frances vinaigrette que e’ o molho pra salada com azeite, vinagre sal mostarda e acucar. Nao tem nada a ver com o molho de tomate cebola, pimentao e ervas finas. O resto das expressoes brasileiras e’ mesmo para se espantar e tirar um sarro de quem fala assim (abusar, atacar, de boa), nao da para ver a logica, hahaha !!

  4. 18/08/2010 4:03

    Estou a procura de uma pessoa que faca servico de interprete ai em Adelaide e que fale portugues, tambem que faca trabalho de guia turistico. Se alguem conhecer alguem por favor passar meu contato. Urgente. Obrigado Ronaldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: