Karol Nacimento
Knoxville, Estados Unidos
 
 
 

Lembro das muitas vezes que tentei no Brasil ganhar um mísero desconto comprando o que quer que fosse à vista. Com o dinheiro na mão, eu insistia por pelo menos uns cinco por cento e na maioria das vezes ouvi a famosa frase do vendedor ou do gerente: “esse já é o preço com desconto e se você parcelar vai pagar o mesmo valor, sem juros”. Dava uma raiva ouvir essa lorota! Bem, já por aqui, a história é bem diferente!

Cá por essas bandas os descontos são praticamente obrigatórios. Você recebe desconto pra tudo e por tudo, nem precisa pedir, eles muitas vezes são jogados na sua mão. Sem brincadeira, é impressionante! Dar desconto é regra fundamental no mercado americano.

Muitos chegam pelos correios. Toda semana na minha caixa de correspondência tem cupons. São tantos e de tantas lojas que a maioria vai mesmo para o lixo.

Os jornais também vêm repletos de promoções. No ultimo domingo, eu contei 30 encartes e quase todos com cupons. A maioria é de supermercados, mas tem pra tudo, tudo o que você possa imaginar.

Outra opção é cadastrar o e-mail nas lojas. Depois que aprendi isso, não quero outra vida. Olho meu e-mail todas as vezes que vou comprar algo pra ver se tenho algum desconto e se não encontrar nenhum que me interesse, não tem problema, há outra possibilidade: basta acessar um dos sites especializados e pegar um. Pois é, há dezenas de sites que oferecem cupons de desconto de várias lojas e marcas. Uma beleza!!!

Fora tudo isso, ainda existem as promoções do tipo: leve um e ganhe outro de graça. Meu povo, desse jeito não tem como não virar consumista!

Quer saber mais sobre a Karol e sua vida nos EUA? Visite o seu blog pessoal!