Eve
Berlin, Alemanha

Ausländerbehörder: repartição do governo destinada a relacionamento com estrangeiros. É lá que serão resolvidas todas as questões relacionadas ao visto, qualquer seja. Em cada cidade tem um. Ao menos nas grandes. Se na sua não tiver, procure a mais próxima de você.

Bürgeramt: é o cartório da cidade. É lá que você deve se registrar (nome, documento de identificação e endereço) para informar onde mora, ter o direito a um comprovante de residência e, em caso de visto com autorização de trabalho, a obtenção do Lohnsteuerskarte (cartão onde são anotados a categoria de imposto a qual pertence, salário e dedução de impostos), entre outras coisas.

Standesamt: Cartório de registro de casamentos. Se quer casar na Alemanha, é lá que se deve ir. Geralmente, tanto o Standesamt quanto o Bürgeramt são distribuídos por região e há mais do que um na cidade. Você deve procurar o mais próximo ao seu bairro.

Krankenkasse: é o plano de saúde. Todo mundo precisa ter um. Se trabalha, você realiza um contrato com uma empresa privada e o valor é descontado em folha. Caso seja turista, se faz o seguro de viagem. Se quer morar e trabalhar, é preciso escolher uma entre tantas empresas existentes.

Brasilianische Botschaft: Embaixada Brasileira. Lá você terá o suporte de que precisa para obter documentos, autenticações e informações importantes.

Polizei e Feuerwehr: polícia e bombeiros. Em caso de emergência, é sempre bom ter os números dos dois consigo: 110 e 112, respectivamente. Qualquer tipo de acidente deve ser notificado para que o Krankenkasse seja acionado. A não ser que um Band-aid resolva.

Fahrradweg: nunca, em hipótese alguma, sendo pedestre, caminhe pelo Fahrradeweg (via de bicicletas). Você corre o risco de ser atropelado e ainda perder a razão. Os ciclistas são militantes da sua causa e podem ficar muito zangados.

Tem mais, claro. Mas, por enquanto, deixo só essas aqui.