Skip to content

Minhas 3 novas rotinas na Holanda

18/03/2011

 
Ana Fonseca – Amsterdam, Holanda

 

Leitores, eu poderia facilmente dizer umas 10 rotinas novas, mas pra encurtar a estória lá vai:

1) Verificar o tempo à noite pelo jornal na TV ou através do site weer.nl. É muito comum de se escutar na Holanda: “O país tem quatro estações bem marcadas: primavera, verão outono e inverno… num só dia!” Mas esse hábito de verificar a previsão climática não é só meu não, a maioria dos holandeses faz isso. A revisão é sempre apuradíssima e os meteorologistas holandeses são excelentes. Assim eu posso ficar sabendo se é necessário levar guarda-chuva, se posso usar um sapato mais leve ou devo usar algo mais pesado. Já imaginou ter que ir fazer uma entrevista de trabalho, planejar ir de carro ou bicicleta sair de salto alto e cair a maior tempestade e ventania de arrancar telhado? Melhor pegar o transporte público, esquecer a sandália e ir de botas! Ou no verão o sol de repente estar forte e você não saber/lembrar onde está guardada a tenda para proteger os convidados da sua festa de aniversário que vai rolar no quintal? Não da para ficar desprevenido(a)!

2) Enviar convites para festinhas e reuniões com um pedido incisivo de confirmação. Diz no final do convite algo fofo do tipo: “Se você não puder vir me deixa ficar sabendo?” E o pessoal quando não pode avisa mesmo! Do tipo: “Lamento, mas tive uma semana de lascar, muito engarrafamento e filho doente. Não vou poder dirigir até sua cidade, necessito descansar” ou então: “Já tenho outro compromisso confirmado há mais tempo”. Ou: “Vou estar fora do país no fim de semana todo”. Ou: “Eu ainda estou doente e tossindo muito. Melhor eu não comparecer.” Quem convida fica perfeitamente satisfeito com esses retornos e pode planejar tranquilamente a festa sem fazer 5 vezes mais quantidade de comida desnecessária. Eu ficava irritada/decepcionada quando eu vivia no Brasil e perguntava se a pessoa achava que vinha a minha festinha e ouvia coisas vagas do tipo: “Ah, não sei né?”; “Você mora longe de mim?”; “Vou olhar na minha agenda, depois te falo.. “; “Olha, não sei qual vai ser meu estado de espírito no dia…”. Acho insuportável o brasileiro (ou pelo menos o carioca…) não saber dizer “NÃO!” e deixar muitas coisas “flutuando”.

3) Cumprimentar a todos quando entro na academia de ginástica/consultório médico, sala de espera em hospital… e não só a recepcionista. “Um bom-dia a todos!” ou “Dag” e quando saímos também.

_______________

Ana Fonseca adora Amsterdã. Curtam nossa página no FB e nossa conta no Twitter para atualizações da vida no exterior. Quer ver fotos lindas de Amsterdã e outras cidades pelo mundo? Sigam nosso perfil no Instagram. Blog Brasil com Z, um blog feito por expatriados brasileiros, vivendo nos quatro cantos do mundo! 

5 Comentários leave one →
  1. 19/03/2011 11:37

    A última coisa aqui é luxo para nós! Praticamente ng aqui é educado o suficiente pra dar um “oi, td bem?!”, “obrigado”, “bom dia”, “tchau” etc. Vc pode estar no elevador, segurar a porta para a pessoa e o infeliz nem olha na sua cara! Isso é de matar pra mim!!!
    E qdo é o oposto, alguém – por algum milgare segura a porta do elevador pra vc -, vc entra sorrindo, olhando nos olhos da pessoa, diz um oi e agradece, mas fica sem nem uma expressão de “ok”.
    Preciso me acostumar com esse jeito do povo de Dubai. Quando esbarro com alguém que fala, me responde e é educado fico tão feliz. Meu dia até muda! =D
    Bjs
    Manddy
    http://tourdubaiguide.blogspot.com

  2. 19/03/2011 20:24

    Pois e’ Manddy… eu tambem ja passei por isso na ultima empresa que eu trabalhei. Tinha uns “calegas” que quando eu dava bom -dia no elevador me ignoravam solenemente. Principalmente uma sueca de 20 anos. Deviam ser muito infelizes mesmo, sofrer de constipacao, furunculo na bunda, ou algo assim… Quanto a Dubai, deve ser a cultura dai’, de nao cumprimentar estranhos em lugares publicos. So nao podemos deixar o humor dos outros definir nosso dia ! 😛

  3. 20/03/2011 19:11

    Que coisa mais civilizada isso de explicar que não vai, né? Aqui o pessoal enrola um pouco, mas o que mais me chama a atenção é a pontualidade. Marcou jantar em casa as 21hs, pode ter certeza que os espanhois chegaram na hora certa…os brasileiros e outros latinoamericanos lá depois das 22hs (qdo aparecem).

    • 21/03/2011 10:39

      Holandes geralmente e’ calado. Mas se vc perguntar pelo motivo de algo, um feedback por nao ter passado numa entrevista, a opiniao sincera… eles dao a resposta na lata, pausadamente e olhando no teu olho. A verdade nua e crua. Chocam a todas as outras nacionalidades.

Trackbacks

  1. Pessoal do Brasil com Z conta quais as suas novas rotinas! « Brasil com Z

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: