Skip to content

Nem todo vinho espanhol é de La Rioja

08/06/2011

Edu
A Coruña, Espanha
.

A região de La Rioja, situada ao norte da Espanha, conseguiu um feito digno de louvor: levar para todo o mundo seu nome em rótulos de vinho, que são amplamente consumidos nos 5 continentes do planeta.

No Brasil, quando se fala em vinho espanhol, a primeira coisa que vêm à cabeça é “La Rioja”.   Essa fama internacional não vem à toa. Os vinhos são realmente excepcionais e premiados.

Os vinhos que contém a denominação de origem controlada “Rioja” se estendem para fora das fronteiras de La Rioja e abrange as regiões de Castilla y León, Navarra e o País Basco.  Esta diversidade territorial e climática proporcionou 3 zonas de produção: Rioja Alta, Rioja Baixa e Rioja Alavesa. A região da Rioja é produz anualmente uma media de 250 milhões de litros (sendo 85% de vinho tinto e 15% vinho branco y rose).

A questão principal deste post é que não é só a Rioja que faz bons vinhos. Praticamente todas as regiões espanholas produzem vinhos, alguns de excelente qualidade que são exportados para muitos países. Vamos mencionar as principais:

Vinhos da região do Bierzo: A região do Bierzo se localiza na província de León, ao norte da Espanha. São vinhos que usam uvas muito conhecidas na França como Merlot e Cabernet Sauvignon, mas suas uvas “estrela” são as espanholissimas Mencia e Garnacha tinta

Vinhos Gallegos: Os vinhos da região da Galícia são muito populares na Austrália e Estados Unidos. Uma curiosidade: nas ultimas festas de entrega do Oscar em Los Angeles, foram servidos vinhos gallegos do tipo “Albariño” que é a uva “estrela” da Galícia. Outra uva muito popular na Galícia  é  a “godello”. Praticamente 100% dos vinhos gallegos são brancos.

Vinhos Catalanes: A região da Catalunha é internacionalmente conhecida por suas cavas (champanhes), porém também produz vinhos, muito encorpados.

O país conta com 1.2 milhões de vinhedos e é o país com a maior extensão cultivada no mundo (A Espanha é responsável por 15% dos vinhos produzidos no mundo, sendo a terceira maior produtora, só atrás da Itália e da França). Os espanhóis bebem uma média de 38 litros de vinho por ano, sendo o nono país consumidor do mundo.

E para finalizar, gostaria de dizer que a Espanha é um excelente país para beber vinho, por várias razoes. Conta com uma ampla diversidade de climas (frio, quente, temperado). Existem, portanto, vinhos incorporados para serem degustados no inverno, e excelentes vinhos leves para o verão. A variedade é infinita. Se você quiser provar todas as marcas produzidas, se prepare: são aproximadamente 20.000 marcas diferentes de vinhos espanhóis.

A Espanha também produz excelentes acompanhamentos: uma ampla gama de queijos e embutidos em geral, carnes, peixes, etc..

E por ultimo, porém não menos importante… O preço: Uma garrafa de um excelente vinho de La Rioja custa em média 7€. Por 15€ você tem acesso a vinhos excepcionais, e mesmo querendo gastar pouco, existem marcas muito boas por menos de 5€, o que torna a degustação de vinhos uma pratica econômica e prazerosa.

A mensagem final deste post é a seguinte: se puder degustar algum vinho que não seja da região de La Rioja, nao pense 2 vezes. Você vai se surpreender.

5 Comentários leave one →
  1. 08/06/2011 13:49

    Gosto muito de vinhos espanhóis, mas ainda acho que nada se compara aos italianos.

    Talvez seja um reflexo da minha família… rsrsrsrsrs

    Ótimo post!

    Vicky

  2. 08/06/2011 16:20

    Pode ser Vicky…. acho que é costume sim. Eu gosto dos italianos também, mas acho muito doces, comparados aos espanhóis, principalmente os Frascatti. Para mim, só os franceses superam todos !

  3. 08/06/2011 18:52

    Aqui no sul se toma muitos vinhos Andaluzes…agora no verão principalmente a Manzanilla, mas tem também o Brandy de Jerez e o Moscatel de Málaga. Eu particularemnte prefiro um Ribera del Duero…ou um Rioja mesmo, para mim os melhores.

  4. 08/06/2011 19:08

    Já tentei tomar esses “licores” andaluzes e nao gostei de nenhum… ou eram muito fortes ou muito sem graça… Glenda, quando tiver a oportunidade, pede um “godello” ou um “albariño” da Galicia. Sao muito bons !

  5. Carlos permalink
    13/06/2011 16:39

    Oi galera.Moro em Tokyo mas ja fui chefe de cozinha espanhola(por ser brasileiro).Foi ai que comecei e me tornei um fa fanatico por vinhos espanhois.Condado de Haza (Ribeira del Duero)por enquanto e o melhor vinho que experimentei.Ganhei um Pesquera, e agora to tomando coragem para abrir.Lembrando que os dos vinhos que citei, sao de uvas cultivadas por Alejandro Fernandez(vulgo Tempranillo Master)As da regiao de Rioja sao muito bons mesmo.Se nao quiser arriscar outras regioes e melhor ficar com Rioja mesmo.Mas depois que fiquei sabendo que a regiao de Priorato tambem e um D.O.C.A.,experimentei e me assustei com a qualidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: