Skip to content

O louco tempo holandês

02/09/2011

Ana Fonseca – Amsterdam, Holanda
.

Todo mundo sabe que os países do norte do nosso planetinha têm as quatro estações bem marcadas, e a Holanda é um ótimo exemplo de país nesse aspecto. Aqui você tem a primavera-verão-outono e inverno… num só dia!

Se adulto fica doido com o abre e fecha de guarda-chuva e põe e tira de casaco, abre e fecha a janela, imaginem vocês as crianças. Minha filha de 5 anos ainda não sabe muito bem o que são conceitos abstratos de “um pouco frio”, “quase seco”, “úmido” e outros.

Quando meus pais estiveram aqui no verão bagunçou ainda mais a cabecinha dela. Ela perguntava a mim se estava frio e se tinha que por o casaco pra sair. Eu respondi: “Não, não tá frio não, apenas fresco, pode sair assim mesmo sem casaquinho” e meus pais já na rua comentavam: “Olha só, agora está fazendo frio e ela está sem casaco… Põe casaquinho nela porque está fresco!”. Sem falar que ela confunde agora manhã, tarde, noitinha e noite. Explico: não dá para dizer que “manhã é quando o sol se levanta”, pois no inverno ela levanta para ir à escola e está tudo escuro até as 8:30. Também não dá para dizer que “noitinha é quando fica tudo escuro” porque na primavera e mais tarde no verão holandês rola um solzinho (fajuto tá, eu sei) até as 22h. Também não dá dizer que “o sol está no ápice ao meio-dia” porque mesmo no verão só começa a esquentar a partir das 15h.

Solução:

Manhã (‘s ochtends / morgen): Hora de levantar, as pessoas tomam café da manhã e vão começar o dia de estudos e trabalho.
Tarde (‘s middags): Começa depois que você devora em 15 minutos o sanduíche do almoço.
Noitinha (‘s avonds): É quando você vai para casa para jantar. Depois vê televisão, toma banho, põe pijaminha, escuta estorinha e se prepara para dormir.
Noite (‘s nachts): muito, muito tarde. Bichos e pessoas dormem, faz muito silêncio e é bem escuro sempre.

Assim as crianças holandesas associam as partes do dia à atividades usuais – e não se está claro/escuro, frio ou quente.

E elas piram quando vão para países quentes (leia-se: Brasil). Piram. Escuro na hora do jantar? Piscina e praia já podem de manhã cedinho? E faz calor de manhã tão cedo? Vai entender…

_________________

Ana Fonseca mora na Holanda. Curtam nossa página no FB e nossa conta no Twitter para atualizações da vida no exterior. Quer ver fotos lindas de Amsterdã e outras cidades pelo mundo? Sigam nosso perfil no Instagram. Blog Brasil com Z, um blog feito por expatriados brasileiros, vivendo nos quatro cantos do mundo! 

6 Comentários leave one →
  1. 02/09/2011 19:02

    Eu nunca tinha pensado nisso, mas você está certíssima! Como os padrões mudam de acordo com o lugar que você vive. Uma explicação que seria tão óbvia para mim que sou brasileira, não faz sentido nenhum agora que eu estou morando nos EUA.

  2. 02/09/2011 19:06

    Boa dica, Anita! Adorei a parte dos bichos e pessoas dormem… assim é bom pra não acordar o bicho papão…hohohoho…

  3. 03/09/2011 7:15

    Glenda: mas o anjo da guarda fica de prontidão 24h/7d/12meses por ano…

  4. 05/09/2011 14:42

    O ser humano é ainda dependente da natureza apesar de muitas vezes pensarmos o contario.O clima e as estaçoes mudam muito no mundo todo e vai ser cada vez pior.Assim como a culinaria, habitos,roupas,etc seria muita arrogancia a italiana pensar que todo o clima é igual a nossa casa.

    Bom post,Anita e informaçao de qualidade!

    PS:nao posso deixar de comentar e perguntar apesar de ser casado rs.Quem é aquela loura no seu ultimo post?Toda holandesa é assim hehe?Nao vi isso nao.

  5. 05/09/2011 19:10

    Oi Druida.
    A Do ? Ela é cantora.
    Você não disse por onde passou na Holanda. Se foi Amsterdam, lembre-se que 95% dos habitantes são estrangeiros. Os poucos holandeses “blank” que ainda vivem em Amsterdam moram em bairros mais reservados e longe de turistas – ou nas várias vilas perto de Amsterdam. O que também serve de regra geral para outras cidades também. Em Amsterdam a maioria é marroquina. Zaandam tem uma enorme população turca. Roterdã há mais indianos, surinameses e antilhanos que holandeses brancos. Os indonésios estão espalhados por todo o país. Em Amstelveen há muitos expatriados japoneses, americanos, ingleses (há escolas internacionais para crianças por lá). E por aí vai.

    • 06/09/2011 12:40

      Oi Anita.
      Peguei o carro e fiz um giro bem grande pela Holanda.As cidades maiores foram vistas também.Notei isso como voce falou mas visitei cidades pequenas tambem.Notei pessoas mais”blank”como voce falou mas nao no nivel da Do de digamos”beleza e sensualidade”.Gata com G maisculo haha!

      Ah,escrevi um ultimo post que cita um pouco quando a Holanda quis invadir o Brasil e conta um pouco de historia de heroinas e herois brasileiros.De um pulo no meu blog,o verdadeiraitalia.

      Convido a todos(Glenda,Sergio,etc) a dar uma lida pois é bem educativo.Seria bacana que antes de querer conhecer a historia de todos os povos relembrar a nossa um pouquinho.Coisas dignas de filme!

      Bom dia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: