Lorna
Birmingham, Alabama -EUA
.

Falar que os produtos aqui nos EUA são mais baratos que no Brasil não é necessário. Tem gente viajando para os EUA para fazer o enxoval da criança, comprar roupas, eletrônico e a lista é grande. Realmente os produtos aqui são bem baratos, mas serviço é algo absurdo de caro. Por exemplo, uma senhora americana “encostou” no meu carro e o conserto custou $1000, só para pintar!!! Um absurdo! Por outro lado, uma janela caiu em cima do meu carro (sortuda, né?) no Brasil e eu paguei R$ 600,00 para desamassar e pintar na concessionária! Outro exemplo, para pintar as paredes da minha casa aqui nos EUA a administração do condomínio cobra $85 por parede! E eu preciso escolher uma cor que eles já tenham, pode?

Comprar frutas e legumes aqui nos EUA também é doloroso. A dor vem do gosto do produto (ou às vezes falta dele)  e do preço. Lembro que assim que mudei fui fazer mercado e fiquei espantada com o preço das coisas: 1 único pimentão custava $1.78, 1 abacate pequeno $2. Pode? Maçã, batata e tomate têm preços comparados aos do Brasil, mas qualquer coisa que saia do básico (e eu que achava pimentão básico) custa muito caro (bom, pelo menos aqui no Alabama). Um terror!

Mas para mim, o supra-sumo do caro na terra do tio Sam são  as casas americanas. Tudo feito de madeira, OSB e cimento só na fundação. Lembro que no Brasil a gente pintava as paredes 1 vez ao ano, cuidava de vazamentos ou coisas do tipo, eventualmente uma reforma num cômodo, mas eu nunca pensei em trocar o telhado da casa (custa em torno de $10 mil) e muito menos fazer uma vistoria antes de comprá-la.  Mas o vídeo abaixo diz que eu estou errada e o custo da construção aqui gira em torno de $150 mil.

Por outro lado, você já imaginou “comprar” produtos de graça? Ou melhor, ser pago para comprar? Ou ainda pagar alguns centavos (porque temos de pagar as taxas) por suas compras? Não? Pois então, aqui nos EUA eu faço isso e raramente pago full price em algum produto. Revelo fotos de graça (Mora nos EUA e quer um free poster de uma foto sua? Clica aqui), pago menos de $2 por cartões de natal personalizados, recebo produtos em casa para testar. Uma maravilha! Quer saber como eu faço essa mágica? PROMOÇÃO e CUPOM! Sim, recebo os cupons no jornal de domingo, imprimo outros pela internet, procuro as promoções pelos panfletos, sites e pronto. Mentira, eu ainda recebo descontos no conforto do meu lar pela internet e também tem um truque: o site cuponmom. Lá você encontra as promoções da semana do seu estado, a lista lindinha dos produtos grátis e dos produtos mais baratos. Infelizmente, não consigo economizar mais, pois compro marcas específicas (metida!). Outras formas legais de economizar: cadastrar-se nas suas lojas favoritas e receber cupons sempre ou ainda receber amostras grátis com cupons gordinhos. Ah, não posso esquecer as promoções “compre 1 e leve outro” (perfeita para comprar carne), “compre 1 e o outro sai a 50% do valor” que somados aos cupons dão uma super economizada!  Tá duvidando? Veja aí alguns exemplos.

Fabreeze ($3.00) recebi $0.50; Esmalte ($3.99), Advil ($4.50), Hersheys ($1), desodorante Dove ($2.50) todos de graça!Colgate de $2.50 por $0.04, molho inglês de $1.87 por $0.25 e Cheerios de $2.97 por $1.09. Tá bom né?