Skip to content

Qual é a melhor “base” na Provence? Quem responde é a jornalista Rachel Verano do blog Viajar Bem e Barato

13/08/2012

Anatê Merger
Aix-en-Provence, França

.

“Quem me deu a dica pela primeira vez foi o escritor inglês Peter Mayle, numa entrevista sobre como aproveitar ao máximo a Provence. Ele foi simples e certeiro: escolha uma base, alugue um carro e planeje uma série de viagens. Trata-se, de fato, da melhor maneira de conhecer a região. Agora, a escolha da base pode ser uma coisa complexa: vilinha de cem habitantes ou cidade maior? Campo ou cidade? Montanha ou vila medieval? Eu voto de cara na cidade que eu considero uma das mais lindas do mundo: Aix-en-Provence. Por quê?

1) Porque Aix está mais bem localizada impossível. Em outras palavras: 20 minutinhos de Marseille, meia hora de dezenas de vilas encantadoras, 40 minutos de Avignon e dos vinhedos de Chateneuf-du-Pape, pouco mais de uma hora de St.-Tropezou Cannes, na Côte D’Azur, duas horas de Nice, Mônaco e da fronteira da Itália.

2) Porque, com quase 150 mil habitantes, é uma grande pequena cidade. Em outras palavras: tem ares de cidade pequena, mas tudo que uma cidade grande tem de melhor (cinemas, Fnac, bons mercados, boas lojas…).

3) Porque é possível ficar tanto no centro histórico, charmosíssimo, quanto em casas nos arredores, onde a sensação é a de estar imersa no campo a mil anos luz de distância da civilização.

4) Porque há feira de rua três vezes por semana: terça, quinta e sábado.

5) Porque é a cidade de Cézanne, e é possível seguir os passos do pintor por toda parte, além de visitar seu ateliê e ver de perto as paisagens pintadas por ele.

6) Porque a cidade fica aos pés da montanha de Sainte-Victoire, a musa inspiradora de Cézanne, linda e imponente, ótima para passeios de bike pelos seus arredores.

7) Porque a Coeurs Mirabeau é uma das ruas mais lindas do planeta, e está ladeada de cafés super charmosos que vivem cheios de gente de bem com a vida, tomando o seu rosezinho de cada dia.

8 ) Porque a cidade é servida pelo TGVe, querendo, Paris está a um pulinho (três horas de distância).

9) Porque é a capital mundial dos calissons, aqueles docinhos delicadíssimos feitos com amêndoa.

10) Porque o aeroporto de Marseille (Marignane), na verdade, fica a meio caminho entre Aix e Marseille (ou seja, do lado), e recebe vôos (inclusive de low-costs) de dezenas e dezenas de cidades européias.”

Texto de Rachel Verano, do blog Viajar Bem e Barato.

Mais detalhes sobre como fazer uma bela viagem pelo sul da França: NaProvence.com

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: