Skip to content

O Inverno na Holanda e a vida que segue

05/11/2014

bz_holanda  Ana Fonseca – Holanda

Depois de um outono praticamente inexistente as temperaturas finalmente caíram na Holanda. Pela manhã antes de sair de casa há uma neblina que te obriga a ligar as luzes da bicicleta e percebo que o apetite aumenta nessa época do ano – já estou comendo muito mais!  As noites já começam às 16h da tarde, e logo logo ficará tudo escuro a partir das 17h. O sono e a introspecção aumentam.

P1080332

Exposição de esculturas de gelo em Zwolle, Holanda. Janeiro 2012. Foto: Ana Fonseca

Muitas pessoas do Brasil tem a impressão de que seja extremamente difícil levar uma vida normal durante um inverno no norte europeu. Bom, para esclarecer: há invernos mais pesados que outros invernos. 2012 foi congelado. Mas 2013 foi suave, fomos para a Alemanha visitar um mercado de Natal e não choveu nem ventou nem a temperatura ficou abaixo do 0°C. As crianças tem sim umas feriazinhas entre o Natal e o Ano Novo. Mas o ritmo continua o mesmo, todo mundo continua pedalando, indo para a escola e clubinhos disso e daquilo, o comércio abre normalmente, as academias de ginástica funcionam, a vida noturna, etc. Em Scheveningen (Haia) e várias outras cidades do litoral o povo vai de bota e casaco andar na areia da praia passear com os cachorros. Nos bulevares dessas cidade litorâneas, nos fins de semana o povo fica andando pra cima e pra baixo comendo peixe frito e batata.

P1080757

Um dos canais congelados ddo centro de Amsterdam. Dezembro 2012. Foto: Ana Fonseca

Estive uma vez um fim-de-semana em Maastricht devido a uma festa do trabalho do meu marido durante janeiro e aí… que fazer até o horário da festa? Ninguém aguenta ficar andando horas na rua turistando. Visitamos igrejas, uma exposição no museu central da cidade e uma mina/gruta artificial desativada (há que se caminhar para fora do centro). Foi um fim de semana muito produtivo e prazeroso. Mesma coisa em Roterdã: inverno, frio cortante, chuvinha fina persistente… A solução é esquecer a vontade de fazer fotos ao ar livre e se jogar nos museus, galerias, concertos, shows, exposições e o que mais for coberto e aquecido. Creia-me, há muito o que se fazer.  E ainda há aquelas pessoas que não são nada urbanas e continuam fazendo caminhadas pelos bosques durante todo o inverno.

P1080705

Quintal congelado da minha casa e alguns quintas dos vizinhos, em 2012. 

P1080718

Minha família em cima de um canal congelado, pronta para ir patinar no gelo. 

P1080737

P1080726

No interior do país também se patina no gelo, e como ! Foto feita na área de recreação het Twiske (entre Amsterdam e Zaandam). Rola até música, proveninete de caixas de som nos alto dos postes de luz. Há quiosques vendendo chocolate quente e comida frita com molhos variados funcionando nessas áreas públicas. 

P1080313

Bacalhau frito comprado na rua. Uma tentação o ano todo, especialmente no inverno. 

P1080457

Nijmegen: belos parques e bosques para passear durante o ano inteiro, mesmo com as árvores desfolhadas e a grama encharcada. 

O inverno é também a hora de tomar muito gluhwein (vinho doce, aquecido e temperado com especiarias que pode ser comprado pronto no supermercado), pratos com leguminosas, abóbora, ensopados, carnes selvagens, folheados recheados e açucarados. Uma coisa que ainda me surpreende é que holandês toma sorvete o ano inteiro, mesmo no inverno.

P1080572

Detalhe de um tronco de árvore coberto em tricô. inverno de 2011 em Leiden, Holanda.

Enfim, queixo batendo, lábios roxos e vida que segue. Sem reclamações. Como sempre diz uma amiga minha holandesa: “Só não pode ficar falando a toda hora que tá frio, tá frio – porque aí a sensação aumenta. Vá fazer alguma coisa para ocupar seu coração e sua mente”. Conselho seguido. Sempre.

(Todas as fotos desse post são de minha autoria.)

——————–

Ana Fonseca é carioca, publicitária e vive na Holanda desde 1999 trabalhando na área de turismo e hotelaria.  Para saber mais acesse a mini-bio aqui.  Sigam-nos no Facebook, Instagram e Twitter

5 Comentários leave one →
  1. Priscilla permalink
    05/11/2014 19:38

    Muito legal seu post! Sempre ouço brasileiros reclamando do inverno, e taí seu compartilhamento otimista! Parabéns! 😉

  2. 05/11/2014 22:14

    Republicou isso em Gigatron Franchising.

  3. 11/11/2014 19:30

    Tem o lado difícil também: acordar cedo no escuro e no frio, ir limpar o carro com a mão congelando. Bom, por enquanto não está nevando. Mas fazer muito frio e nevar também pode ser uma festa !

Trackbacks

  1. Amsterdam Light Festival | Brasil com Z
  2. Um Hit Holandês e a Leidseplein | Brasil com Z

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: