Skip to content

100 observações de um brasileiro na Espanha

07/11/2014

bz_espanhaEdu

A Coruña, Espanha

foto_topicos

Já faz dez anos que estou morando na Espanha, cheguei ao país em maio de 2004. Desde então procurei me integrar aos costumes locais e até mudei um pouco dos meus hábitos trazidos do Brasil. Para comemorar esta data, decidi fazer uma lista com 100 coisas que me chamaram a atenção na Espanha, algumas um pouco exageradas, mas todas verdadeiras e bastante curiosas.

1. Aqui na Espanha, praticamente não tem fila. Quando você entra em um banco, por exemplo, você pergunta quem foi o último a entrar, fica de olho na pessoa, e quando ela for atendida, você já sabe que é a sua vez.

2. Aqui na Espanha, é comum você interromper seu trabalho no meio da manhã para fazer um lanchinho.

3. Aqui na Espanha, alguns pratos, como o camarão, se comem com as mãos, mesmo em um restaurante chique ou em um casamento. As mesas normalmente dispõem de lenços umedecidos.

4. Aqui na Espanha, não existe piada de gay, nem de pobre ou de alguma minoria étnica. Em compensação, tem muita piada de político.

5. Aqui na Espanha, se você é homem e usa uma camisa rosa choque, ninguém liga.

6. Aqui na Espanha, o topless é prática comum. Entre as adeptas, tem muita vovózinha.

7. Aqui na Espanha, vinho e pão são obrigatórios na hora do almoço. Ao contrário das padarias brasileiras, que vendem a maior parte dos pães de manhã cedo, na Espanha o horário de pico da venda do pão é na hora do almoço.

8. Aqui na Espanha, praticamente não se come pão no café da manhã. O espanhol prefere comer “bollerias” (termo genérico para definir doces).

9. Aqui na Espanha, o povo não liga muito para produtos importados, principalmente gêneros alimentícios. A preferencia é consumir produtos nacionais.

10. Aqui na Espanha, a classe média não tem empregada doméstica. Os pais tem que fazer verdadeiros malabarismos (muitas vezes pedindo ajuda aos avos) para conciliar o trabalho com as tarefas domésticas e os filhos.

11. Aqui na Espanha, os homens frequentam mais a academia que as mulheres. Talvez este fato esteja relacionado com o ponto anterior.

12. Aqui na Espanha, a babá das crianças geralmente são os avos.

13. Aqui na Espanha, não tem ralo no banheiro nem na cozinha. Você joga a água no chão para lavar e recolhe a água de volta para um balde.

14. Aqui na Espanha, os prédios não tem lixeira. Você tem que descer com o lixo e jogá-lo em grandes containers que ficam na rua. Cada container tem uma cor diferente para cada tipo de lixo: verde para vidros, azul para papel, laranja para lixo orgânico e cinza para lixo em geral.

15. Aqui na Espanha, a maioria dos edifícios conta com um “trastero”, que é uma espécie de quartinho trancado a chave que fica na garagem. Lá você guarda os seus “trastes” (daí o nome) como malas, bicicletas, ferramentas, etc.

16. Aqui na Espanha, o prato universal é a tortilha.

17. Aqui na Espanha, a mulher tem muito caráter e quase nunca são submissas.

18. Aqui na Espanha, os ricos são bem mais discretos, quase não se nota muita ostentação pública. Eles preferem ostentar suas riquezas entre eles.

19. Aqui na Espanha, é comum os casais saírem para lugares diferentes. Os maridos saem com os amigos para um lugar e as esposas saem com as amigas para outro.

20. Aqui na Espanha, é raríssimo você ver um homem de bermuda na rua, a não ser que esteja praticando esporte ou saindo da praia.

21. Aqui na Espanha, todos os bares oferecem jornais e revistas gratuitas. Você pode pedir um cafezinho e ficar a manhã inteira no bar lendo todos os jornais e revistas, que ninguém te incomoda.

22. Aqui na Espanha, quando você pede um vinho ou cerveja, normalmente o garçom te traz uma tapa (petiscos) de cortesia. Algumas tapas são bem generosas.

23. Aqui na Espanha, todo mundo torce pelo seu time de futebol local, como é de se esperar. Mas todo mundo tem um segundo time do coração, que pode ser o Barcelona ou o Real Madrid.

24. Aqui na Espanha, o futebol é paixão nacional. Durante alguns meses do ano, os principais campeonatos europeus acontecem simultaneamente: Liga Espanhola, UEFA League e Champions League e Copa do Rei. Quando isso ocorre, tem jogo quase todos os dias. Em dia de jogo, as televisões emitem um programa tipo “mesa redonda” duas horas antes do jogo e outro programa similar duas horas depois do jogo. As esposas ficam desesperadas!

25. Aqui na Espanha, quase todos os grandes estádios de futebol tem um museu incorporado.

26. Aqui na Espanha, um candidato a um cargo público pode se reeleger quantas vezes quiser. Tem prefeito que está no poder há mais de 20 anos.

27. Aqui na Espanha, o voto não é obrigatório e o sistema de eleição é de listas fechadas.

28. Aqui na Espanha, praticamente 90% da população é católica. Mas quase ninguém vai à missa.

29. Aqui na Espanha, a hora da siesta não é uma lenda. Por volta das duas da tarde o comércio fecha e só abre as cinco. As cidades ficam vazias durante este período e ainda que seja um dia útil, a sensação é a mesma de uma tarde de domingo.

30. Aqui na Espanha, por causa do intervalo da hora da siesta, o comercio fica aberto até às nove da noite.

31. Aqui na Espanha, alguns sofás vendidos nas lojas estão pensados para acomodar confortavelmente uma pessoa deitada, para que ela possa disfrutar melhor da siesta.

32. Aqui na Espanha, muitas empresas não trabalham nas sextas-feiras à tarde.

33. Aqui na Espanha, você só pode ir pagar contas no banco até as dez da manhã. Por esta razão, muita gente prefere o debito automático.

34. Aqui na Espanha, quase não existem cruzamentos. Estes foram substituídos por rotatórias.

35. Aqui na Espanha, os carros param para os pedestres cruzarem na faixa. Principalmente quando não há semáforos.

36. Aqui na Espanha, o vendedor não fica atrás de você. Pelo contrário, você que tem ir atrás dele.

37. Aqui na Espanha, não existe cheque e o povo quase não usa dinheiro. A maioria das compras é feita em cartão.

38. Aqui na Espanha, os caixas eletrônicos ficam no meio da rua, às vezes em lugares exóticos como a saída de um banheiro.
39. Aqui na Espanha, a minoria que mais sofre com preconceito são os ciganos. Em segundo lugar, os marroquinos.

40. Aqui na Espanha, o sonho de muitas meninas andaluzas é se tornar cantora de flamenco.

41. Aqui na Espanha, a tourada não é uma unanimidade. Em dia de tourada é normal surgirem concentrações anti-taurinas na porta das arenas. Na Catalunha as touradas são proibidas.

42. Aqui na Espanha, alguns bares exibem uma cabeça de touro empalhada na parede. Um dos pratos mais comuns destes estabelecimentos é o cozido com rabo de touro. Se o rabo em questão pertencer a um touro abatido no dia anterior por um toureiro famoso, o prato é mais caro.

43. Aqui na Espanha, política é polarizada. Ou você é de direita ou é de esquerda.

44. Aqui na Espanha, o hino não tem letra. Nos estádios a torcida canta a melodia do hino com “lá, lá, lá”.

45. Aqui na Espanha, se você vestir uma camisa ou colocar um adesivo no carro com a bandeira espanhola, você é considerado facista.

46. Aqui na Espanha, os salários são muito equiparados. Antes da crise de 2008, um pedreiro podia ganhar mais que um engenheiro. Esta diferença hoje em dia é maior.

47. Aqui na Espanha, é raro um amigo te convidar para visitar sua casa. As reuniões sociais são feitas normalmente nos bares.

48. Aqui na Espanha, tem vários cabeleireiros por quarteirão. E estão todos cheios (de velhinhas).

49. Aqui na Espanha, não faltam bares. Em uma recente pesquisa realizada em Valencia, se toda a população da cidade quisesse descer para os bares ao mesmo tempo, não faltaria lugar para ninguém. Os bares são uma parte fundamental da cultura espanhola.

50. Aqui na Espanha, algumas regiões como a Galícia, Catalunha e País Basco tem dois idiomas. Aliás, o basco é o único idioma do mundo cuja origem é desconhecida.

51. Aqui na Espanha, pouquíssima gente fala inglês fluentemente. E os que falam, tem o sotaque muito carregado.

52. Aqui na Espanha, poucos jovens vão para as Universidades. A maioria prefere fazer cursos técnicos.

53. Aqui na Espanha, as estações são bem definidas, apesar do verão não ser dos melhores em algumas regiões do norte do país.

54. Aqui na Espanha, o sol só se põe às onze da noite nos meses de verão.

55. Aqui na Espanha, os prédios não tem playground. As crianças brincam nos parques públicos.

56. Aqui na Espanha, as lojas são obrigadas a oferecer descontos de até 70% no verão e no inverno. São as famosas “rebajas”.

57. Aqui na Espanha, o cinema nacional é bom.

58. Aqui na Espanha, as artes plásticas são muito apreciadas. Talvez pela riqueza de referencias nacionais como Picasso, Dali, Velazquez y El Greco.

59. Aqui na Espanha, os doces não são tão bons como os brasileiros e são carregados de chantilly.

60. Aqui na Espanha, o doce mais tradicional do natal é o torrone.

61. Aqui na Espanha, não é comum dar presentes para as crianças no natal. Normalmente, as crianças só recebem presentes do dia de Reis, 6 de janeiro.

62. Aqui na Espanha, a brincadeira do amigo oculto é levada a sério. Você ganha seu presente e fica sem saber quem te sorteiou.

63. Aqui na Espanha, as pessoas costumam te parabenizar no dia do seu santo.

64. Aqui na Espanha, não se misturam várias comidas em um único prato. Cada comida é servida em pratos diferentes.

65. Aqui na Espanha não tem comida a quilo. Se tivesse, talvez não desse certo. O povo, tal e como exposto no ponto anterior, gosta de comer em pratos separados.

66. Aqui na Espanha o almoço só é servido nos restaurantes a partir das duas da tarde e o jantar a partir das nove.

67. Aqui na Espanha, se consome muito vinho. O país é líder mundial na produção desta bebida.

68. Aqui na Espanha, não adianta fazer sinal para o taxi parar na rua. Você tem que ir até o ponto de taxi (ou ligar para ele ir te buscar)

69. Aqui na Espanha, não dá para pegar ônibus fora do ponto.

70. Aqui na Espanha, as praias são bonitas e não faltam. O país é quente no verão e é um dos destinos preferido dos europeus que buscam um belo bronzeado. A Espanha é o país da Europa com o maior numero de praias com bandeiras azuis. (A bandeira azul é uma distinção atribuída anualmente pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE) a todas as praias que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infra-estrutura, sinalização e sensibilização ambiental.

71. Aqui na Espanha, o fluxo de turistas é enorme, principalmente em Madrid, Barcelona e Ilhas Canárias. O país é, atualmente, o terceiro país mais visitado do mundo.

72. Aqui na Espanha, festa de criança normalmente se faz na escola e só os amiguinhos são convidados.

73. Aqui na Espanha, se fala muito palavrão. Os piores são aqueles que incluem a palavra “Deus”.

74. Aqui na Espanha, a variedades de nomes é muito limitada. Tem muito Juan, Diego, Manuel e muita Maria, Carmen ou Pilar.

75. Aqui na Espanha, não se costuma dar tapinha nas costas ou na barriga dos amigos.

76. Aqui na Espanha, o cinema é dublado. Para ver filme em versão original só comprando o DVD.

77. Aqui na Espanha, os últimos minutos que antecedem o fim do ano são acompanhados em casa, assistindo TV. Deve-se comer 12 uvas brancas quando faltarem 12 segundos para a meia-noite.

78. Aqui na Espanha, só após a virada do ano que as pessoas saem de casa, normalmente para discotecas.

79. Aqui na Espanha, quando você cruza com um conhecido na rua você não diz “oi”, você diz “até logo”.

80. Aqui na Espanha, quando você se despede pelo telefone, você fala “Venha”.

81. Aqui na Espanha, quase não se toma refrigerante. Em compensação os jovens começam a beber álcool muito cedo.

82. Aqui na Espanha, praticamente não se come arroz (a não ser que seja uma Paella). O acompanhamento mais comum nos pratos espanhóis é a batata.

83. Aqui na Espanha, é raríssimo incorporar palavras estrangeiras no vocabulário. Quase todas são adaptadas para o idioma espanhol. Desta forma, “meeting” vira “mitin” “bacon” vira “beicon” e “standard” vira “estándar”, todas elas são oficiais e estão incorporadas no dicionário da língua espanhola.

84. Aqui na Espanha, para comprar um carro usado de um particular, ambas as partes tem que assinar um contrato fornecido pela Receita Federal.

85. Aqui na Espanha, não tem cartório nem firma reconhecida. Para autentificar um contrato você tem que ir ao notário e ambas as partes tem que assinar o documento na frente dele.

86. Aqui na Espanha, o box de banheiro é coisa recente. A grande maioria das casas e apartamentos tem banheiras.

87. Aqui na Espanha, um(a) brasileiro(a) tem dois estereótipos: ou exótico ou sensual.

88. Aqui na Espanha, frutas tropicais tão comuns no Brasil como abacaxi, manga e maracujá são consideradas exóticas e são caríssimas.

89. Aqui na Espanha, não existem ligações interurbanas. Você pode ligar para qualquer lugar do país pagando tarifa de ligação local.

90. Aqui na Espanha, se você perguntar para alguém “Tudo bem?” algumas pessoas talvez te respondam que não.

91. Aqui na Espanha, qualquer dia de sol é considerado um dia ótimo, mesmo que você esteja congelando de frio.

92. Aqui na Espanha, a polícia sempre ocupa os primeiros lugares entre as instituições públicas mais admiradas pelos cidadãos.

93. Aqui na Espanha, as multas de trânsito têm duas datas de vencimento. Se você pagá-la antes de vencer o primeiro prazo, você tem 50% de desconto.

94. Aqui na Espanha, existem vários grupos separatistas, a maioria pacíficos. O mais violento deles é o ETA, do país Basco. Surgido na década de 50, este grupo terrorista já matou mais de 800 pessoas em todo o país. Atualmente estão praticamente inoperantes.

95. Na Espanha, a aliança de noivos fica na mão esquerda e a de casados na direita.

96. Na Espanha, sexta-feira 13 não é dia de azar. O dia agourento é a terça-feira 13.

97. Na Espanha, o dia que mais se compra loteria é no natal, praticamente todos os números disponíveis são vendidos.

98. Aqui na Espanha, a arquitetura histórica é abundante. Depois da Itália, a Espanha é o país com o maior número de Patrimônios da Humanidade da UNESCO no mundo.

99. Aqui na Espanha, quando o reboque leva seu carro, normalmente deixa um bilhete no local informando o endereço do deposito para onde ele foi levado.

100. Aqui na Espanha, é comum ver pessoas comendo sementes de girassol em praticamente todos os lugares.

—————-

Edu C. Justo é administrador de projetos e escritor e vive em La Coruña. Saiba mais sobre o autor clicando aqui. Veja mais fotos da Espanha e outros países no Instagram: @blogbrasilcomz E curta nossa fanpage no Facebook depois de acessá-la aqui.

12 Comentários leave one →
  1. 07/11/2014 15:07

    Muito bacana o texto @edujusto. Me deu idéias sobre o que escrever sobre aqui em Leeds, Reino Unido.

  2. edujusto permalink
    07/11/2014 15:08

    Fique a vontade, o meu post foi inspirado no texto de um francês que mora em Belo Horizonte!

  3. 07/11/2014 15:26

    Cara, muito bom! Parabéns…

  4. sonhosnaitalia permalink
    07/11/2014 15:29

    muito legal Edu! que bom ver de novo um post seu! identifiquei a maioria dos seus itens com a Itália também, provavelmente do fato de serem países europeus latinos. :

  5. toucheguy permalink
    07/11/2014 16:40

    normalmente, o estrangeiro tem um olhar diferente em relação aos hábitos de outro país/cultura, né? e tua lista abrange aspectos bem diferentes. Gostei.

  6. 08/11/2014 9:52

    Edu, excelente texto. Alguns pontos são exatamente iguais à Holanda (1, 3, 5, 6, 13, 14, 15, 17…). Carla e Renata, precisamos fazer uma lista também para nossos respectivos países !

  7. Maria Angelica Carneiro permalink
    11/11/2014 8:45

    Edu, realmente é certo quase tudo o que disseste. P. ex. a sesta já não é a que era há um século atrás, ETA não é um grupo separatista, é terrorista mesmo, com todas as letras, etc. etc. Tens razão em “quase” tudo, mas certas coisas variam de região a região e algumas não identifiquei com a que vivo, Catalunha, mas tudo bem. Valeu!

  8. Cristiane. permalink
    18/11/2014 2:15

    Estou pensando ate agora no banheiro sem ralo.

  9. Maria Angelica Carneiro permalink
    19/11/2014 16:25

    Moro na Europa há 35 anos (comecei estudando na Italia, depois na Suiça) e aqui cheguei há 30 anos, então……tem muita coisa diferente nesses países, tanto para melhor e outras que são diferentes. É normal.

  10. yesica luna permalink
    22/11/2014 15:10

    Aqui na Andalucia ( sul da Espanha), o jeito de perguntar na rua “como vai/ tudo bem” é um

    “hola, que pasa tio ? ” ( o que acontece cara?) A 1º vez eu respondi: nao, nao acontece nada .

  11. Paty permalink
    03/12/2014 14:45

    Como eu não tenho grana pra viajar, viajo lendo estes posts…Adoro!!!
    Me tira uma curiosidade, os vegetarianos têm opções gastronômicas na Espanha?
    ótimo post!
    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: