Não entrarei em muitos detalhes aqui em termos de impostos, até mesmo porque não sou nem um expert no assunto. Mesmo assim, algo que nós (Brasileiros) por natureza reclamamos muito em discussões de buteco, mas não nos importamos tanto para entender, talvez por conta de como o sistema funciona ou talvez por pura falta de interesse.

Confira nosso canal no YouTube para conteúdos como esse ataulizado

O que acho bacana aqui no Reino Unido é o fato de que recebemos extratos anuais dos impostos descontados em seu salário. Conhecidos como “Income Tax” e “National Insurance Contribution”.

O Income Tax é o imposto pago sobe o salário, há um um valor mínimo que não é cobrado o imposto, e passando do mínimo o imposto é sob a diferença.

A virada do ano para base de cálculos é em Abril de cada ano.

– Até £35 mil ao ano o imposto é de 20%.

– Até £150 mil ao ano o imposto é de 40%.

– Acima de £150 mil ao ano o imposto é de 50%.

Estou falando de uma forma resumida e pode have variações de acordo com a circunstância de cada individuo. ex: se tem filhos, mora sozinho, trabalha por conta própria, etc..

Já com relação ao National Insurance Contribution, o salário de até £5,885 ao ano não paga a contribuição (pode pagar voluntário, já que isso afetará em sua aposentadoria), passando disso é por volta de 13% do valor no ano.

O que acho super interessante é o fato de que podemos ver para onde vai contribuição que pagamos. Veja o exemplo de meu extrato, me desculpem por ter marcado os valores. 😉

pagar impostos no reino unido - @roger_uk @danpasini @spicymalagueta

 

– Previdência Social

– Saúde

– Educação

– Aposentadoria

– Dívida Pública

– Defesa

– Justiça Criminal

– Transporte

– Comércio e Indústria

– Governo Administrativo

– Cultura

– Meio Ambiente

– Despesas Pública (ex: Iluminação)

– Ajuda Internacional

– Contribuição ao Fundo da União Européia

Há toda uma conscientização quanto onde a arrecadação vai e como podem ver isso em prática.

Nenhum lugar é perfeito, mas podemos perceber por aqui como é utilizado, a eficiência na maioria dos casos, por exemplo de uma manutenção em uma rua, estrada, ou praça pública.

Quando estão apertados, com recursos limitados, trata-se logo de uma revisão para ver em que podem economizar.

Há uma conscientização geral das pessoas com relação a qualquer coisa relacionada a corrupção, o primeiro comentário é, “se não é seu não pegue”. Ficam chocados com £1 que seja, até mesmo 1p (traduzir de uma forma “grotesca” – 1 centavo) fazem questão de devolver. Outro dia eu (@myexpert.solutions) e Daniela (@dan_pasini) fomos comprar algo em uma feira, o troco seriam de 4p (4 centavos de pounds), falamos que não precisava pegar o troco, a senhora ficou sem reação, sem entender e ficou segurando os 4 centavos na mão, acabamos pegando mesmo insistindo que não queríamos (não é regra, há muitos lugares que aceitam como gorjeta ou sempre há um potinho para caridade no balcão, que inclusive é muito comum aqui doar para alguma instituição de caridade).

Interessante não é mesmo pessoal?

Comentem aqui como é ai onde estão?

Fontes:

– Income Tax: https://www.gov.uk/browse/tax/income-tax

– National Insurance Contribuition: https://www.gov.uk/browse/tax/national-insurance