Skip to content

Escolher viver em Portugal

05/01/2015

bz_portugal

Edijane Costa – Portugal

Cheguei na Europa há 6 anos, na bagagem trazia muitos sonhos e expectativas positivas que, com o passar do tempo, foram sendo frustradas ou ajustadas à nova realidade. Deixar para trás a família, amigos e uma carreira em expansão não foi uma decisão muito fácil. Mas, por incrível que possa parecer o mais difícil mesmo foi a minha decisão de permanecer em Portugal.

O casamento com um português não alterou apenas os meus planos de voltar para o Brasil após a conclusão daquilo que vim buscar (o meu mestrado), mas também marcou o início da construção de um percurso profissional na Europa e foram muitos os desafios que se seguiram e ainda se seguem.

20141226_154835-1

Sou psicóloga, portanto ser brasileira e trabalhar com a saúde mental na Europa, especificamente em Portugal, é um desafio duplo, mas que também tem suas gratificações, principalmente quando o pedido de apoio psicológico parte de um conterrâneo que também se encontra na condição de imigrante, pois existe logo muita empatia envolvida no processo.

20141216_165744      Imagino que para muitos de vocês que, assim como a mim, deixaram o Brasil e agora tentam consolidar uma carreira profissional no exterior (principalmente aqueles que estão na Europa, tendo em conta a atual situação socioeconómica), conseguir um emprego estável, a integração numa equipe de trabalho e o reconhecimento profissional, são alguns dos desafios que se colocam constantemente, mas são estes mesmos desafios que nos impulsionam a continuar na luta pela conquista do nosso “lugar ao sol” fora do Brasil.

Confesso que, embora a minha decisão de permanecer na Europa se devesse ao meu amor por uma pessoa que se tornou muito especial para mim, reconheço que por vezes desejava que não houvesse um oceano entre a Europa e o Brasil só para que eu pudesse continuar a minha vida aqui sem me sentir culpada pelo distanciamento geográfico das pessoas que me são queridas, da minha cultura, da minha história. Afinal de contas, devo admitir que, mesmo com os desafios para consolidar uma carreira profissional em Portugal, este país me ofereceu imensas oportunidades de crescimento pessoal, acadêmico e profissional.

20141226_153841

Neste momento, me encontro a concluir o meu doutorado na Universidade do Minho (Braga), um desejo antigo que, neste ano que se inicia, irei conseguir realizar. Não direi que foi um percurso fácil, mas como tudo na vida, não existem bons resultados sem muita dedicação e sacrifício. A par de tudo isto, existe ainda o inegável fato de que a segurança, o saneamento básico, a infraestrutura, a acessibilidade à saúde, à educação, à cultura e ao lazer fazem com que a qualidade de vida na Europa seja um fator importantíssimo na decisão de qualquer brasileiro de permanecer por aqui, mesmo com todos os sacrifícios e renúncias que isto possa representar.

Espero neste espaço que o Brasil com Z me abre, contar um pouco das minhas experiências de vida em Portugal.

40 Comentários leave one →
  1. Touché Guimarães permalink
    05/01/2015 8:52

    oi Edjane, benvinda!

    olhar objetivo e visão clara sobre nossa realidade como imigrantes na Europa, com o toque delicado de alguém que ama e sabe valorizar qualidade de vida. Assim acolhi teu texto, que me agradou muito.

    espero que você escreva mais para nosso blog. Com certeza tua bela escritura transmite com elegância o que Portugal tentou nos deixar: bons conhecimentos e cultura.

    siga feliz aí!

    • Edijane Costa permalink
      05/01/2015 16:26

      Muito obrigada linda!!! Espero continuar a colaborar com este espaço. Bom 2015 para todos nós!

  2. Glaucia Mafra permalink
    06/01/2015 21:05

    Olá, meu nome é Glaucia e quero muito fazer o mestrado na UMinho em setembro deste ano, entrei em contato com os professores, e espero amar Braga, mas tenho uma dúvida seu curso de Graduação aqui no Brasil equivaleu para iniciar o mestrado? Pois o professor me informou que para me candidatar eu precisa ter Licenciatura, mas no Brasil temos Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo, será que os três equivalem a graduação ai?? Muito obrigada!!!

    • Edijane Costa permalink
      07/01/2015 11:36

      Olá Gláucia, o nosso curso de Graduação é o equivalente a Licenciatura aqui em Portugal, portanto, penso que não haverá problemas. No meu caso, eu tinha um diploma de Licenciatura no Brasil, por isso nunca levantaram qualquer questão. BJs
      edijane.costa@oficinadepsicologia.com

  3. Fernanda Macedo permalink
    09/01/2015 11:26

    Parabens Edjane, tambem sou brasileira , casada com portugues e atualmente estamos no brasil e ele nao tira da cabeça voltar a Lisboa, quem sabe depois de ler seu relato eu opte em retornar

  4. Arlete permalink
    08/04/2015 8:11

    Oi Edijane
    Todos os desafios que você mencionou, me são também muito conhecidos e talvez seja assim pra todos nós imigrantes. A gente, antes de sair do Brasil, não tem idéia do impacto que tem uma nova cultura (e muitas vezes, uma língua que não tem nada a ver com a nossa), ficar longe dos amigos e da família e nem imagina os desafios que teremos. Tudo isso dói, mas passa e a gente vai se adaptando, nasce pra uma nova vida. Aprende que usar o Skype ajuda a matar a saudade, que vai ver as pessoas queridas menos vezes mas de uma maneira mais intensa que antes e vai sim, fazer novos queridos amigos. Ao mesmo tempo que isso machuca, o crescimento é tão grande, como vc mesmo disse, que acaba valendo a pena. Abraço

    • Edijane Costa permalink
      08/04/2015 11:03

      É verdade, as novas tecnologias auxiliam muito na manutenção das relações afetivas e de amizade à distância, perder o contato com os nossos referentes é como deixar morrer uma parte de nós. Muito Obrigada pelo comentário Arlete.

  5. 27/05/2015 14:49

    Quando se é imigrante, você tem que provar por tudo e trabalhar muito mais que os locais. Mesmo num país menos desenvolvido, trabalhar e viver no estrangeiro sempre envolve expectativas altas e não é nada confortável.

  6. João Victor Bernardi Bragiola permalink
    24/08/2015 1:34

    Olá, adorei a nota!
    Estou pretendo ir para Algarve, para fazer uma espécie de graduação sanduíche…
    Pretendo ficar 6 meses… A minha faculdade me daria um subsídio de 5.000,00 euros (uma única vez), e o resto sairia por minha conta… Ou seja, não tem nada incluso: visto, hospedagem, passagens, alimentação… NADA.
    Sei que é bem subjetivo, mas gostaria muito de que me desse uma direção quanto ao custo de vida… De quanto mais ou menos eu teria que desembolsar por fora…
    Muito obrigado desde então.
    Atenciosamente, João Victor.
    joaobragiola@hotmail.com

    • 25/08/2015 15:48

      Olá João Victor, realmente é muito subjetivo, mas o melhor é calcular já as despesas fixas que terá com as passagens, visto e a faculdade. Quanto às demais despesas (aluguel de um quarto, alimentação, transporte, etc) possivelmente ficará em torno de uns 600 euros por mês, mas isto dependerá muito das condições que arranjar. Não conheço bem a realidade do Algarve para os estudantes, portanto espero ter ajudado. Abraço.

  7. Fabricio Edes permalink
    18/10/2015 23:31

    Olá sou Psicólogo em São Paulo estou pretendendo ir morar em Portugal vi que o Brasil e Portugal fizeram parceria com validade Psicologia brasileira ou seja eu prestar serviço em Portugal com meu diploma de psicologia do Brasil , mas tem poucas informações gostaria de saber como você fez para validar seu registro de psicologo brasileiro em Portugal e para trabalhar ai obrigado.
    email: fabricio.edes@ig.com.br

    • Rafael permalink
      24/01/2016 13:12

      Bom dia Fabricio e Edijane,
      Tenho a mesma dúvida.

  8. Cristiane Gomes permalink
    05/11/2015 21:10

    meu nome é Cristiane e gostei muito das suas informações, sei bem como é estar longe das pessoas que estão ao nosso lado todos os dias, é bem dificil. Gostei um pouco de conhece-la pois tenho uma irmã e uma amiga que foram para Portugal e não querem mais voltar ao Brasil, passaram por muitas coisas mais superaram, e estão bem. Mais algumas informações Edijane pra mim aqui no Brasil são confusas, gostaria de saber de vc que é estudante em Portugal, tenho muita vontade de fazer faculdade em Portugal só que tenho dúvidas com relação como funciona com os tipo de documentos que eles solicitam, perguntei isso a minha irmã e uma amiga mais elas não souberam me informar pois não trabalham na area que se formaram no Brasil e também não se interessaram em fazer algum curso, e eu não tive como fazer aqui no Brasil mais não desisti de fazer ainda, mais como tenho cidadania e minha irmã chamou me para morar com ela estou pensando nisso. vc poderia me ajudar?

  9. liviabart permalink
    26/04/2016 0:36

    Muito bom seu texto!! Obrigada
    Sou psicóloga formada no Brasil, tenho cidadania italiana e estou planejando me mudar para Portugal. Tenho a mesma dúvida de 2 colegas que comentaram acima: é necessário validar o diploma ou ele é aceito em Portugal sem precisar fazer nada?
    Existe pouquíssima informação sobre isso online.. Se vc tiver algum link que explique essas questões (e te poupe o trabalho de explicar rs), agradeço muito!
    Obrigada e boa sorte para todos nós 🙂

  10. Rute de Sá permalink
    08/07/2016 14:39

    Adorei as informações Doutora, eu estou me formando em Psicologia clínica e gostaria de saber mais sobre oportunidades em Portugal conheço o País e tenho parentes que moram em Amora, eu pensei em Fazer um mestrado ou uma pós graduação aí, eu e meu esposo somos apaixonados por Portugal, qual o caminho que se deve trilhar um Psicológo ai?

    • 10/07/2016 10:39

      Olá Rute,
      Obrigada linda. Se pretender vir para estudar existem muitas faculdades públicas e privadas com ofertas variadas de mestrados e especializações na área da psicologia clínica. Agora, se for para trabalhar sugiro que entre em contacto com a Ordem dos Psicólogos Portugueses (https://www.ordemdospsicologos.pt/pt) ou com o Conselho Federal de Psicologia, se já estiver inscrita.
      Boa sorte!!! e um forte Abraço

      • Rute permalink
        11/07/2016 2:55

        Muito Obrigada pelas informações, Fico feliz de conhecer uma Psicóloga Brasileira atuante em Portugal.

  11. Ana Carla permalink
    11/07/2016 4:38

    Olá, Edijane!
    Sou Psicóloga e estou estudando a possibilidade de ir para Portugal, sou formada, numa PUC aqui no Brasil, como aí tem Universidade Católica sabe dizer se isso facilitaria?

    • 13/07/2016 8:58

      Ana Carla, Seu curso tem um diploma internacional e terá de passar pelo mesmo processo de validação. Abraço

      • Ana Carla Teodoro permalink
        18/07/2016 23:55

        Obrigada! Edijane.
        Enviei a você um email.

  12. MARIANA permalink
    11/07/2016 18:52

    Olá, Edijane. Muito legal a sua experiência que você compartilhou um pouco aqui. Sou psicóloga e tenho interesse em trabalhar ou fazer mestrado em Portugal. Você sabe me informar (ou me indicar quem possa me ajuda) se ter a Cidadania da União Europeia facilita a burocracia de validação de diploma etc? Pois eu tenho a Cidadania e já morei dois anos em Portugal, mas eu era bem novinha, tinha 2 anos de idade. Até mais. Abraço.

    • 13/07/2016 9:06

      Oi Mariana, obrigada pelo comentário. O ideal é entrar em contacto com embaixada do Brasil em Portugal. Mas, creio que o facto de ter cidadania europeia, não facilite a burocracia.

  13. 13/07/2016 9:14

    Olá colegas, antes de tomarem qualquer decisão, convém terem em atenção o facto de que Portugal passa por uma crise económica neste momento e que os profissionais da psicologia fazem parte uma classe bastante representativa nas estatísticas do desemprego. Há por aqui muitos psicólogos que se formam e não conseguem local nem para realizar o estágio profissional obrigatório para fazer parte da Ordem e milhares de outros que nunca conseguiram exercer a profissão por falta de oportunidade. Vejam informações na internet.
    Abraço e boa sorte a todos!

    • Tati permalink
      29/07/2016 0:53

      Olá Edijane,
      No caso de fazer o Mestrado ai, é possível trabalhar como Psicóloga Clínica enquanto realiza os estudos? Comprovando experiência com atendimento clínica daqui do Brasil e tendo a inscrição do CRP toda correta?

      Obrigada

      • 22/08/2016 19:34

        Olá Tati. É necessário validar o seu Diploma em Portugal e está inscrita na Ordem dos Psicólogos Portugueses para poder trabalhar por aqui. Boa sorte

  14. Ricardo Mendonça Rodrigues permalink
    10/09/2016 3:19

    Olá. Sou psicólogo também e queria passar um período na europa. Dependendo das circunstâncias até ficar de vez. Pode ser Portugal ou até Inglaterra, já que o sistema nacional de saúde de lá paga os doutorandos para estudar, já encaminhando-os dentro do sistema de saúde. Consegui aprovação na British Psychological Society. Já em Portugal não consegui as mesmas informações e nem saber se há correspondente tratamento pelo SNS (Sistema Nacional de Saúde). Meu objetivo mesmo era poder ter equivalência e trabalhar. E o doutorado seria uma porta para tanto, via NHS (National Health Service).

    Da postagem do currículo traduzido de forma juramentada, até a aprovação de membro (graduate membership) não foi mais que um mês ou no máximo 6 semanas.

    Recentemente foi assinado um acordo que facilita o reconhecimento dos profissionais de Portugal e do Brasil, facilitando mais ainda a questão bi-lateral entre os dois países. Espero que funcione.

    É muito burocrático o reconhecimento do diploma aí, não? Demorado? Mas vou tentar também. Tenho dupla cidadania BRA/POR. Já com mestrado e pratica clínica e também com formação em psicoterapia reichiana. Então, é saber o que validam e o que não, seja na Inglaterra ou em Portugal.

    Qualquer dica é bem-vinda.

    Abs

    • 12/09/2016 15:56

      Olá Ricardo. Pode tentar obter informações mais fidedignas junto da Ordem dos Psicólogos Portugueses (https://www.ordemdospsicologos.pt/pt). Creio que seja o mais adequado para o seu caso. Por aqui processo é burocrático, mas também não sabia que na Inglaterra este processo era mais simples. De qualquer forma, boa sorte.
      Abraço

  15. Erika Cunha permalink
    13/10/2016 20:52

    Oi, Edijane! Tambem sou psicologa, formada pela UFPR, e ano que vem vou morar em Portugal temporariamente. Atualmente moro em Dublin, mas amei Lisboa e gostaria de saber o que e preciso pra exercer a profissao no pais. Funciona como no Brasil, onde precisamos nos cadastrar no CRP (OPP no caso)? Obrigada!

    • 17/02/2017 14:41

      Olá Erika, se pretende exercer psicologia em Portugal é mesmo necessário está inscrita na Ordem dos Psicólogos Portugueses. Boa sorte

  16. 25/10/2016 2:47

    Olá, Edijane! Eu faço psicologia, ainda estou no comecinho do curso, mas tenho muita vontade de ir morar fora um dia. Eu queria saber qual sua abordagem, e tenho curiosidade de saber se as abordagens são “as mesmas” aí em portugal! Porque sei que dependendo do país algumas coisas são diferentes, como aqui no Brasil a psicanálise é bem mais difundida, mas nos EUA por exemplo, a TCC reina né, hahah
    Já agradeço!

  17. Flávia Rocha permalink
    23/01/2017 14:36

    Olá, Edijane. Gostaria de saber se você ainda está em Portugal, e se está atuar a sua profissão no país. Sou aluna de Doutoramento, e no momento necessito de apoio psicológico, e gostaria de iniciar o tratamento porém de preferência com um profissional brasileiro. Obrigada pela atenção. Cumprimentos

  18. Lara Paes Leme permalink
    22/05/2017 21:32

    Olá Edjane! Também sou Psicóloga e pretendo ir para Portugal ano que vem. Irei me candidatar ao Mestrado da Universidade do Minho. Gostaria de saber se poderia me dar algumas dicas de como conseguir aprovação, se é fácil conseguir alojamento na faculdade, o custo de vida na cidade, se posso trabalhar com visto de estudante… Meu marido tem cidadania e ele irá em seguida, pretendemos ficar de vez. Como está o mercado para Psicólogos? Desde já agradeço a ajuda. Abraços!

  19. Ketellen Rodrigues permalink
    22/06/2017 15:29

    olá Edjane, me chamo Ketellen, estou cursando psicologia, mas pretendo ir morar em Portugal, o diploma brasileiro me da licença para trabalhar como psicologa ai? no caso, concluindo a graduação iria fazer a pós ai, me de umas dicas? eu tenho varias duvidas e essa é uma que me cerca, é um desejo muito grande ir para morar em Lisboa, pois sou apaixonada por essa cidade, porem, queria ir já formada. Você poderia me orientar quanto a isso? outra coisa, caso eu queira concluir minha graduação ai eu consigo aproveitar as matérias que ja estão concluídas aqui?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: