Skip to content

Autores convidados: Carnaval em Madri

12/02/2015

bz_espanhaJuliana Bezerra

Madri – Espanha

Afinal, tem carnaval em Madri? Tem! Aliás, existe carnaval em quase todos os países que seguem a tradição católica de fazer festa antes de começar a Quaresma. Na Espanha, o reinado de Momo é mais forte no sul e nas Ilhas Canárias; e como Madri, por ser capital, atrai gente de todo país, a cada ano a prefeitura organiza mais festas pela cidade. Porém, isso não quer dizer que você vai encontrar batucada, gente com as pernas (e outras partes do corpo) de fora e cerveja aos montes.

Para começar, a música não é um elemento indispensável da festa. A melodia não serve tanto para dançar e sim para dar vida à letra que sempre traz uma feroz crítica social e política. Claro, senão não seria a Espanha! Para isso existem as chirigotas, murgas e comparsas que se organizam mais ou menos como os blocos de rua brasileiros. A cada ano eles trazem temas diferentes, cantam e encenam suas canções animados por suas torcidas. Sim, porque eles competem entre si para saber quem leva o título de campeã.

Chirigota

Chirigota

Chirigota

Chirigota

Gente seminua também seria difícil encontrar porque está frio. As fantasias, entretanto, são mais elaboradas com direito a todos os super heróis possíveis, anjinhos, diabos e imperadores romanos. Também não é feriado em Madri, nem na segunda ou na terça. Aliás, só no sábado e no domingo tem movimento por estas bandas. Por último, é impossível beber cerveja na rua, pois é proibidíssimo consumir álcool em via pública com multas que podem chegar a 300 euros (ui!).

Ou seja: uma ‘chatura’ total…

Não mesmo! Do ponto de vista brasileiro pode ser até esquisito ver o povo sentado (oi?) escutando a chirigota da vez. Mas tem eventos legais como o desfile promovido pela prefeitura de Madri no sábado de carnaval, na calle de Alcalá, na altura do Parque do Retiro. Todo ano há um tema diferente e os vários participantes devem interpretá-lo. O resultado não deixa a desejar a nenhuma escola de samba do grupo especial: carros alegóricos com esculturas lindas e integrantes fantasiados executando suas coreografias. Isso sim, não há o quesito bateria! No final, uma grande queima de fogos põe fim ao desfile.

Cavalos no carnaval do ano passado (foto: http://zonaretiro.com/)

Cavalos no carnaval do ano passado (foto: http://zonaretiro.com/)

20150211_161416

Igualmente, acontecem bailes de carnaval em clubes e concursos de fantasias. O mais tradicional é o baile do Círculo de Belas-Artes regado a ritmos latinos, rock e DJ’s. Este ano, o tema será “Carnaval al desnudo” e não faço ideia de que tipo de fantasia podemos esperar. O ingresso para não sócios sai por 40 euros.

Para terminar os festejos, existe o costume do “Enterro da Sardinha”, na quarta-feira de cinzas. Uma paródia de cortejo fúnebre, com viúvas chorando, e pessoas enlutadas, acompanha a sardinha para ser queimada. Presente em quase toda geografia espanhola e também em alguns dos países hispano-americanos, em Madri há uma confraria especial que sai pelas ruas acompanhando o bichinho até sua pira funerária.

cartaz carnaval

cartaz carnaval

No mais, nos bares brasileiros sempre se organiza uma batucada. Ano passado teve até bailinho pra garotada. Nem tudo está perdido!

Juliana Bezerra é historiadora e blogueira, escreve no Rumo a Madri e Um ano na Espanha, dentre outras colaborações. Desde 2010, mora em Madri onde se dedica a mostrar o Brasil aos espanhóis e a capital espanhola aos brasileiros.

4 Comentários leave one →
  1. 12/02/2015 18:32

    Taí um Carnaval que eu curitiria muito. Não é aquela coisa de tropicalismo forçado como o Carnaval de Rotterdam (detalhes no comentário que fiz no post do Roger). Legal saber sobre o Carnaval da Espanha… classe !

  2. 12/02/2015 21:28

    oi Juliana,

    que legal, gostei do que li e da forma como você nos levou até o carnaval espanhol.
    fico imaginando o ‘Carnaval al Desnudo’…provavelmente será algo como ‘Carnaval ao Muita Roupa’, se usarmos o as plumas brasileiras como referência…

    valeu, espero ler mais posts escritos por você.

  3. Rosane de Oliveira e S. F. Matoso permalink
    13/02/2015 10:08

    Mais um artigo com informações muito bizarras para nós, brasileiros, e sempre com um texto leve, que nos leva a “devorar” os dados nele contidos! Simplesmente excelente! Parabéns, Juliana Bezerra!

Trackbacks

  1. » Carnaval em Madri | Rumo a Madrid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: