Skip to content

Mais de cinco mil sobrenomes poderão solicitar a cidadania espanhola. Verdade ou boato?

14/04/2015

bzEdu Justo – La Coruña, Espanha

Nacionalidad-Española-Imagen-de-la-Semana

A intenção deste post é esclarecer de uma vez por todas uma notícia que saiu na Internet no ano passado e que voltou com força nas redes sociais nas últimas semanas. Trata-se de um texto que afirma categoricamente que milhares de pessoas terão direito de obter a cidadania espanhola simplesmente consultando uma lista oficial de sobrenomes fornecida pelo governo espanhol. Se o seu estiver lá, Bingo !!! Você acaba de ser agraciado com um passaporte espanhol!

A novidade correu pelas redes sociais como pólvora e muitos se iludiram com a possibilidade de obter a nacionalidade espanhola (que dá direito à livre circulação na União Europeia). Outros, no entanto, preferiram ser mais prudentes já que os governos europeus não costumam conceder massivamente a cidadania de seus países.

Vários sites começaram a especular quais seriam os sobrenomes que poderiam ter direito ao benefício. Muitas listas apareceram na rede até que um site especializado em notícias voltadas para judeus de língua espanhola chamado “Diario Judio” compilou uma lista “definitiva” com mais de 5.200 sobrenomes, alguns com origem claramente  judaica (como “Sabah” e “Abrahams”), mas também há muitos de origem latina (“Sanchez”, “Lopez” ou “González”).

A pergunta que muitos internautas fazem é a seguinte: isso é boato ou a noticia é verdadeira?

Vamos aos fatos. Primeiramente, é importante ter em conta que na internet circulam muitas notícias falsas e, portanto, devemos sempre procurar a informação diretamente na fonte, em vez de confiar cegamente em uma página genérica. Neste caso, fiz uma consulta na home page do Congresso Espanhol, e de fato existe um projeto de lei que prevê a concessão da nacionalidade espanhola para descendentes sefarditas, nome dado aos judeus provenientes da península Iberica (Portugal e Espanha). Veja o link aqui.

A intenção do governo espanhol é devolver a cidadania espanhola a todos os descendentes de judeus sefarditas como compensação pela expulsão de seus antepassados da península ibérica em 1492, uma ordem dada pelos Reis Católicos através de uma iniciativa promovida pela Inquisição Espanhola.

Conforme descrito na página do congresso este projeto é apenas um rascunho que terá que passar por um longo caminho para que seja votado; e mais alguns meses (ou até anos) para que vire lei e mais uma eternidade até ser implantada. O mais importante, no entanto, é saber que além do sobrenome, serão exigidos outros critérios que certamente reduzirão as chances de conseguir a cidadania espanhola. O candidato, entre outras coisas, terá que comprovar sua condição de sefardita, que só poderá ser certificada através de um documento emitido por uma autoridade rabínica, tarefa nada fácil de conseguir. Ter conhecimento fluente de ladino ou espanhol também será requisito imprescindível pra obter este beneficio.

Conclusão: A notícia é verdadeira, porém o governo espanhol não dará nacionalidade aos descendentes de judeus sefarditas apenas tomando como base o sobrenome de uma lista oficial. Serão exigidos outros requisitos, alguns deles muito específicos. Além disso, a lei ainda é um anteprojeto que ainda será debatida (sem data definida) no Congresso Espanhol.

____________________

* Edu C. Justo é administrador de projetos e escritor e vive em La Coruña. Saiba mais sobre o autor clicando aqui. Veja mais fotos da Espanha e outros países no Instagram: @blogbrasilcomz Sigam-nos no Facebook clicando aqui. 

6 Comentários leave one →
  1. 14/04/2015 9:37

    muito bom, Edu. Mitos e ilusões são facilmente criados, mas costumam gerar grandes frustrações, né?

    informação é muito importante para poder se viver bem.

  2. 09/07/2015 13:39

    mui bueno

  3. 12/10/2015 5:45

    As leis realmente foram aprovadas, mas o grande dilema está na seleção de candidatos até porque as listas de sobrenomes encontradas na internet divergem muito da lista original de nomes e sobrenomes encontrados nos documentos originais. esta lista falsa que encontramos na internet é uma detestável maneira destes orgãos responsaveis a darem inicio ao processo de seleção de candidatos a arrecadarem milhoes em euros exatamente no processo mais simples que é o de pesquisa dos sobrenomes e direções que os anussins expulsos se dirigiram ao sair da peninsula ibérica há mais de 500 anos atras. Hoje a cobrança pela taxa de pesquisa está em torno de 500 euros, sendo que o depártamento que oferece a pesquisa a estes orgãos cobram somente 80 dolares.
    O processo completo através da comunidade israelita de Portugal ou Espanha não baixará de 6 mil euros, pois somente estas associações querem selecionar os candidatos e com isto darão direito somente há 5000 com alto poder aquisitivo. Mas existem brechas nas leis de ambos países que se consegue comprovar a descendencia sefardita de um candidato sem ele ter vinculo algum religioso e com isto abaixar custos consideraveis deste processo pelo meio de coletividade de mesmos interesses (conjunto de pessoas que possuem o mesmo interesse). Como somos um grupo de sefarditas nos oferecemos a dar consultoria a todos os interessados em saber com exatidão suas origens sefarditas e com isto acumular provas de diversos meios para dar continuidade ao processo de reconhecimento. os interessados podem nos contatar atraves do e-mail: consultoriasefardita@consultant.com

  4. Maria Inez Bacci Justo permalink
    27/11/2016 21:40

    Olá! Estou procurando local de nascimento de meu bisavô Luciano Justo e vendo vários sites achei o seu e fiquei surpresa em ver q vc tb tem sobrenome Justo! Sei q aqui não é site de busca, mas fiquei curiosa…Ele veio da Espanha ainda bem moço. Se tiver alguma informação sobre esse nome… agradeço!
    Obrigada!

    • 28/11/2016 12:43

      Olá, Maria Inez. O Edu Justo não é mas autor ativo desse blog, portanto não poderá te responder.

  5. tainan fagundes permalink
    17/04/2017 18:40

    meu sogro nasceu no brasil e vive na espanha a 11 anos, hoje ele tem o documento dele de esoanho que é o equivalente ao rg nosso do brasil ( ele é um cidadão espanhol), o que minha esposa que tem 22 anos precisa fazer pra adiquirir a cidadania espanhola ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: