Skip to content

Que língua se fala na Índia?

20/05/2015

bz_india Juliana Paula – Índia hindibook

Esta aí uma das perguntas que mais ouço por parte dos meus amigos brasileiros.

Bem, como sempre digo, tudo na Índia depende. Depende do quê? Bem, da região, da casta, da religião…. Tudo deve ser levado em consideração quando falamos nesta colcha de retalhos chamada Índia.

Se você procurar no Google, ele vai te dizer que o idioma nacional da Índia é o hindi. Porém, basta abrir o próprio Google Índia que você vai ver pelo menos umas 7 opções de diferentes idiomas para pesquisa.

Dizem que a língua nacional é escolhida devido ao número de falantes que ela possui, além de todo o seu valor histórico e cultural. Sendo assim, aqui na Índia, o hindi saiu na frente, já que é a língua oficial de Delhi e de todo o estado de Uttar Pradesh, ao lado de Delhi, o mais populoso do país.

É o iindi também o idioma oficial do governo indiano, juntamente com o inglês. E, claro, é a língua mais usada nos os famosos filmes de Bollywood.

main_tumhare_bina_nahin_jee_sakti_copy

Porém, não podemos esquecer ou desprezar as outras línguas, as quais tem uma enorme importância cultural e histórica, como: punjabi, urdu, gujarati (a língua materna de Mahatma Gandhi), marathi, bengali, telugu, tamil, kannada, malayalam, só para citar as mais famosas.

bengali

Kannada

Kannada

Urdu

Urdu

A verdade é que hoje a Índia tem cerca de 122 línguas reconhecidas oficialmente. Porém, algumas entidades de pesquisa linguística anunciaram que a Índia tem cerca de 780 línguas, das quais pelo menos 50 já podem ser consideradas extintas, conforme anunciou o People’s Linguistic Survey of India.

Geralmente, o hindi é entendido e falado pela maioria dos estados da Índia, mas em alguns estados, há um movimento anti-hindi, como Tamil Nadu e Kerala. Como turista, o bom é se arriscar nas línguas locais ou no inglês mesmo, já que a maioria lá entende.

Falando nele…e o inglês? Como fica nesta estória? Ainda carregando traços de colonizados, os indianos consideram o inglês como a língua de ascensão social. Se você sabe inglês, com certeza tem condições de ganhar melhor e ter mais oportunidades de emprego. Indianos que não sabem inglês geralmente não são bem-vistos, sobretudo nas grandes metrópoles. O inglês também é o idioma de quem quer ser “cool” aqui ou se mostrar super estudado (sim, eles adoram se mostrar!).

india_speaks_english

Por isso, você vai ver muita gente, principalmente abaixo de 40 anos só falando em inglês entre si. Se eles estiverem em lojas como Mc Donalds, Starbucks, Dunkin Donuts, KFC, então…sai de baixo! Difícil vai ser ouví-los falar em hindi ou marathi, como é o caso aqui de Mumbai. Já nos escritórios e empresas, geralmente o inglês é a língua franca e as reuniões geralmente são realizadas neste idioma. Vale a pena lembrar que praticamente todo o ensino universitário aqui na Índia é dado em língua inglesa. E, a cada vez mais, os pais querem colocar seus filhos em escolas americana e bilíngues para que eles possam aprender o idioma o mais cedo possível. Um bom exemplo é meu sobrinho de 4 anos de idade, que começou a ir à escola ano passado e já sabe vários poemas em inglês.

Outro fato curioso é que os indianos ficam surpresos e extremamente dececpionados quando descobrem que quase ninguém no Brasil fala inglês. Pelo menos, não na mesma proporção que na Índia. Meu esposo também ficou chocado quando tentou se comunicar em vão com várias pessoas no Brasil. Ao perceber isso, ele logo memorizou os nossos: “obrigado”, “por favor” “de nada” “tudo bem”.

namaskar_2

Para quem quer visitar a Índia, é bom estar afiado no inglês e, de preferência, aprender algumas palavras em hindi, que sempre podem ser muito úteis. Aliás, a Índia hoje em dia é um dos locais mais procurados por quem quer fazer intercâmbio em língua inglesa, já que aprender inglês e ainda poder viver e viajar por este maravilhoso país é um verdadeiro sonho!

No mais, espero que tenham uma ótima viagem e não deixem de me visitar em Mumbai!

Um abraço!

Juliana Paula mora na Índia desde 2013 e desde então, tem desbravado aquele belo e encantador país. Para saber mais sobre ela clique aqui.

24 Comentários leave one →
  1. 20/05/2015 7:40

    É uma vergonha mesmo o ensino de espanhol e inglês não ter peso no ensino básico do Brasil. Mas quando vejo na internet várias reportagens sacaneando até anúncio em supermercado (“peido de frango, 4real o quilo”; “Salão fexado. Fui ao mossar” ) vejo que o povo ainda é semi anafabeto no português mesmo.
    Agora, uma pergunta Juliana: há o artigo definido em hindi ? Eu sei que não existe em turco e muitas línguas asiáticas e da Europa oriental (polonês, por exemplo). Porque indianos e paquistaneses falam todo substantivo sem “the” (há vários indianos e paquistaneses em Rotterdam que falam também em holandês tudo sem o artigo definido). Você também no post colocou uma foto “biggest English speaking country” ao invés de “THE biggest…” Outra pergunta: a que vc atribui o inglês ser tão disseminado na Índia ? É o ensino, ou é aprendido informalmente “de ouvido” (TV, rádios, etc) ?

    • Arlete permalink
      20/05/2015 10:36

      Oi Ana, acho que no Brasil a gente tem que primeiro ter ensino, pra depois pensar nos idiomas. Sem nem os professores conseguem ter uma formação decente, como vão poder lecionar um idioma estrangeiro? Esse é um assunto que me toca muito, pq fui professora de escola primária e pq a gente sabe que poderia ser bem diferente do que é.
      Quanto aos erros de português que vc colocou, seria cômico se não fosse trágico, né? Mesmo assim não dá pra deixar de rir. “Fui ao mossar” foi o melhor, rs…

      • 20/05/2015 10:55

        Esse ” Fui ao mossar” eu nunca tinha visto. Estou chocada. Eu trabalho com traduções, então, a gente recebe cada texto sofrível…a mais nova tendência é o falecimento do “R” como: vou fala com ele, ele vai liga pra voce,e entre outros. E, também o falecimento do U em casos como: ” ele falo que ia te ligar” ou “Ele gosto muito do presente!”. O ensino no Brasil está mesmo capenga.

    • 20/05/2015 10:45

      Oi, Ana!!!Obrigada pelo comentário! É uma pena que no Brasil as pessoas ainda não dominem nem o próprio português e, eu digo isso também de gente até formada e com mestrado. Mas, abafa ao caso! Voltando assunto da Índia…Não, não há artigo definido em hindi. Mas, o hindi possui 2 casos: direto e oblíquo. Muito bem observado, Ana!Quando eu pego textos traduzidos pelos indianos para revisar, está sempre faltando o artigo definido, seja em português ou inglês. Em relação ao fato de o inglês ser tão disseminado na Índia, eu acho que primeiro, se deve ao fato de eles terem sido colonizados pelos ingleses até pouco tempo atrás e pelo fato de o inglês ser a língua do “status” social.Hoje, eu diria que o inglês é disseminado mesmo nas escolas, pois todas as escolas particulares daqui se auto denominam: international school e, em muitas, todas as matérias são dadas em inglês e não na língua local. E, isto é importante também pelo fato de todo o ensino universitário ser em língua inglesa aqui. Mesmo quem não tem esta formação toda em inglês, sempre sabe se virar com algumas frases ou palavrinhas. Puuxa…minha resposta ficou longa. Deu para perceber que eu amo falar sobre idiomas e tal, né? Um abraço!!!

    • edvanfleury permalink
      25/11/2015 16:33

      Ana. em chinês dificilmente se usa plural. Também não existe o pronome pessoal Ele e Ela é um só. Aí temos que entender as coisas pelo contexto.

      • 26/11/2015 3:32

        Em japones tambem eh assim, o que dificulta bastante o aprendizado de quem tem uma lingua latina como base, por exemplo.

  2. Arlete permalink
    20/05/2015 10:30

    Oi Juliana, essa é uma pergunta que eu sempre me fiz. Não tinha lido nada a respeito ainda, então seu texto me deu uma noção da coisa.
    Muitos indianos vivem aqui na Suíça e a gente vê que com os vizinhos eles falam inglês, mas com filhos eles falam outro idioma. Curioso é que por eu ter antepassados indígenas brasileiros e, por isso, a pele escura, aqui as pessoas muitas vezes pensam que eu sou indiana, inclusive os próprios indianos. Tanto que já vieram até falar comigo em hindi. 🙂
    Não acho ruim o interesse da juventude em aprender e praticar inglês, O inglês é o idioma do mundo globalizado, quer a gente aceite quer não. Mas isso não quer dizer que nossas raízes devam ser esquecidas, afinal a nossa língua materna é muito mais do que o nosso modo de expressão. É uma parte da nossa história, da nossa cultura e do nosso passado. Mas parece que essas coisas acabam se definindo através do desenvolvimento da cultura do próprio povo. Aqui na Suíça, os idiomas oficiais são quatro: alemão, francês, italiano e romanche. O romanche é falado por menos de um porcento da população e embora o governo incentive o ensino nas escolas onde o romanche é a língua oficial, e ainda existam televisão e rádio neste idioma, está aos poucos se estinguindo.

    • 20/05/2015 10:51

      Oi, Arlete! Obrigada pela participação! Interessante saber estes fatos sobre os idiomas oficiais da Suíça. Aliás, acho que ir à Suiça é o sonho de 9 entre 10 indianos!Tem vários filmes indianos famosos que foram filmados aí. Sim, eu acho que se globalizar e se preparar para o futuro (e prepara os filhos também) é importante. Lembro que quando minha mãe era jovem, no Rio de Janeiro, eles aprendiam francês na escola pública. Tanto que muita gente idosa sabe mais frases em francês do que no próprio inglês. Aqui na Índia, os pais insistem muito no inglês porque quase todos eles sonham em mandar seus filhos para estudar no exterior. Ano passado tive dois alunos adolescentes e os dois estavam esperando os resultados para universidades nos EUA. E, o inglês deles era simplesmente impecável! Eu ainda não tenho filhos, mas pretendo ensinar o português para eles, além do hindi e inglês. Um abraço !!!

  3. 20/05/2015 13:22

    Parabens Juh, texto bem escrito da gosto de ler 😉 sou louca para conhecer a India!

  4. 20/05/2015 13:25

    Parabens pelo texto Juh, bem escrito da gosto de ler. Um dia vou conhecer esse lugar. Ahhhh e espero q meu ingles esteja afiado.

  5. Leonardo Pinheiro permalink
    31/10/2015 15:39

    Gostei do teu artigo. Foi muito esclarecedor.

  6. maria luiza permalink
    05/11/2015 11:23

    muito interessante

  7. edvanfleury permalink
    25/11/2015 16:35

    Mas o Inglês falado pelos indianos é um desafio a parte né. Até hoje tenho reuniões com indianos e eu sofro para entender as vezes. Amei o texto. bjs

    • 26/11/2015 3:33

      Sim….dependendo da regiao, eh quase impossivel de entender. Ate os proprios indianos, as vezes, nao conseguem entender, por causa da influencia do sotaque de determinada regiao. Um abraco!!

  8. Elaine rangel permalink
    19/01/2016 21:57

    “Fui ao mossar” foi o de menos ,apesar de nunca ter visto também, mas um dia após ter lido esse post, eu juro!juro mesmo,ao me deparar com este anuncio não tive como não compartilhar, aí vai:*hoge peichi frito,linguisa asebolada,arros c brocolis,serveja longui neti.*chocada até agora.
    Parabéns pelo texto.bjs carioca.Att Elaine Rangel

  9. Elaine rangel permalink
    19/01/2016 22:15

    Haha,eu juro!juro mesmo,após um dia ao ler este post me deparei com tal anúncio,logo não poderia deixar de compartilhar com vocês afinal vai deixar o fui “ao mossar” no chinelo.
    “Hoge peichi frito,linguisa asebolada,arros c brocolis,cerveja longui neti.
    Pasmem,estou chocada até agora.
    Então deixou ou não o “fui ao mossar” no chinelo? RS
    Beijos carioca .Att Elaine Rangel

    • 25/10/2016 0:15

      Olá pessoal. Sou professor de língua Portuguesa e Inglesa na rede pública estadual e tenho padecido com a falta de interesse e descaso dos alunos no quesito à aprendizagem tanto de nossa própria língua quanto à língua Inglesa, e pelo visto, não vejo expectativa de melhora a curto e médio prazo, porque, o próprio sistema não colabora. É uma pena ver o declínio de uma língua tão rica como a nossa ser depreciada e desprezada por uma geração que viverá um futuro tão trágico se não fosse cômico.

      • 25/10/2016 2:25

        Ola, Esmael! Entendo bem o que voce sente. Eu tambem sou formada em Letras e fico impressionada com o portugues de algumas pessoas que comentam no meu blog ou vlog. Ha 10 anos eu deixei o Brasil, mas nestes 10 anos, vejo que a ortografia das pessoas piorou de forma absurda! Me assusta!!Mas, nao desanime nao! Tenho certeza que voce esta esta fazendo a diferenca na vida de muitos deles, sem que eles nem percebam. Um abraco!

  10. Tamiris permalink
    01/11/2017 0:45

    Sou fascinada pela cultura da Índia. Amo os filmes. E nos filmes percebo o inglês misturado com o idiomas deles.já até me acostumei. Parabéns pela matéria 👏
    😊

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: