bz_italiaCarla Guanais – Roma, Itália.

– População: pouco mais de 60 milhões e 700 mil habitantes (6º lugar na UE e 23º no mundo);

– Densidade demográfica: 201,57 pessoas por quilômetro quadrado, média mais alta de toda UE;

– Jovens até 14 anos: 14% da população;

– Mulheres: 52% da população.

– Pessoas com mais de 65 anos (idosos): representam 20,3%

– Número de estrangeiros: 6,34%

– Taxa de natalidade: uma das mais baixas do mundo, 1,4 por mulher (na França a taxa é 2,2, por exemplo). Taxa de natalidade no país 9,1 para mil. A taxa de mortalidade é de 9,7. Concluindo então que morre mais gente do que nasce! 😮
– Média de espectativa de vida dos italianos: 79,4 anos para os homens e 84,5 anos para as mulheres (altissimo!)

– Principais cidades (maior população):

– Geografia:

– Estudos: – 28,5% completaram só o ensino fundamental;

– Economia: é o 27º do mundo de renda per capita, 12º da UE

– Desemprego, o mais alto de todos os tempos: 8,6%

– Desemprego feminino: 15,6% das mulheres entre 25 e 29 anos (na Suiça por exemplo: 6,2%)

– Desemprego dos jovens entre 25 e 29 anos: 14,8% (Suíça: 5,7%)

– Jovens de 25 a 34 anos que ainda vivem com os pais: 44% (Suíça: 13,2%)

– O 16º país do mundo com maior consumo de petróleo e está entre os 10 primeiros maiores consumidores de gás natural;
– É a 7ª economia mais forte do mundo mas a 4ª com o crescimento econômico mais fraco;
– O 5º maior em produção industrial;
– 50% da riqueza italiana está nas mãos de 10% da população;
Penúltimo lugar no quesito Família: divisão de tarefas domésticas. Na Itália quase sempre são as mulheres, perde apenas para o Japão. Sendo assim, também está no penúltimo lugar de igualdade entre homens e mulheres, o Japão também ocupa a última posição (Na lista dos países desenvolvidos UNDP, 17 no total);
– 49% dos italianos têm acesso à internet banda larga em casa, ocupa a 26ª posição entre 30 países europeus, o primeiro lugar é a Suécia, com 83%;
– O uso da internet: 22% são ativos e escrevem nos sites sociais (a maior parte Facebook); 39% usam a internet mas não fazem parte dos sites sociais; 39% não usam a internet.
– Ocupa o segundo lugar entre os países UE no quesito “jovens entre 15 e 29 anos que não estudam e nem trabalham”, perdendo apenas para a Bulgária.
– É o antepenúltimo dos países da UE com jovens entre 30-34 anos que têm diploma universitário, 19,8%, o primeiro lugar é da Irlanda com 49,9%;
– Números italianos em tempo real: cliquem aqui!
– Mais estatísticas para entender a Itália: cliquem aqui

Fontes: Istat (Instituto de Estatística Italiano)

Carla Guanais é cientista, blogueira e mora na Itália desde 2010, onde está cursando um doutorado. Saiba mais sobre ela clicando aqui.