bz_alemanha André Fernandes – Alemanha

 

Cidade jovem, cool, mistura antigo e novo, dá cara de novo ao que é velho, dá cara de descolado o que era brega; assim é Berlim. É uma das cidades na minha lista de lugares para morar! Cosmopolita, gente de todo o mundo, ambiente inovador e aberto ao diferente, vida cultural sem fim, muitas coisas acontecendo todos os dias. Quem lá já esteve, sabe que a cidade é do car@lh*, literalmente!

Pretendo apenas dar uma orientação do que fazer em Berlim. Apenas uma orientação! Com tudo que a cidade oferece, você pode criar seu próprio itinerário de inúmeras formas! Tem opções para todos os orçamentos e todos os gostos.

1 – Andar pela Eastern Side Gallery: parte do antigo Muro de Berlim mantida com grafites novos e antigos. Realmente transmite aquela sensação de estar em contato com o passado da cidade.

East Side Gallery, Berlin

East Side Gallery, que conserva uma parte do antigo Muro de Berlim

2 –  Visitar o Checkpoint Charlie: alguns pedaços do antigo Muro de Berlim. Diferente da East Side Gallery, só se vêem alguns fragmentos do muro em forma de exposição. O que marca mesmo é a guarita e a antiga placa sinalizando o bloqueio à passagem em inglês, alemão, francês e russo.

berlin checkpoint charlie

Placa sinalizando o bloqueio para atravessar o antigo Muro de Berlim: em alemão, inglês, francês e russo

berlin checkpoint charlie old

Uma das fotos que pude tirar em exposição do Checkpoint Charlie nos tempos antigos

3- Brandenburg Tor: é um dos cartões postais de Berlim e da Alemanha, pelo fascínio que exerce e pela grande exposição que passou a ter durante os períodos de bloqueio pelo Muro de Berlim. Foi construído no século XVIII para marcar o início da estrada que ligava Berlim à cidade de Brandenburg.

berlin brandenburg tor

Eu em frente ao Brandenburg Tor, um dos cartões portais de Berlim

4 – Memorial às Vítimas do Holocausto: Foi inaugurado em 2005 como marco dos 60 anos da II Guerra Mundial,  elaborado pelo arquiteto Peter Eisenman e pelo engenheiro Buro Happold. A forma de blocos um ao lado do outro busca expressar um sistema – o regime nazista – sem nenhuma conexão com a humanidade com a atmosfera confusa, como que um labirinto.

Monumento em referência ao Holocausto

Monumento em referência ao Holocausto

5- Desfrutar o tempo no parque: ler um livro, tomar uma cerveja, amassos com namorada/namorado, deitar no gramado, também em Berlin!

berlin parque

Berlim também tem muitos parques para desfrutar!

 

6 – Andar de bicicleta: para quem gosta de andar de bicicleta, Berlim é um paraíso! Ciclovias e sinalizações para ciclistas por todos os cantos da cidade, além de ser tranquilo carregar bicicletas nos metrôs. É possível também visitar todos os lugares indicados neste post de bicicleta. Fica a dica!

berlin bicicletas

Bicicletas são vistas por todas Berlim

7 – Flea Market: nos domingos, costuma acontecer próximo a Ebers Walder StraBe Station. É possível encontrar de tudo por uma pechincha, de roupas a antiguidades. Além de compras, é também um ponto de encontro, já que sempre tem alguma coisa acontecendo em volta do Flea Market.

berlin flea market

Flea market em Berlim, é possível achar de tudo por uma pechincha!

8 – Comer curry wurst: salsicha com ketchup e curry, uma das iguarias mais populares na Alemanha.

BLOG CUrry wurst

9 – Experimentar a cerveja Berliner: há todas as opções de cervejas pela cidade (não vão nem falar pela Alemanha), mas a Berliner é local! Ao brindar: prost!

Berliner, cerveja local de Berlin

Berliner, cerveja local de Berlim, extraído de beer.suregork.com

10 – Ir a uma biergarten: comum por toda a Alemanha, mas por que não também em Berlim? Para quem gosta de cerveja, a biergarten é como um parque de diversões!

Biergarten, um jardim para os cervejeiros! Extraído de urlaub-reisen-individuell.de

Biergarten, um jardim para os cervejeiros! Extraído de urlaub-reisen-individuell.de

 

11 – Wine bar: em alemão, Weinerei, fica próximo à Zionkirch Platz, precisamente no endereço Fehrbelliner Strasse nº 57. O interessante deste local é que você pode tomar os vinhos disponíveis e pagar o quanto quiser (mas nada dar jeitinho e se achar esperto, por favor!), conforme a quantidade que você bebe. Recomendo!

Para quem aprecia vinhos, vale um pulo num wine bar. Foto do tripadvisor.com

Para quem aprecia vinhos, vale um pulo num wine bar. Foto do tripadvisor.com

 

Num bom alemão, que ainda estou apredendo, biss gleich! (Nos vemos lá!). Berlim, eu te amo, Ich liebe dich!

*André Fernandes, nascido em Santa Catarina para ser um nômade pelo mundo. Voltou ao Brasil e já está pensando nas próximas aventuras! Saiba mais sobre ele clicando aqui. Curta a nossa fanpage no Facebook, acessando: www.facebook.com/blogbrasilcomz Instagram e Twitter: @blogbrasilcomz