Skip to content

Descobrindo um pouco da Estônia

21/08/2015

Flag of Estonia icon André Fernandes – Estônia

 

Não muita gente no Brasil conhece a Estônia, nem faz ideia de onde fica. Pequeno país entre a Rússia, Letônia e o Mar Báltico, tudo plano e possível de atravessar de norte a sul em 4h de estrada.  É o país onde foi criado o Skype, só por curiosidade!

A língua oficial é o estoniano, da mesma família do finlandês e do húngaro. Por também ter sido parte da antiga URSS e pela considerável comunidade russa no país, o russo também é falado por lá. Da mesma forma, o inglês é bastante falado, sobretudo entre a população jovem, a ponto de viajantes não sentirem barreiras de idioma.

Estonianos se veem mais próximos dos finlandeses que dos letões e lituanos, ou seja, mais se veem como escandinávios que como bálticos. Não estive na Finlândia ainda para poder comparar, mas notei muitas semelhanças dos estonianos com os alemães – na pontualidade, no senso de organização, jeitão sério, no equilibrar vida e trabalho. Costumam ter um temperamento calmo, de fazer as coisas com atenção uma de cada vez, o que rende piadinhas associando estonianos à lentidão pelos letões e lituanos.

Pude sentir a consciência de muitos estonianos de que o seu país é pequeno, sem recursos naturais como petróleo e gás, e tudo que podem criar para desenvolver uma economia forte é focar em conhecimento e tecnologia. O Skype que tanto usamos é uma prova disto! A capital do país, Tallinn, conta com um crescente movimento de startups e é apontada como o Vale do Silício nos Bálticos.

Tallinn, a capital e a maior cidade do país, com uns 400 mil habitantes, é bem tranquila de se visitar e de se locomover, com um excelente transporte público. Vale visitar a parte antiga da cidade, com inúmeras construções que datam da Idade Média, declarado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Tallinn Mar Báltico

Vista da parte antiga de Tallinn de cima, junto ao Mar Báltico

Tallinn Viru Gate

Viru Gate, as torres que marcam a entrada para a antiga cidade de Tallinn

Tallinn Toompea Castle

Toompea Castle, na parte antiga de Tallinn, sede do Parlamento na Estônia

Outro ponto interessante de Tallinn é a Praia de Pirita (Pirita Beach), a uns 10 km do centro da cidade, onde foram realizados os esporte marítimos nos Jogos Olímpicos de Moscou em 1989. Hoje, o espaço é utilizado como marina, práticas de esportes e ponto de encontro, além da praia.

Tallinn Pirita Beach

Vista de Praia de Pirita, em Tallinn

Tallinn Pirita Beach overview

Praia de Pirita, claro que num dia de verão!

Tallinn Pirita Beach Jogos Olímpicos 1989

Uma das marcas dos Jogos Olímpicos de Moscou, 1989 na Praia de Pirita

De Tallinn, é possível pegar ferry boat para Helsinque (Finlândia), São Petersburgo (Rússia) e Estocolmo (Suécia). Por estrada, é acessível pela E-67, que liga os 3 países bálticos (Lituânia, Letônia e Estônia) à Rússia e ao restante da Europa pela Polônia e Bielorússia.

Para quem aprecia bebidas, vale experimentar as cervejas locais Saku, A. Le Coq e Alexander. Outro bebida que recomendo é o Vanna Tallinn!

Vanna Tallinn

Uma dose do Vanna Tallinn!

Outra cidade que tive a chance de visitar é Valkla, um misto de interior e praia, com construções antigas em pedra e madeira. No verão, ótimo lugar para acampar e atividades ao ar livre. Fica em torno de meia hora de estrada a partir de Tallinn.

Valkla casa antiga

Antiga casa em Valkla, Estônia

Valkla praia

Praia em Valkla, Estônia

O que mais me impressionou – estive no verão de 2013 – foi o quanto eles ficam fascinados ao ver sol. Como um amigo local me disse: no inverno, são 6 meses debaixo de -30ºC, na escuridão, alguns raios de sol não mais que entre 10h e 16h, se tiver! Já no verão, o sol nasce às 3h da manhã e se põe lá para meia-noite. Tanto que nos fins de semana, muitos estonianos aproveitam a chance de apreciar o sol passando a noite em claro, como uma celebração. Na foto abaixo, é possível ver, nem dá para acreditar que eram 3h da manhã.

Fogueira na Estônia

Fogueira, churrasco e bate-papo às 3 h da manhã em Valkla, e com sol!

Se você não sabia nada a respeito da Estônia, aqui foram os primeiros passos! O próximo é visitar este país!

*André Fernandes, nascido em Santa Catarina para ser um nômade pelo mundo. Voltou ao Brasil e já está pensando nas próximas aventuras! Saiba mais sobre ele clicando aqui.

4 Comentários leave one →
  1. 21/08/2015 11:54

    Paisagens maravilhosas!

    • André Fernandes permalink
      22/08/2015 2:50

      Oi palhao, o que tá no post é só Tallinn e arredores. Mesmo sendo um país pequeno, é cheio de paisagens marcantes.

  2. Arlete Dotta permalink
    22/08/2015 15:26

    Um verão quente lá deve ser muito bom. Aqui eu já acho superlegal quando o sol começa a nascer as 5h e se põe lá pelas 22h. E essa fascinação pelo sol e pelo verão a gente começa a entender depois de passar alguns longos invernos na Europa. Uma semana no meio da neblina pode parecer uma eternidade até a primavera chegar.

  3. Junior permalink
    22/08/2015 17:33

    Legal o seu artigo, a Estônia é lugar que vale mesmo a pena visitar e o ainda por cima a moeda é o Euro !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: