Skip to content

Outono na Holanda: arte, bosques, um palácio e esculturas de areia

28/10/2015

bz_holandaAna Fonseca – Holanda

A Holanda recebe turistas o ano inteiro – mas é claro que o pique de visitas ao país acontece na primavera (abril – maio)  e no verão (julho) europeu. Sendo um país muito bem organizado em todos os setores, no turismo não poderia ser diferente. Especialmente em outubro o turismo interno floresce. A natureza não se colore de vermelho e todos os tons de laranja como no Canadá e algumas outras partes do mundo. Mas fica bem dourada e orvalhada. Nos últimos anos com o clima no planeta mudando os outonos (herfst) na Holanda deixaram de ser molhados e chuvosos e passaram a ficar mais agradáveis.  Eu arriscaria até a dizer que esse clima bom tem ajudado a esquentar a economia do país.

BLOG HErstf taarten

BLOG Herfst

Torta mousse de avelãs e torta com cobertura de amêndoas e açúcar e recheio de avelãs. Com um esquilinho e nozes modelados em marzipan. Mais outonal que isso impossível! 

Mas o que fazer em outubro ? As pessoas já voltaram das férias de verão, o ritmo escolar já voltou ao normal, os jardins já se despetalaram. Há (dependendo da região do país pois as escolas não seguem estritamente as mesmas agendas para férias) uma semana de recesso escolar por volta do dia 15 de outubro. Muitos pais costumam usar um ou dois dias de férias do trabalho e emendar num fim-de-semana no campo. A decisão é feita sempre de última hora. Acontece assim: verificam a projeção do tempo para os próximos dois ou três dias em sites como weer.nl, fazem um pesquisa em sites de campings, hotéis, casas para alugar/sítios e tomam uma decisão rápida. Dão prioridade absoluta a localidades cercadas de verde, bosques – e o Veluwe no centro da Holanda parece sempre ser um dos destinos preferidos.

DSC_5403DSC_5228

Casas com detalhes super charmosos na região do Veluwe e esculturas de javalis na entrada de um “café” (alguém jogou uma boina num deles). Javalis são um símbolo bem querido nessa parte da Holanda. 

O Veluwe tem muitos bosques e é chamado de “Het groene hart(je) van Nederland”  – o coraçãozinho verde da Holanda. A extensão dos bosques é pequena, e muitas áreas de bosques no Veluwe são recentes (bosques jovens, com árvores baixas e pouca variedade de espécies). Com sorte dá para avistar esquilos e veados. Cogumelos de todos os tipos e tamanhos são figurinha fácil – difícil mesmo é achar o “clássico” vermelho com bolinhas brancas. Mas não é impossível. Muitas casas da região são espaçosas e com telhado de palha – coroando o cenário de contos de fadas. Essas casas definitivamente oferecem um contraste às “casas de boneca” tão comuns nas villages ao redor das grandes cidades da Randstad. Minhas crianças e sobrinhas dizem que são “casas que nem as da aldeia do Asterix e Obelix”.

DSC_5204 DSC_5179 DSC_5136

Acima e abaixo:  insetos gigantes esculpidos por artistas nos topos dos troncos mortos (arte efêmera) e cogumelos por toda dão um charme extra aos já encantadores bosques holandeses. O meu fascínio por fungos e cogumelos não se esgota nunca!

DSC_5209

DSC_5162

DSC_5129

DSC_5212
DSC_5115

No Veluwe também é possível alugar cavalos e pôneis para dar passeios. Em baixo à direita, uma casinha nas árvores para as crianças brincarem gratuitamente num estacionamento de carros.

DSC_5225 DSC_5237

Além de visitar os bosques da região do Veluwe, outra super dica durante o outono é visitar o parque de esculturas de areia (Zandsculptures Park, em Garderen). Esse ano o tema foi “No Tempo da vovó”e “Dentro dos contos de fada”. Há uma parte coberta, com várias salas cercadas por vidros onde  podemos admirar cenas com esculturas em escala humana. Há uma parte descoberta com vários painéis de areia e um trilho suspenso para carrinhos/pedalinhos para as crianças. E uma terceira parte com grandes quadros de areia. No local há uma cantina um restaurante e estacionamento gratuito. Imperdível durante o outono na Holanda, e também afirma ser o maior e mais bonito parque de esculturas da Europa. É ver para crer, minhas fotos nem de longe fazem justiça às obras, beleza e precisão. Aberto até 31 de outubro.

DSC_5264

DSC_5304

DSC_5345

DSC_5370DSC_5376

DSC_5374DSC_5367

Palácio Het Loo: Antigo palácio da casa real holandesa de Orange, aberto para visitação pública. As salas de jantar estão postas como esperando convidados, com toda prataria e arranjos florais naturais. Quartos de dormir, salões, jardins incríveis – tudo pode ser visto. O palácio está listado no top 100 dos monumentos holandeses listados pela UNESCO.

BLOG HET Loo

Palácio Het Loo, via skyfly.nl

Klimbos : um parque para escaladas dentro de uma florestinha no Veluwe. Vamos combinar que ele não fica num terreno extenso. Mas as rotas são bem variadas e não menos interessantes do que se encontra pelo Brasil afora. Compacto e dá para visitar e praticar o arvorismo e tirolesa em um par de horas. Use sapatos esportivos de sola grossa, o terreno é bem enlameado no outono.

DSC_5413

Uma visita obrigatória para quem se hospeda na área do Veluwe e visitou o Klimbos é a Gasterij Zondag. Serviço simpático e impecável, o menu varia com as estações e é sempre muito correto, bem apresentado e delicioso. Você pode saborear um saté indonésio, panquecas holandeses, pratos de peixe e caça. As sobremesas também dão prioridade a ingredientes holandeses:  queijos e frutas locais. O salão principal é charmoso mas as mesas são pequenas e apertadinhas, algo bem comum na Holanda. Para grupos de mais de 6 pessoas veja se pode ficar na extensão na parte de trás (winter garden/conservatory). É muito espaçoso, bem iluminado, e tem vistas para os jardins.

DSC_5468

Uma refeição bem outonal. Apresentação linda e descomplicada no prato dos acompanhamentos com purê, pera ao vinho, legumes da época, um folheado e molho de cranberry. Sabor com pouco sal mas várias especiarias no cozido de carnes de caça (javali, rena, lebre selvagem, etc.) ervas e vinho. Abaixo, um prato de queijos holandeses e um pão no espeto (chamado de “brolly” = bread+lolly), com geléia, raiz agridoce e mel.   

DSC_5481

Eet smakelijk ! / Bom-apetite ! 

Se você já visitou a Randstad (Amsterdam, Haarlem, Haia, Rotterdam, Delft, Utrecht, Rotterdam) e quer conhecer o interior do país o Veluwe é uma boa pedida. Há muito o que se fazer e ver, tanto na parte esportiva quanto cultural. A área verde Veluwe é muito bem cuidada e visitada pelos holandeses, que prezam turismo associado à preservação ambiental.

Serviço

Parque Nacional Veluwe, site em inglês: https://www.hogeveluwe.nl/en

Esculturas de Areia, http://www.zandsculpturen.nl até 31 de outubro

Palácio Het Loo: http://www.paleishetloo.nl

Bungalow Parks Landal, localidade Gelderland/Veluwe: acesse aqui

Hotel Bilderberg em Garderen, altamente recomendáveis.  Há dois na área:  WolfhezeSpeulderbos,  ambos excelentes, com piscina, no meio de bosques, bons restaurantes, ótimo serviço. O Wolfheze tem um restaurante de culinária francesa e o Speulderbos espanhola – ou quase.

Gasterij Zondag restaurant: http://www.gasterijzondag.nl Fechado às terças.

Klimbos, arvorismo, escaladas, tirolesa : http://www.klimbos.nl

(Todas as fotos desse post: arquivo pessoal da própria autora, exceto a foto do Palácio Het Loo)

____________

Ana Fonseca vive desde 1999 na Holanda. Para ver mais fotos dela complementando esse post e do outono de outros autores do BZ visite e curta nosso Instagram.  Curta você também a nossa fan página no FB acessando: http://www.facebook.com/blogbrasilcomz. E clique aqui para seguir nossos tweets.

5 Comentários leave one →
  1. Mirian permalink
    28/10/2015 10:38

    Que lindo, lindo e lindo!!!!
    Parabéns pela matéria e pelas fotos.
    Quero conhecer a Holanda em todas as estaçoes.
    Um abraço.
    Mirian

  2. 29/10/2015 0:56

    Muito bacana, adorei! Nunca fui à Holanda e morro de vontade. Vou incluir o Veluwe na lista. Lindas fotos!

    • 29/10/2015 7:08

      Crianças e adultos gostam muito de ver as esculturas de areia Sheila. E o palácio Het Loo fica relativamente perto.

  3. 29/10/2015 7:57

    Oi, Ana!!Ótimo post! Impressionante como estes posts sobre a Holanda me lembram o Japao. O outono lá é uma das melhores épocas para visitar o país e onde as árvores e folhas ganham uma coloração avermelhada, belíssima. Mas, voltando ao assunto da Holanda…estas comidinhas do seu post me deixaram com água na boca, viu?? Um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: