Skip to content

O café da manhã no Japão 朝ごはん asagohan

26/01/2016

japão W. Anderson – Japão

朝ごはん, leia-se “a-sa-go-han” (a, de avião – sa, de salada – go, de gota – han, com som de ‘rr’), é uma palavra composta, com tradução ao pé da letra como “arroz da manhã”.  Em português dizer que uma refeição é o “arroz da manhã” não faria muito sentido, então como interpretação dizemos  apenas “café da manhã”.

Há muito séculos, os japoneses já consideravam o desjejum como sendo a mais importante refeição do dia, pois precisavam estar guarnecidos de uma alimentação rica em sustentabilidade e energia para um dia de muito trabalho árduo.

É deste princípio que os japoneses em geral, não possuem o costume de comer pão no início do dia, como a maioria dos brasileiros, por exemplo, pois consideram que podem não manter-se com disposição para trabalhar com tão pouco recurso energético que poderiam precisar.

BLOG Asagohan

Asagohan – o café da manhã tipicamente japonês (Via: shikokupilgrimage.com)

café da manhã japonês é praticamente uma prévia do almoço. Muitos ocidentais imaginam que seja as sobras de uma janta do dia anterior, mas enganam-se. Ele é preparado fresco, tal como o almoço, com alimentos capazes de de propor um rendimento de trabalho, conforme o esforço que se fará durante o dia.

Geralmente, aos finais de semana, o asagohan é mais leve, exceto quando se há alguma atividade esportiva que a pessoa tenha de fazer, como uma gincana ou um jogo de baseball.

Sua composição pode variar um pouco, mas sempre você vai encontrar:

  • arroz branco;
  • peixe grelhado;
  • verdura cozida/refogada;
  • ovo (geralmente tipo omelete);
  • soja (fermentada, como natou, ou cozida);
  • conserva salgada, conhecida como tsukemono;
  • sopa – missoshiro  ou tonjiro e,
  • chá verde, claro!

BLOG Asagohan 2

Outro exemplo de asagohan, via: wakuseianime.forumfree.it

Os japoneses comem uma porção farta no café da manhã e no almoço, mas geralmente, fazem o consumo de uma refeição bem leve no jantar. Antes do final da tarde, costumam tomar chá preto (conhecido como ‘koutcha’) acompanhado de algum biscoito (‘senbê’).

kodomo-asagohan

uma versão infantil para o ‘asagohan’ (by claphair.com)

Pessoalmente, eu não consegui (ainda) ter esse costume. O meu café da manhã é com pão e leite. Mas no almoço, eu não dispenso o cardápio tipicamente japonês, e o chá verde também não falta.

De qualquer forma, itadakimasu!

________________

W. Anderson é engenheiro elétrico e mora com a família há 11 anos no Japão. Para saber mais sobre ele clique aqui

Vejam fotos dele e de outros autores no perfil do BZ no Instagram. E sigam nossa página no Facebook acessando aqui.

7 Comentários leave one →
  1. edvanfleury permalink
    26/01/2016 9:33

    “O café da manhã japonês é praticamente uma prévia do almoço” vou falar assim quando algm me perguntar como é aqui na China, ahaha.

    • 26/01/2016 12:11

      O café da manhã na China não me assustou tanto quanto o almoço ou a janta. Uma mesa cheia de comida, para umas 4 pessoas, com inúmeras opções, que lembrava a mesa de almoço na casa da minha tia em Minas Gerais, por menos de ¥1500 (ienes), servido apenas para duas pessoas.

  2. 26/01/2016 11:30

    Eu não achei pesado, de modo algum. Mas acho que com meu life-style seria melhor para eu encarar um desses no fim-de-semana (tal e qual o desayuno mexicano que a Melissa já falou aqui no blog). Tipo 11h, ou meio-dia num sábado… Adoro comida oriental ! Esse asagohan e’ muito bem balanceado. Japão, show de culinária !

    • 26/01/2016 12:23

      Eu nunca fui muito fã dessas refeições intermediárias antes do almoço. Sempre engordava por causa delas.

  3. Ana Cecilia permalink
    26/01/2016 12:05

    Achei apetitoso e trabalhoso para uma manhã…. Apesar de gostoso!
    Faltou uma fruta, um queijim, um café preto….
    Mudar comportamento é muito difícil!
    Já introduzi o chá verde!!
    Eu tinha curiosidade de saber, adorei.

    • 26/01/2016 12:22

      Verdade, eu sempre achei que um café preto fazia falta no desjejum japonês. Mas, costume é costume. Quando era pequeno em Minas, eu adorava no final da tarde, comer pirê (purê é de tomate) de batata com café preto.
      Pela manhã, uma fatia de queijo, requeijão, e uma bacia de pão de queijo, era suficiente para minha alegria.
      Muitas das mulheres que trabalham fora, levantam um pouco mais cedo para preparar o asagohan. Geralmente, elas vão dormir no mesmo horário que as crianças.

Trackbacks

  1. 100 observações sobre o Japão | Brasil com Z

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: