Skip to content

Ano Novo chinês e a difícil missão de desencalhar

08/02/2016

BZ_ChinaEdvan Fleury – China 

Oi leitores do BZ ! Estou feliz, tão feliz –  e advinha o porquê? Porque vou finalmente comemorar o Ano Novo! (Não, você não leu errado, até porque ninguém tem a obrigação de saber que alguns países na Ásia o Ano Novo é comemorado de acordo com o calendário lunar). Então, aqui na China o Ano Novo é celebrado em uma data diferente todo ano porque vária conforme o movimento da rotação da lua sobre a Terra (acho que é bem assim). Não vou entrar nesses pormenores pois este não é o objetivo desse texto. Aí você pode até me perguntar: “Mas Edvan, você não vai falar de Ano Novo na China?”  Vou não. Porque eu não comemoro o ano novo chinês, pois não faz sentido para mim. Então porque cargas d`água estou comemorando? Porque simplesmente terei 7 dias de folga e poderei viajar para a Rússia! Como é difícil falar de alguma coisa que você não vivencia na pele, eu decidir falar do Ano Novo sobre uma perspectiva diferente, um problema que eu vivencio através dos meus amigos chineses, que é: ser solteiro no Ano Novo.

BLO CHINA

Lanterna vermelhas, preparando o clima para o Ano Novo chinês.  O vermelho simboliza para os chineses: prosperidade, fortuna e boa-sorte. Foto via: blog.amari.com

Os chineses possuem seus valores muito centrados na família. Parece uma coisa meio batida, mas desde pequenos eles são educados para estudar, ir para uma boa faculdade, ter um bom emprego e… CASAR!!!!! Essa parte de arranjar a alma gêmea soa um tanto quanto obvia, né? Mas, pense você viver em um país no qual há mais homens do que mulheres, as estatísticas dizem que há 30 milhões de homens a mais que mulheres. Agora imagina que nem todos esses homens gostam de mulheres e que nem todas as mulheres gostam de homens. Agora, vamos destrinchar os dois casos: Homens que gostam de mulheres e, segundo caso,  homens que gostam de homens.

O ano novo chinês para quem é hétero e solteiro:

Para os chineses, o Ano Novo é a data mais importante do calendário. É o momento em que muitos jovens retornam a sua cidade natal, e quanto mais velho o chinês vai ficando maior a pressão para que ele/ela tenha um namorado e um bom emprego. Um namorado porque os país esperam ter um neto no futuro para dar continuidade a família e um bom emprego porque é nessa época do ano em que os filhos dão uma mesada para os pais.

Mês passado, um rapaz que trabalha no mesmo departamento que eu estava muito triste com a proximidade do Ano Novo chinês. Eu, solidário, perguntei o porquê de tanta tristeza. Então, ele prontamente me disse que levava uma vida muito solitária e que a família estava colocando muita pressão para que tivesse uma namorada. Ele já mora em Beijing há 4 anos e nunca arranjou uma namorada. Parece impossível isso, mas ele não foi o único a me falar tal assunto. Na academia onde eu frequento um outro amigo também me disse a mesma coisa. Lembra de um dos valores que eu mencionei acima: “ter um bom emprego” ? Em uma escala de prioridade, um chinês sempre vai colocar a carreira e o dinheiro no topo, deixando o amor como a última coisa na lista de preocupações. Quem mora em uma cidade grande como Beijing, por exemplo, tem uma mentalidade muito focada em ganhar dinheiro. As pessoas estão sempre ocupadas com o trabalho ou com os estudos e nada mais. As pessoas aqui levam uma vida corrida e as relações sociais são bem secas, pois ninguém está aqui para sempre. Beijing é apenas um aeroporto no qual as pessoas chegam, passam um tempo e vão embora.

No Brasil, é muito comum se quisermos conhecer alguém ir a uma balada ou bar para tentar a sorte e conhecer alguém interessante. Na China a história não é bem assim (é claro que isso não é a verdade absoluta). E para entender essa questão é necessário saber um pouco sobre a cultura chinesa e como pensa um chinês. Para isso é claro que eu fui ouvir meus conhecidos chineses que me explicaram o que vou narrar abaixo.

  • Chinesas são educadas para não beberem álcool

Antes de falar sobre isso deixo claro que há exceções. Mas, no geral as mulheres são ensinadas desde pequenas que beber é imoral para uma moça. Isso é uma regra que se aplica muito à população rural e não muito às mulheres que são criadas em uma cidade grande. É muito comum em uma roda de amigos os homens sempre beberem cerveja ou Baijiu (白酒, báijiǔ), a versão chinesa da cachaça, e a mulherada insistir em tomar um suco ou chá.

BLOG CHINESES

Foto via: dating.lovetoknow.com

  • Então vá a um clube ou bar para tentar conhecer alguém?

Lembra do meu colega de trabalho? Ele é de uma cidade chamada ZhengZhou que possui quase 10 milhões de pessoas (isso não é uma cidade grande para os padrões chineses). Ela é a capital de uma província e de acordo com ele quase não há clubes na cidade e tão pouco muitos bares. Procurando no Google eu encontrei vários bares lá, mas ele sempre esteve tão ocupado estudando que nunca se interessou em ir um bar na própria cidade. Já o meu outro conhecido da academia me disse que ir a um bar, principalmente para uma pessoa que vem do interior, é considerado como algo ruim, pois você não vai encontrar o amor da sua vida lá (o que sinceramente, vivendo quase 4 anos aqui, também concordo). Eu não acho que bar ou clube na China seja a badalação, até porque chinês em uma boate é um ser muito parado (se comparados com nosso estilo latino de ser). Para você ter uma noção, muitos bares e boates servem chá misturado com alguma bebida alcoólica e a diversão é alugar uma mesa, reunir os amigos para jogar dado!!!! Isso mesmo, dado. Imagine você se enfeitar todo para passar a noite jogando dados e fofocando sobre coisas mundanas do dia-a-dia?

  • Então no auge do desespero é só o chinês dar em cima da chinesa.

Não! Isso não rola. Um chinês que é chinês jamais vai agir como nós brasileiros e botar para cima da chinesa. Um estrangeiro pode fazer isso e muitas chinesas vão amar!! Mas um chinês não pode. Para uma chinesa, isso soa desrespeitoso e provavelmente ela vai ignorar o pobre coitado.

Então, como um chinês conhece uma chinesa?

Na maioria das vezes o relacionamento começa na universidade. Eles estudam juntos por um tempo e ai com o passar dos dias a relação vai se construindo. Ou então, eles se conhecem através de amigos de amigos ou porque trabalham juntos. No caso do rapaz que trabalha comigo, a família dele arranjou uma moça para ele namorar. Isso mesmo. Ele meio que será obrigado a namorar essa moça por pressão da família. Recentemente, eu descobri que minha chefa chinesa passou pela mesma situação e, hoje, morre de amores pelo marido dela (segundo ela, claro). Já o rapaz da academia arranjou uma solução mais, digamos, diferente. Ele vai alugar uma namorada. Sim, isso existe. Eu nunca acreditei que isso era possível até conhecer este rapaz. Um rapaz até que bonito, contratou uma estranha para passar 5 dias com ele na casa da família dele. E aí entra o outro tópico.

O ano novo para quem é gay/lésbica:

Fiz minha pesquisa estilo Ibope (hahahah), super fundamentada para ilustrar este post. Fui para casa e pensei: por que um homem todo saradão, boa pinta, ganhando bem iria ter dificuldades para encontrar uma namorada? Voltei à academia uns dois dias depois e como quem não quer nada, cheguei nele de novo. E perguntei: “O que você ouve para malhar?” Ele meio que não respondeu. Aí eu fui a a fundo. E reformulei a pergunta: “Lady Gaga ou Metallica?” Ele sem pensar muito disse: “Britney!”. Aí voltamos a conversar de novo e ele revelou a verdade porque de contratar uma desconhecida para ser a namorada dele.

BLOG Gay chineses

Gays na China: cena raríssima no espaço público. Foto via arrasabi.com.br

Infelizmente, a sexualidade na China é um tabu. O lema do governo é: não aprovo, não desaprovo, mas não promovo. Para muita gente, não existem gays e lésbicas na China. Um amigo brasileiro certa vez me disse que durante a aula de mandarim na universidade a professora foi categórica e disse que isso não existe na China (até parece, né). Definir gay na Ásia é muito difícil, sobre isso você pode assistir o vídeo abaixo para entender como é essa loucura.

Como a sociedade chinesa ainda tem muitos valores antigos para os nossos tempos atuais! Uma família chinesa não aceita gays como membros de sua família. São poucos os chineses que saem do armário. Como esse assunto dá muita lenha na fogueira e é muito complexo, vou tentar resumir o que alguns chineses gays e lésbicas fazem no Ano Novo.

Há agências em que é possível alugar uma namorada ou namorado para apresentar aos pais durante o ano novo. Como os filhos acabam indo morar bem longe dos país essa farsa se mantem por anos. Aí quando eles adquirem uma certa idade é preciso casar. Alguns casam com lésbicas só para manter a aparência ou casa com uma mulher e mantém um boy como amante, sem a esposa saber (e isso dura por anos!!!). Caso, o chinês não tenha dinheiro para alugar um(a) namorado(a), eles acabam apresentando uma amiga lésbica para manter a aparência. E assim, todo mundo sai ganhando na história.

Enfim, o Ano Novo chinês é uma época muito legal onde as famílias se reúnem para celebrar, comer as comidas tradicionais, voltar a cidade natal, viajar e relaxar.

BLOG ANO DO MACACO

Notas: 

2016 é o “Ano do Macaco” segundo o horóscopo chinês. Esse ano o Ano Novo é celebrado dia 07 de fevereiro. Leia na nossa fanpage do Facebook uma descrição detalhada sobre as energias que irão determinar esse período, tão criativo.

_______________

Edvan Fleury nasceu em Manaus, é jornalista, e atualmente está Perdido na China. Para saber mais sobre ele acesse a mini-bio clicando aqui. Sigam nossa página no Facebook clicando aqui e no Instagram clicando aqui.  

4 Comentários leave one →
  1. André Fernandes permalink
    08/02/2016 10:47

    As baladas pela Ásia são bem diferentes do que estamos acostumados na América Latina! Não vou nem imaginar a proporção de homens e mulheres nas baladas hahaha Ouvi falar que é ainda comum casamento arranjado na China, confere?

    • edvanfleury permalink
      14/02/2016 11:43

      SIm!!!!!! Semana passada uma conhecida minha passou por isso sem saber ahaha

  2. 08/02/2016 12:37

    Edvan, eu imaginava que fosse a coisa mais fácil do mundo mundo os chineses juntarem as escovas de dentes. Afinal, são muitos e com um passado e cultura comum Mas parece que não dominam a arte de flertar, jogar charmes… Agora, a tal professora de mandarim do seu amigo brasileiro falar que “Gay não existe na China”…. que piada sem graça ! Oooh, pior que piada de papagaio.

    • edvanfleury permalink
      14/02/2016 11:44

      Eles precisam aprender com os Holandeses!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: