Skip to content

Vida de Imigrante – Internet & Banda Larga

01/03/2016

japão W. Anderson – Japão

Quando deixei o Brasil para vir para o Japão, já tínhamos lá, internet banda larga (Speedy) de até 512 Kbps de velocidade, por adsl. Era fantástico poder acessar a internet sem aquelas horríveis e demoradas conexões discadas.

Aqui, depois de 15 dias, já tinha meu documento japonês de identidade e, com ele na mão, fui contratar uma conexão de internet. Naquele época, fui informado que no meu endereço, só tinha conexões de adsl (sem opção de fibra) na velocidade de 56 Mbps. Ufa!!!! isso tudo? pensei…

De qualquer maneira, o mais surpreso em contratar uma conexão de internet aqui no Japão, foi ganhar um brinde. O vendedor me falou na época, que eu iria receber pelo correio o meu brinde. Até aí, okay, brinde é brinde, imaginei. A surpresa veio quando depois de receber o pacote enviado pelo takkyubin (correio privado), o conteúdo era um iPod Classic de 80 Gb.  Achei estranho, talvez fosse engano. Corri atrás do entregador, mas ele já tinha ido embora. Depois ao contatar vendedor para avisar que “talvez” o brinde viesse errado, antes de sequer começar a falar, ele se desculpou, pois naquela data, seria “apenas” aquele brinde disponível. Hum???

Quando mudei de Ogaki para Ina, em Nagano, minha primeira cidade aqui na província, eu solicitei a transferência, mas fui informado que por razões geográficas de negócios, meu novo endereço estava atendido por uma área diferente da NTT Comunication, por isso, sem ônus de multa, seria cancelado e solicitado uma nova conexão. Assim foi feito. Mas a surpresa ainda seria maior, pois no novo endereço já tinha fibra óptica com velocidade de 100 Mbps! Cacetada, pensei…. esse Japão é mesmo “porreta”, como diria meu amigo “ministro”, Sérgio Motta, um homônimo do ex-ministro de FHC.

Lembro que o valor do adsl em Ogaki, entre linha telefônica e conexão de internet, era de ¥8,200 por mês. Quando passei para fibra e com velocidade maior, o preço reduziu para ¥6,800. Melhorou a velocidade, a tecnologia e reduziu o preço. Podia ser igual no Brasil também, pensava.

Mas brasileiro é mesmo danado… aprende logo a fazer malandragem. Descobriu-se então, que poderia fazer o cancelamento da internet e pedir outra, sempre alternando o nome do assinante (por exemplo, marido, esposa, filhos maiores), para ganhar o “brinde” e as promoções de 2 meses para internet/telefone e 3 meses para provedor, free, é claro. A conta, só depois desses períodos. Eu mesmo nunca fiz isso, mas diversos primos da minha esposa fizeram e sempre diziam para que eu fizesse também.

Por muito tempo, japoneses faziam isso. É…, a malandragem dos brasileiros teve os japoneses como professores. Acharam que foi o contrário? Eles faziam piores…, contratavam a internet/telefone e depois de findar a promoção, cancelavam. Muitos japoneses sequer pagavam telefone ou quando pagavam, apenas 2 ou 3 meses, espaçados. Depois de tanto abuso, as companhias acabaram com a farra. Contrato de 2 anos para todo mundo, com multa e pagamento da taxa de instalação (proporcional), caso cancelasse. Mas ainda, não precisava devolver o brinde.

Esse velocidade de 100 Mbps, perdurou por muito tempo, até que em 2010, já ofereciam em muitos endereços, a mesma conexão de fibra com 200 Mbps de velocidade e, mesmo preço ainda. Acompanhei esse tendência até pouco tempo atrás (1 ano), quando já de volta de Tóquio para Nagano, bateram em minha porta dizendo que eu seria obrigado a mudar minha conexão para a velocidade de 1 Gbps, sem custo de instalação e, com uma leve redução de preço depois de 2 meses. Fazer o quê né? Vamos aumentar a velocidade.

201211 - Anuncio Au Hikari Internet 1Gbps

em 2012, a oferta de internet de 1 Gbps já era realidade e com muitos anúncios em português (by Nichiyu International)

Sempre que há uma mudança (sempre para melhorar), há custos de uma nova instalação. Eu não faço pela euforia, até porque, não há grana escorrendo pelo ladrão para gastar sem necessidade. Assim, sempre espero por uma promoção ou por uma troca inevitável.

Bem, acabo de fazer meu “upgrade forçado” para a fibra de 1 Gbps e, já recebo oferta da minha operadora de celular, querendo incorporar o serviço da internet fixa, instalando uma nova fibra para a velocidade de 2 Gbps, reduzindo ainda mais o custo, para ¥4,200 mensais, mas concedendo também, um upgrade free no pacote de dados do celular (acrescentado) de 5 GB e desconto de ¥1,300 no que pago hoje. Confesso, estou seriamente seduzido por essa mudança.

Captura de tela 2015-12-02 08.39.43

recente anúncio da NTT DoCoMo, oferecendo fibra de 2 Gbps, com opção de internet+telefone, internet+telefone+tv, por um preço muito melhor, a partir de ¥3,800 mensal (by DoCoMo)

Agora, quanto às promoções… há (diria) infinitas promoções, principalmente em anúncios de revistas, oferecendo brindes e até “cashback”. Em lojas de eletrônicos, é comum você encontrar a opção de comprar uma TV ou qualquer outro item, com um enorme desconto, em função de contratar a conexão de banda larga. Uma TV que pudesse custar ¥150,000, pode ser paga apenas ¥90,000 ou menos, o mesmo para um aparelho de ar condicionado, onde além do desconto (quando não, inteiramente grátis), há grandes chances de ganhar a instalação também.

anuncio-internet

anúncio de assinatura de internet/telefone, vinculado em revista da comunidade brasileira, com várias opaões de brindes (by NetPack Japan)

Será que isso um dia acontecerá no Brasil? E vocês, como é a banda larga que usam onde moram?

__________

W. Anderson é engenheiro elétrico e mora com a família há 11 anos no Japão. Para saber mais sobre ele clique aqui

Vejam fotos dele e de outros autores no perfil do BZ no Instagram. E sigam nossa página no Facebook acessando aqui.

6 Comentários leave one →
  1. Flávio permalink
    01/03/2016 20:56

    Errata: 200Mb,hehe. Mas é complicado no Brasil devido os inúmeros problemas que se tem com velocidade. Qual o tempo de reparo da internet aí? E a conexão é fibra de ponta a ponta ou é fibra até o poste e interno é outro cabo?

    • 01/03/2016 21:07

      Quando você comentou no FB 200 GBps, levei um susto.
      O problema da internet no Brasil ser tão ruim, é que as operadoras não querem investir o que precisa, além do (des)governo não abrir mão de impostos mais suaves para a importação de componentes de infra estrutura.
      Aqui o tempo de reparo é de duas horas, com desconto na fatura, de no mínimo 1 dia. Minha conexão de fibra é ponta a ponta, chegando até o modem/roteador.
      Vale notar, que não existem mais conexão de banda larga por adsl ou apenas por par metálico por aqui.

  2. Lourdes do Carmo permalink
    12/03/2016 5:16

    Enquanto isso na Terra Brasilis, estao fazendo promocoes para aumentar a franquia em 200 MB.

    • 12/03/2016 12:25

      Sonho com o dia que a internet no Brasil melhore apenas 100%, pois esperar que seja igual ao EUA ou Japão, sei que será impossível.

  3. edvanfleury permalink
    21/03/2016 9:19

    Vou me mudar para o Japão ou para a Coréia depois dessa. Gente, muito barato aí. Você também podia falar no futuro sobre planos de telefone e internet móvel. Aqui na China eu acho bem caro e a gente não ganha brindes… só a conta que você paga 1 vez ao ano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: