Skip to content

Meiji Mura – Um pedaço do Brasil no Japão

20/04/2016

japão W. Anderson – Japão

A nossa colega da Índia, a Juliana Paula, escreveu um post no blog dela, muito legal sobre Nagoya. E nele, ela citou um passeio muito interessante para fazer, numa cidade perto de lá, que trás um pedaço do Brasil para o Japão.

Meiji Mura (明治村), é um museu em tamanho real, ao ar livre. São construções que fizeram a história do Japão, fosse aqui ou em algum país estrangeiro, por intermédio de algum nativo. O nome deste museu foi atribuído porque foi na era Meiji (1867-1912), que as mais significativas construções entraram na história do Japão.

São na maioria construções da arquitetura japonesa, que sofreu influência estrangeira, por ocasião da abertura do Japão ao mundo ocidental, inicialmente pelos britânicos.

A arquitetura existente neste museu, acerca desde as originalmente japonesas a aquelas que foram construídas ao estilo ocidental. Algumas destas construções, foram destruídas em grandes terremotos ou guerras daquele tempo. Consideradas um grande patrimônio cultural e histórico, essas construções foram levadas para Meiji Mura e reconstruídas em sua aparência original, mantendo em seus interiores, objetos que antes existiam em cada uma delas.

mie

sede da prefeitura da cidade de tsu, província de mie-ken, em 1879. (by meiji mura)

Essas construções são originarias de todo o Japão, mas há edifícios também construídos no Hawai (USA), Registro (Brasil) e Seatle (USA), por japoneses que para essas localidades emigraram.

O que poucos sabem, é que uma destas construções é uma casa que foi originalmente construída no Brasil, na cidade de Registro, estado de São Paulo, por colonos japoneses que lá, fundaram a primeira colônia nipônica no Brasil.

DSC01080

Fachada externa da casa da cidade de Registro, detalhe para a bandeira brasileira (arquivo pessoal)

Essa casa, foi adquirida pelo governo japonês especialmente para ser colocada neste museu, transportada e novamente montada para ilustrar com fiel realidade parte da história que o povo japonês também construiu fora de sua terra natal.

 

DSC01079

vista lateral (arq. pessoal)

DSC01075

dados sobre a casa: construída em 1919 pelo colono Yasuo Kubota com 82.4 m2 (arq. pessoal)

O museu Meiji Mura, abriga também o prédio da agência de correio, daquela época, em operação. Você pode postar uma correspondência (real), para ter a sensação de viver a experiência dos tempos antigos.

O museu foi idealizado pelo Dr. Yoshiro Taniguchi (1904-1979), que se sensibilizou em preservar a história da arquitetura japonesa.

Serviço:

  • Meiji Mura Museu Home Page
  • aberto de 3ª a domingo – 10:00~16:00
  •  adultos: ¥1600, idosos ¥1200, estudantes ¥1000
  • fechado de 31/dez a 6/jan

________________

W. Anderson é engenheiro elétrico e mora com a família há 11 anos no Japão. Para saber mais sobre ele clique aqui

Vejam fotos dele e de outros autores no perfil do BZ no Instagram. E sigam nossa página no Facebook acessando aqui.

5 Comentários leave one →
  1. edvanfleury permalink
    20/04/2016 7:29

    Um texto simples e MUITO, mas MUITO interessante. Eu fique pasmo como os japoneses conseguem fazer as coisas darem certo. Poxa, eles desmontaram uma casa inteira só para mandar do Brasil para o Japão. Isso é o que é ter orgulho das raízes fora do Japão. Queria eu que um dia nosso país também desse valor para o lado histórico dos brasileiros fora do Brasil. Um texto bem curioso. Valeu a leitura.

    • 20/04/2016 8:21

      Isso se chama respeito pela cultura.
      Quando os europeus emigraram para o Brasil, desde o início da colonização, eles construíam uma igreja e tratavam de conseguir um padre para aquele povoado, vila…
      Quando os japoneses emigraram para o Brasil, assim como para os EUA, eles construíam uma escola, pois sabiam, que somente com o aprendizado constante que se pode crescer e conquistar seus sonhos.

    • 11/01/2017 22:29

      Eu conheço Milton Kubota (filho Yasuo Kubota), grande engenheiro mecânico. E ele me explicou todos os detalhes que fizeram para transplantar a casa de Registro para o museu. Foi demais! Me mostrou também algumas fotos. Realmente era uma casa que arremetia muito aos detalhes da arquitetura japonesa.

  2. 20/04/2016 17:33

    O post ta otimo e…obrigada pela mencao honrosa! Hehehe..Sucesso ai no Japao!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: