Skip to content

Design holandês: o guarda-chuva senz°

08/11/2016

bz_holandaAna Fonseca – Holanda

Minha mãe sempre odiou guarda-chuvas. Dizia que “só” servia para proteger a cabeça, e não o corpo. E que ela não tinha o menor problema em ficar com o cabelo todo molhado por “água sagrada que cai do céu”. Nunca, mas nunca mesmo consegui ser lírica assim. Com o cabelo muito seco, sempre tive ódio da combinação ventania e chuva. Meu cabelo fica um lixo. E onde que vim morar, gente? Na Holanda. Num país onde a chuva cai do céu toda hora. E de lado. E na diagonal. E até de baixo para cima. A mil quilômetros por hora. No frio.

Pra mim, chuva só é boa para a agricultura, mais nada. Sites que eu verifico religiosamente são weer.nl e buienradar.nl Sério, eu devo bater ponto nesses sites mais vezes por dia do que muçulmano se curva em direção a Meca para fazer suas preces. De tanto futucar o significado dos símbolos meteorológicos e estudar as previsões climáticas já cheguei por um tempo a fantasiar que poderia tranquilamente ser uma “moça do tempo” em algum canal da televisão holandesa.

Semanas atrás, comprei algo que estava precisando há anos e anos: um guarda-chuva resistente à tempestades. Sim, galera. Isso existe, não enguiça e é criação de um holandês graduado em Desenho Industrial pela Delft University of Technology (T.U. van Delft) e se chama senz°.  Eu testei o negócio. No final do post eu dou o meu  veredicto. Por enquanto, continue lendo, que eu já chego lá…

blog-senz

A promessa: o guarda-chuva (vários modelos) quando aberto não “emborca” e quebra, mesmo nas piores ventanias e tempestados. Ele tem uma

parte mais “curta” e outra mais longa, bem aerodinâmica. Basta segurar frouxamente com a mão que ele “capta” a direção do vento. Vejam o filminho para entender:

E ao que parece, ele não quebra nunca.

 

A expectativa:

Me apaixonei no website da empresa pela estampa “Rope Works”, com cabo dobrável automático para levar dentro da bolsa (mas há um outro modelo “stick”, não dobrável e longo, que penso deve ser pouco prático para carregar). Preço:  59,95, e vem com uma capinha protetora. Como o guardachuva tem um lado mais curto para captar a direção do vento, a promessa é de que a visão do usuário não fica bloqueada. Plus: protetores arredondados paras as extremidades (proteção aos olhos dos passantes) e bloqueio dos raios UV. Garantia de dois anos. O produto já ganhou diversos prêmios internacionais de design e inovação.

dsc_9196

A experiência: 

O guarda-chuva que comprei pela website senz.com chegou pelo correio bem rápido, dois dias depois (com exceção dos EUA e Japão eles entregam no mundo inteiro, e não só na Holanda. Entregam no BR, claro, com um custo de envio). Fiquei um pouco surpreendida com a cor, pois no website da senz° o Rope Works me parecia azul escuro, com a estampa de cordas em cor amarelo escuro / dourada, bem “navy”. E o produto que recebi em casa era de cor roxa escura e a estampa das cordas, branca. Tinha ficado um pouco em dúvida entre essa estampa e o Ship Shape, bem masculino. Mas não me arrependi da escolha, o Rope Works é lindo, e continua sendo meu favorito.

Capinha: bem resistente, com alça, e com instruções de uso em inglês, alemão e francês. Descrição na garantia de resistência a ventos de até 80km/h, proteção contra raios UV UPF50+ (Ahn? Não sou asiática para ter que abrir sombrinha e me proteger… Sol na Holanda??? rs) e validade de 24 meses.

dsc_9197

Sim, o senz° abre e fecha rapidamente, com um toque apenas. Quando fechado, você ainda tem que forçar um pouco para ele ter o tamanho reduzido e assim caber na capinha. A sensação imediata quando tirei da embalagem é de um produto sólido, aerodinâmico, e bem estilosão. O fato de ter uma parte mais longa, oferece proteção não só à cabeça mas também à quem carrega bolsa ou sacola ao longo do corpo. Gostei muito! Levou um tempinho para eu me acostumar a não segurá-lo com as mão serradas. Basta segurá-lo frouxamente com uma mão, que ele mesmo se ajusta à direção do vento.

dsc_9179

Mesmo aqui na Holanda, o guarda-chuva chamou atenção. Algumas pessoas estranhas sorriam para mim quando reconheciam que eu estava com um senz°. Cool ! (Fotos acima e abaixo: arquivo pessoal)

dsc_9184

Maridão também testou por uns dias e aprovou o senz°. Até topou posar de modelo para o blog.

O veredicto:

 59,95 pode ser caro para um guarda-chuva (bom, há modelos de senz° à venda a partir de €34,95, e outros até mais caros que o meu) . Mas o senz° não é um guarda-chuva comum. Não tinha comprado anos atrás (o produto existe desde 2007, creio) porque estava esperando o senz° tornar-se mais e mais popular aqui na Holanda e ter o preço reduzido. Enfim, cansei de esperar e ter vários guarda-chuvas entortados/quebrados que não prestam para nada e resolvi me dar esse objeto de presente agora no outono. Qualidade tem um preço, fato. Em dias de previsão de chuva, levo o senz° sempre comigo. E até quando estou na bike em movimento dá para abri-lo e dirigir a bike com uma mão só, já que é automático e você apenas aperta um botão e “blam!” ele abre; e outro aperto no botão e “blam!” ele fecha (você pode comprar no http://www.senz.com um acessório extra para adapta-lo ao guidão da sua bike, veja foto abaixo retirada do website da empresa).

blog-sens

Ainda é cedo para dizer se ele vai aguentar 2 anos de uso intenso. No entanto, se você busca um guarda-chuva da melhor qualidade, muito prático, e resistente a enguiços, esse senz° é definitivamente top de linha. Meu veredito: Aprovadão.

Até o próximo post pessoal ! Tot de volgende keer!

_____________

Ana Fonseca é míope e portanto odeia chuva. Para ver fotos dela e dos outros autores no Instagram apenas clique aqui (e nos sigam, tá?). Para acompanhar atualizações da página do BZ no Facebook também é grátis, basta clicar aqui e lembrar de seguir-nos. Twitter? Clique aqui. Agradecemos. Se quiser participar como autor(a) com textos mensais no BZ envie um e-mail para a administração: blogbrasilcomz@gmail.com contando resumidamente sua biografia e motivação. Blog Brasil com Z, um blog feito por brasileiros expatriados dos quatro cantos do mundo!

7 Comentários leave one →
  1. Ana cecília permalink
    08/11/2016 9:41

    Se eu compro uma sombrinha aqui no Brasil, dura no máximo 5 chuvaradas, e olhe lá. Esse senz deve ser bom para o meio ambiente, pois não é descartável. E a gente daqui fica com vontade de comprar, lógico!! Um investimento p durar anos… Tava demorando criarem algo melhor e totalmente funcional. Tão diferente.
    Amei a estampa na cor roxa!
    O q significa senz?

    • 08/11/2016 16:36

      Oi, agradeço pelo comentário. No papelzinho que vem junto com o guarda-chuva disseram que 1.100.000.000 são jogados fora no planeta todos os anos. MAIS DE UM BILHÃO. Aqui tem sombrinha descartável a partir de 4 – 7 euros. Dão raiva. Os guarda-chuvas grandes também entortam. Então é melhor investir em algo que te dê garantias e é fruto de pesquisa tecnológica.
      Humm, não sei o que significa a palavra. O guarda-chuva “sente” (capta) a direção do vento, deve ser isso. Senses.

  2. Monica Pinho permalink
    08/11/2016 10:55

    Achei bárbara a idéia e assim que puder pretendo experimentar. Fico em Paris alguns meses no ano. Tem lugar melhor pra testar isso? 😂😂😂😂

  3. Arlete permalink
    08/11/2016 16:25

    Por esse preço a gente só não pode se permitir esquecer no trem ou no ônibus. 😀

Trackbacks

  1. Design holandês: o guarda-chuva senz° | Brasil com Z | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: