Skip to content

Inverno na Europa: dicas para superar a parte mais difícil de morar fora do Brasil

10/11/2016

bz_espanha Manaira Araújo – Madrid, Espanha

O inverno está chegando nos países do hemisfério norte e certamente esta é a parte mais difícil da adaptação para nós brasileiros (exceto para os do sul do Brasil). Este vai ser o meu segundo inverno na Europa  e confesso que continuo sem estar preparada.

Ano passado, não vi muita neve na capital espanhola, mas cheguei a sair de casa para ir trabalhar várias vezes com temperaturas negativas, o máximo foi -8º. Isso é pouco para quem vive mais para o norte de Madrid, da Espanha e da Europa de modo geral, mas para mim foi bem difícil. Sou de Belo Horizonte, em Minas Gerais, e por lá a noite mais fria do ano costuma chegar a 10º. Como sofri muito com o frio de Madrid, gostaria de deixar algumas dicas para quem vai passar o inverno na Europa ou em outras regiões com temperaturas próximas ou abaixo de zero.

inverno europa madrid temperaturas baixo de 0

No inverno, a temperatura de Madrid costuma ficar entre 0º e -6º

Dicas para superar o inverno na Europa

Roupas para inverno na europa

Casaco, cachecol e touca são indispensáveis para sair de casa.

Roupas em capas:  Ter um bom casaco é importante para sair de casa, mas ele deve estar acompanhado de outras peças não tão friorentas por baixo.  O melhor é colocar várias capas de roupas para ir tirando ou colocando dependendo dos lugares que você for passar, principalmente se for usar o transporte público. Existem muita diferença de temperatura entre rua, estação de metro/trem, vagão do metro trem, bares, restaurantes, lojas, escritórios e residências.

Luvas, toca, cachecol e protetor de orelha: Eu nunca tinha usado esses acessório antes de vir para a Europa, mas eles são realmente necessários. Colocar a mão no bolso não adianta! As luvas de lã, são mais baratas, mas são as de couro que melhor mantêm o calor da suas mãos. Tampar o pescoço e os ouvidos também é muito importante. Em qualquer loja ou posto de rua você encontra esses tipos de acessórios por preços acessíveis. Quem estiver ou pasar por Madrid e quiser comprar luvas, toca, cachecol e/ou protetor de orelha  recomendo ir comprar na feira aberta El Rastro, no bairro La Latina. O passeio é legal e os preços também.

Roupas térmicas: Existem modelos de calças e blusas térmicas que ajudam a manter o calor sem ter que colocar muita roupa ou roupa muito pesada. Elas ajudam muito principalmente para quem mora em casa sem aquecimento (ou onde o aquecimento é elétrico e não dá para usao o tempo todo, pois a conta sai caríssima). Roupa de modo geral em Madrid não é muito caro, mas a Primark tem várias lojas pela cidade – e pela Europa – e os preços de agasalhos e pijamas são ótimos.

Calçado adequado: Sentir frio no pé é horrível! Eu não consigo ficar confortável se o meu pé não estiver quentinho. Botas e tênis de cano alto são os mais indicados. Madrid não tem muita neve, mas para quem tiver em algum cidade com mais esse agravante além do frio,  o melhor é sapatos com solados estriados e com material impermeável. neese caso, não tem muito jeito, o melhor é pagar um pouco mais caro e ter um sapato por muitos anos.

Calça Jeans: No Brasil a gente usa jeans o ano inteiro, faça frio ou faça calor. Em países muito frio, é melhor não usar calças e jaquetas deste tecido. O vento e o frio entram e o corpo fica gelado! No inverno, eu só uso calça jeans quando coloco uma meia calça por baixo.

Alimentação saudável: De modo geral, a alimentação espanhola é bem saudável, mas em Madrid, principalmente no inverno, os pratos costumam ser mais calóricos e gordurosos.  Sem falar que a maioria dos vegetais não são de temporada fria e ficam bem mais caros. Não deixe de comer frutas e verduras. Sopa ou creme de vegetais são  excelentes opções para um jantar mais leve no inverno.

Atividades físicas: Por mais difícil que seja, não deixe de fazer atividade físicas. Você vai ver que tem muita gente não liga para o frio e continua fazendo correndo nas ruas e nos parques durante o inverno na Europa;  mas para quem não está acostumado, academias e outros locais fechados são a melhor opção.

Tapete na sala e na beira da cama: Em casas com piso de cerâmica, super recomendo ter um tapete na sala e também nos quartos, na beira da cama, para evitar a friagem nos pés.

Pele hidratada: Madrid tem o clima muito seco, por isso é muito importante manter a pele sempre hidratada, tanto do corpo quanto do rosto. E não se esqueça dos lábios! Isso vale pra homens também!

Não deixe de sair: Aqui as pessoas não deixam de sair porque faz frio. Mesmo no inverno, os bares e o centro da cidade continuam cheios. Até mesmo porque o centro de Madrid fica muito iluminado e colorido com a decoração de Natal. Nada como sair e se mover, ficar em casa vai fazer você sentir ainda mais frio… Taí a prova de que frio é psicológico!

inverno europa madrid

As ruas de Madrid continuam cheias de gente durante o inverno e a decoração de fim de ano é linda.

Espero que estas dicas para superar o inverno na Europa tenham sido úteis para você, principalmente se este for o seu primeiro inverno fora do Brasil.

Se você tiver alguma outra técnica para não passar frio, compartilhe com a gente!

____________

Manaira Araújo é mineira, trabalha na área de marketing digital e atualmente mora em Madrid. Para saber mais sobre ela clique aqui. Siga a nossa página no Facebook para saber mais sobre dicas de turismo e viagens clicando aqui. Vejam fotos da Manaira e dos outros autores do BZ seguindo nossa conta do Instagram. Estamos também no Twitter. 

28 Comentários leave one →
  1. André Fernandes permalink
    14/12/2015 8:44

    Oi Mainara,
    Muito legais as dicas acima. O meu “choque” na Suíça foi com o clima seco, minha mão e dedos queimaram com o frio.

    Para os suíços, o inverno ainda não começou… e já estou correndo e andando de bicicleta com não mais que uns 5ºC pela manhã. Pelo menos aqui, pode ir pra rua as 4h da mnhã e nunca se vê rua vazia.

    Como sou do sul, tô mais acostumado com o frio, mas a calefação faz muita diferença. Claro que no norte e no Leste da Europa é muito mais frio.

    • Manaira Araújo permalink
      14/12/2015 19:09

      Oi André, O aqui também é seco, mas frio dai é bem pior mesmo… Boa sorte quando chegar o inverno!

  2. 14/12/2015 8:58

    Ótimas dicas ! Ninguém deixa de sair porque está gelado. Confesso que me adaptei já ao frio a ponto de se tiver que sair de casa por uns minutos (para levar a lixeira para a rua, para perguntar algo aos vizinhos, manobrar o carro, botar as bicicletas na garagem, retirar forlhas secas da porta de entrada…) vou do jeito que estou em casa. Saio de sandália de dedo, blusa de manga curta, bermuda. Depois fico com aquela dor de garganta…

    • Manaira Araújo permalink
      14/12/2015 19:08

      Nossa Ana, como você pode sair de sandália, camiseta manga curta ou bermuda?! Eu ainda não acostumei… Sinto frio mesmo com 13 graus…

      • 14/12/2015 22:19

        Todo mundo aqui faz isso, mas rápido. Tipo, puxar a caçamba de lixeira da rua para a frente da casa. Se alguém vier puxar papo, você dá um corte e diz que tem que entrar e bate papo depois. Volta e meia eu vejo os vizinhos jogando pó de cafe nas plantas em pleno janeiro, com calça curta e pantufas ou sandálias. Ou indo dar uma chamadinha nos gatos, de bermuda e camiseta.

      • Manaira Araújo permalink
        17/12/2015 19:31

        Acho que nunca vou chegar nesse nível… kkk

  3. christyanne permalink
    14/12/2015 9:20

    Pois é Manaira só quem mora fora sabe que para um brasileiro o frio pode ser bem desagradável. Incluso dizem que o período de adaptação são de 2 anos!!! Eu moro desde 2013 aqui na Espanha e ta custando me acostumar viu? rsrsrs. Obrigadissima pelas dicas, quem dera Se em 2013 eu tivesse essas orientações; não tinha passado tanto frio hehehehehe. Um abraço desde Murcia!!

    • Manaira Araújo permalink
      14/12/2015 19:06

      Oi, Christyane, vivendo e aprendendo… Também passei um bons sufocos antes de aprender coisas básicas, como roupas em capas! Estou completando 2 anos aqui e ainda não acostumei também! 😦

  4. 14/12/2015 10:07

    Muito legal!!!!
    Mas mesmo pra mim, que cresci no calor de Governador Valadares e Ipatinga (eu nasci em Sampa, filho de pai e mãe mineiros e, morei em Sampa a maior parte do tempo), o frio é mágico e muito agradável para mim. Simplesmente adoro!
    Aqui no Japão, as quatro estações são bem distintas entre si e, literalmente, cada uma faz jus ao seu nome.
    Em Tóquio, onde morei muitos anos, o calor é muito semelhante ao de Manaus, não tão quente a ponto de chegar a 47ºC como passei no Amazonas, mas é quente e úmido (em japonês dizemos “mushiatsui”), com temperaturas chegando facilmente em 38ºC. Eu quando saía de casa para o trabalho, levava uma toalha de mão molhada, para ir refrescando o calor e eliminando o suor do rosto, chegava no escritório com ela já seca.
    Aqui onde moro, no inverno, é comum ter em média 40 cm de neve com extrema facilidade. Houve dia que cavei quase um um metro cúbico para tirar o carro do estacionamento, e outro metro cúbico para colocar no estacionamento do prédio onde moro.
    Mesmo assim, eu amo o inverno.
    Meus primos lá em Goval e Ipatinga, não entendem como posso gostar tanto do inverno. Mas, eu não gosto mesmo é do calor!

    • Manaira Araújo permalink
      14/12/2015 19:05

      Oi Anderson, que sorte que você gosta do frio! Eu gostaria de viver só na primera e no outono… Mas prefiro o verão antes que o inverno!

  5. JanaLeal permalink
    14/12/2015 18:53

    A melhor forma de se acostumar com o frío é usar a menor quantidade de roupa possivel e manter os pés quentes e secos. Um bom abrigo e alguns acessórios. Estou há mais de 20 anos na Espanha e já enfrentei temperaturas de -10 graus baixo zero e posso contar nos dedos de uma mão os resfriados que tive.

    • Manaira Araújo permalink
      14/12/2015 19:03

      Jana, a dica do pé quente é realmente importante! Obrigada!

  6. 14/12/2015 20:50

    Oi Manaira, as dicas são muito boas mesmo. Interessante é que o frio não foi um problema no começo pra mim, pelo contrário. Achava muito legal usar sobretudo, bota, touca, luvas e ficava empolgada com a neve nas ruas, isso durou uns quatro anos seguidos. Há 7 anos morando na Suíça, percebo que já começo a ficar triste quando vai acabando o verão e conto os dias pro inverno acabar. Mas acho que mais por conta da neblina e da falta de sol do que pelo frio mesmo. Um dia frio, com neve mas bastante sol é muito bonito e gostoso.

    • Manaira Araújo permalink
      14/12/2015 20:58

      Oi Arlete, que sorte que foi fácil para você! Aqui o verão é muuuuito quente, mas prefiro. Os dias frios com sol e céu azul realmente são lindos! Mas a neve eu deixo para você…

  7. 14/12/2015 22:15

    Quando eu fecho os olhos e me mudo mentalmente para o mundo ideal… ele tem tem 25C o ano inteiro, chove pouco, não venta, e não tem pólem no ar. De vez em quando eu fecho os olhos e me mudo para lá.
    Agora, vc falou que calça jeans não é ideal. Os holandeses acham calça jeans ideal para o inverno. Quando não dá mais mesmo de tanto frio eu uso uma meia calça de nylon por baixo, mas odeio. Que tecido para calça seria o mais ideal então ? O que vc usa ???

    • christian permalink
      14/12/2015 22:24

      esse mundo ideal existe…. o noreste !!!! 🙂

  8. christian permalink
    14/12/2015 22:17

    vc nao è preparada? Eu nasci e cresci em Europa….e ainda , a cada inverno amaldiçôo esse frio!!!!!! kkkkkk
    Pode so imaginar a dificultade e a sufranca pra os brasileiros(do norte
    especialmente) com esse frio

    • 15/12/2015 8:03

      Não sou do norte do Brasil e estou preparada para o frio holandês. Não curto muito chuva e frio, mas também não sofro com o clima… só com o pólem na primavera 😦

      • Manaira Araújo permalink
        17/12/2015 19:30

        Ana, Aqui também tem pólem na primavera e é horrível! 😦

    • Manaira Araújo permalink
      17/12/2015 19:32

      Christian, é difícil mesmo… Bom saber que não sou só eu! Boa sorte nste inverno! Pelo menos por aqui ainda não fez muito frio. 😉

  9. 16/12/2015 3:49

    Ótimas dicas, Manaira! É isso aí mesmo… Não tenho nada a acrescentar quanto ao que fazer no frio… Mas vou falar sobre o que não fazer. Aprendi no susto, rs. Um dia, enquanto ainda morava na Itália, fui com minha família passar um fim de semana em Bologna. Nevava muito! Caminhamos bastante pela cidade e, depois de algumas horas, meus pés não aguentavam mais o frio, apesar das meias grossas (no plural mesmo, eram dois pares) e das botas de solado também grosso. Voltei para o hotel e fui na hora por um pouco de água quente na banheira. Enfiei meus pés gelados na água quente e fiquei ali alguns minutos. Em vez de alívio, senti uma dor horrível. Meu marido, que é europeu, fez ‘tsk, tsk’ e disse que a gente nunca deve fazer isso porque queima. Vivendo e aprendendo, rs! Abraços.

    • Manaira Araújo permalink
      17/12/2015 19:29

      Olá Sheila, vivendo e aprendendo! Obrigada pela dica! Ficar com o pé gelado é mesmo horrível! 😉

  10. Geraldo permalink
    17/12/2015 19:00

    Valeu pelas dicas interessantes. Viajo próxima semana parta fazer um intercâmbio em madri por 6 meses. Vou tomar meu curso de espanhol em Madri e estou com medo do frio pois é a primeira vez que vou pegar temperaturas baixas. Aqui no Rio de Janeiro as temperaturas são extremamente altas e quero me adaptar muito ao frio para não sofrer com as temperaturas. Vou estudar numa escola no centro da cidade e espero conhecer muito da cidade e quem sabe assistir um jogo do real no Bernabéu. Achei a escola interessante por ter a possibilidade de completar o curso de espanhol em Barcelona e Málaga. Dica da escola: http://www.sprachcaffe.com/portuguese/study_abroad/language_schools/madrid/main.htm . Estou super ansioso para conhecer o friozinho europeu. Muito manero suas dicas e tirou um pouco do meu medo de viver sozinho aí

    • Manaira Araújo permalink
      17/12/2015 19:28

      Oi, Geraldo! Que legal que o post foi útil para você. Seja “bienvenido”. Chegando por aqui dá um toque pelo meu blog e combinados de nos encontrar! 😉

  11. Regina permalink
    26/04/2016 0:34

    ola Manaira
    Gostaria de te pedir uma ajuda – como faço pra encontrar uma pessoa que mora ae na Espanha? Ela era dançarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
    Sei que se chama Rose foi pra Espanha na década de 90, o pai se chama Wilson.
    O pai era dono de uma casa de show no Rio de Janeiro, é de uma grande necessidade que procuro esta pessoa. Caso de doença na família dela, perdi o contato.
    Grata

  12. 26/04/2016 19:18

    Olá, Regina, Não sei como funciona… recomendo que você entre em contato com o Consulado da Espanha no Brasil e veja o que pode ser feito. Boa sorte!

  13. Everton permalink
    28/09/2016 17:16

    Olá Manaira,
    Sou aqui de São Paulo e gostaria muito de conhecer Madrid com a minha noiva, só que minhas férias são em Fevereiro, e é bem no Inverno…será que vamos passar muito frio? teria alguma dica de lugares para nos passar?
    Obrigado
    Ótimas dicas acima …

  14. 29/09/2016 15:59

    Oi, Everton, tel várias atividades legais para o inverno em Madrid e nas cidadezinhas próximas. Além de ir ser ótimo para visitar museus, aqui perto tem várias estações de esqui. 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: