Skip to content

Cometendo gafes linguísticas na Espanha

17/11/2016

bz_espanha Míriam Horta – Espanha

Gafes. Para muitos, uma coisa normal, que acontece ou pode acontecer com todo mundo. Só que não. Para mim, é justamente o contrário. Algo “anormal”, que chama a atenção dos demais justamente pela sua estranheza e inconveniência.

Por temer esses momentos, sempre tentei me prevenir dessas roubadas. Como boa virginiana que sou (imcompreendida por muitos), com antecedência preparava minhas viagens de modo que não tivesse problemas com possíveis imprevistos, como mudanças de data, trajetos, reserva de hoteis, transportes, câmbios climáticos, tipos de comida, cultura. Sempre perdia um tempo em investigar previamente todos os detalhes. Afinal, ainda é melhor que remediar.
blog-esp
Não me lembro especificamente de nenhuma gafe cometida por desinformação do lugar, onde ir ou onde não ir, gafes com a comida …tirando uma vez que comi rã na França porque não entedia o cardápio e achei bonitinho o nome “grenouille” (rã, em francês), não me lembro de ter confundido muito as coisas.

As minhas maiores gafes e que não tem remédio de prevenção são relacionadas com a língua! Ah…os idiomas. Quando era pequena me rebelei bem com as propostas da minha mãe que queria que eu estudasse todas as línguas possíveis e que me tornasse diplomata, não lhe fiz muito caso. Consegui terminar meu curso de inglês aos 18 anos e olhe lá.
O resultado disso é que, quando vou tentar falar inglês, misturo as palavras em espanhol! Tudo junto misturado! Fica lindo e pareço uma débil mental tentando me concentrar ao máximo para soltar a frase inteira e na língua certa.
Isso porque estou vivendo em Barcelona e pratico bem meu espanhol, todos os dias. O que não me faz escapar das gafes cometidas nesse tema. Outro dia entrei na farmácia e em vez de pedir um “colutório bucal”, pedi um “locutório bucal”. (Locutório é uma loja de serviços, normalmente telefônicos). Fazia muito mais sentido para mim, pois a palavra locutório é espanhola, eu aprendi e, resolvi usar naquele momento. Mais inoportuno impossível.
Mundspülung und Zahnbürste
Un colutório bucal = un enjuague bucal 
Também me aconteceu na fila da sorveteria. Costumo pedir: “uma casquinha de uma bola, por favor”. Em espanhol seria: “um cucurucho con una bola, por favor”. Na minha frente da fila, havia um pai com 2 bebês, muito atrativo por sinal, moreno alto e pude perceber que era brasileiro. Na hora dele fazer seu pedido, escutei ele pedir, ao invés de “cucurucho” (para mim, uma palavrinha bem feia), ele pediu um “cono”. Pensei, olha esse brasileiro como fala bem! Ele sabe que existe uma palavra alternativa para a estranha “cucurucho”. Lá fui eu imitar e pedi por engano: “Un coño de chocolate” (se pronuncia “conho” e significa, o orgão sexual feminino!). Bueno, a risada na fila foi geral e a minha vergonha também…
blog-cuurucho
Cucuruchos =  conos
E quando a moça me chamou de “chata”? Até eu descobrir que “chata” aqui era afetuoso…foi bem incômodo. Não sabia o que dizer. Também fiquei um tempão sem entender porque os espanhóis respondem sempre ao contrário quando se despedem. Eu dizia: “hasta luego” e eles respondiam “adios”. Automaticamente eu mudava e na próxima despedida era eu que dizia: “adios” e a pessoa respondia “hasta luego”! É que, simplesmente, é assim que se faz. E pronto! É um jogo de palavras, se eu te digo “hasta luego”, você me responde “adios” e vice versa.
Também ja troquei bastante as palavras “presupuesto” (orçamento) e “por supuesto” (claro, certamente), que tem significados completamente diferente e, quando trocadas arrancam a risada alheia.
Ser viajante é passar o ridículo e aceitar que as gafes são sim muito “normais” e pode passar com qualquer um, por mais prevenido que seja.
Fico aqui pensando… Como será quando eu começar a aprender catalão?
____________
Miriam Horta tem longa carreira como publicitária em São Paulo e mora há alguns anos em Barcelona, casada com um catalão. Veja fotos da Míriam e dos outros autores do BZ nos seguindo no Instagram. Fique ligado nas atualizações do blog seguindo nossa fanpage no Facebook e nosso Twitter. Quer participar do blog Brasil com Z? Envie uma mini-bio e sua motivação para: blogbrasilcomz@gmail.com Agradecemos! 
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: