Skip to content

Murga e o carnaval uruguaio

27/02/2017

 
Barbara Basso – Mundo

 

Você sabia que o carnaval uruguaio é, oficialmente, o mais longo do mundo? Dura 40 dias e arrecada mais dinheiro do que o futebol em todo o ano, no país 😉

E qual é o segredo do sucesso do carnaval deles? Bom, no Uruguai eles não têm escolas de samba. Mas têm murgas, comparsas, humoristas, parodistas. Eles têm tambores, música com descendência afro. Não têm desfile de rua, mas têm um carnaval de palco que se apresenta pelos bairros de Montevidéu (em palcos montados para o carnaval) e, principalmente, têm um “Teatro de Verano”, que é o lugar mais legal que já vi pra espetáculos ao ar livre (e é onde acontecem os eventos carnavalescos mais importantes – eu fui lá pra ver a prova de admissão do carnaval 2010 e o concurso de “murga joven”)!

Explicando um pouquinho:

Murga

É um grupo de entre 15 e 20 e poucas pessoas (originalmente só homens… hoje algumas murgas têm mulheres… e tem até murga só de mulheres) que faz algo entre música, teatro, humor, crítica política e social… O ritmo da murga é conhecido como “marcha camión” – ou, como dizem os Autenticos Decadentes, “tu-ta tu-ta” 😉 É formada por um coro que canta (com arranjos de vozes muito legais!), atua, faz solos, piadas, críticas (em geral sao relacionadas com política e acontecimentos sociais do país)… e também por 3 músicos (bumbo, tarol e pratos) e um que conduz o coro (e toca violão).
blo-murga

A atuação da murga sempre gira em torno de algum tema que pode variar entre coisas tão aleatórias como extra-terrestres, vida após a morte, time de futebol, ursinhos “gummy”, etc. (mais ou menos como o samba-enredo das escolas de samba). Para apresentar esse “tema”, eles usam músicas próprias, roubam pedaços de músicas conhecidas, fazem paródias, imitam personagens famosos, falam mal do governo, fazem pequenas “sketchs”… A apresentação tem uma ordem (sempre tem uma música de entrada, a parte de atuação e uma música de despedida que eles saem cantando e o povo levanta e aplaude/canta/sai atrás deles).

blog-murga2

Os integrantes da murga usam maquiagem, fantasias, etc. de acordo com o tema. E a cada ano, assim como as escolas de samba, a murga cria uma apresentação nova, que estréia no carnaval. E assim como o carnaval das escolas de samba, tem jurados que dao notas pra diversos quesitos da murga e há sempre uma vencedora do carnaval (e, claro, há musicas que ficam famosas e que todo mundo conhece – assim como o “explode coração”).

Para conhecer algumas murgas: A contramanoAgarrate CatalinaContrafarsa

PS: a explicação aqui corresponde à murga no Uruguay… na Argentina, na Espanha e possivelmente em outros países de colonização espanhola também há murga, mas funciona diferente…

Lubolos

Além das murgas, também tem os “lubolos” – que são grupos que tocam “candombe” (musica com influencia africana, de tambores. Algo como o que se encontra no nordeste do Brasil), dançam e cantam. Os lubolos têm humoristas – que também cantam e atuam como as murgas, mas que não tem a riqueza musical delas, sendo mais focados na parte das piadas e atuação; e os parodistas – que são ainda mais escrachados que os  humoristas… e que além das piadas, também fazem coreografias (e eles não têm musicas próprias – as coreografias usam músicas que já existem) e desculpem os que gostam, mas pra mim parece uma coisa meio “Backstreet Boys”.

blog-lubolo

Eu, que gosto de conhecer as manifestações culturais dos diferentes países que conheço, tentei me dedicar a conhecer um pouco da riqueza carnavalesca uruguaia. Pena que quando realmente começou a “movida” carnavalesca, tive que ir embora do país…

_____________

Siga o blog Brasil com Z no Facebook, Instagram e Twitter. Blog Brasil com Z, um blog coletivo feito por expatriados dos quatro cantos do mundo!

11 Comentários leave one →
  1. 04/03/2011 14:29

    Que legal! Aqui em Buenos Aires também tem murgas, mas andam caidinhas… na época da ditadura o governo acabou com o feriado de carnaval. O carnaval só voltou a ser feriado neste ano.

    Beijos

    • Barbara Basso permalink
      04/03/2011 14:36

      Ah, agora é feriado de novo?
      Lembro que quando passei o carnaval em Buenos Aires (em 2004), não era feriado e as murgas estavam fazendo manifestações pelas ruas da cidade, pedindo que voltasse a ser feriado… parece que conseguiram então 😉

      beijos!

  2. Ministério da Saúde permalink
    04/03/2011 19:37

    Olá, blogueiro(a)!

    Já assistiu a versão exclusiva da música “Minha mulher não deixa não” feita pelo Reginho, em parceria com o Ministério da Saúde para esse carnaval?
    Confira e divulgue em seu blog: http://bit.ly/i29Rzi. Seja nosso parceiro e utilize seu espaço para lembrar a galera do Carnaval #comcamisinha.

    Para saber mais sobre a campanha, acesse: http://www.camisinhaeuvou.com.br
    Siga-nos no Twitter e fique por dentro: http://www.twitter.com/minsaude
    Mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou http://www.formspring.me/minsaude
    Obrigado,
    Ministério da Saúde

  3. 04/03/2011 19:52

    Nunca poderia imaginar isso do Uruguay, um “carnaval” de 40 dias. Me parece mais teatro popular, satira, algo bem europeu.

    • Barbara Basso permalink
      15/03/2011 16:51

      Anita
      Eu acho que as murgas devem ter mesmo muita influência do teatro popular europeu… porque são, sim, uma coisa bem teatral! 🙂

    • 10/04/2012 2:57

      Exato Amanda, as murgas têm tradição espanhola…daí que o carnaval é tão longo.

  4. amanda permalink
    13/03/2011 21:25

    Muito legal, eu vivi lá até meus 12 anos de idade e digo que é bem assim mesmo.
    Tem (pelo menos tinha) uns blocos de rua que saem bagunçando… Mas as murgas são muito legais, tipo stand up. rsrs

    • Barbara Basso permalink
      15/03/2011 16:52

      Que legal, Amanda!
      Eu queria ter tido a oportunidade de ver todo o concurso de murgas… pena que tive que voltar ao Brasil antes de chegar a época de carnaval… ainda vou voltar algum dia pra ver 😉

    • 10/04/2012 2:57

      O concurso de murgas nem vale a pena, é pura política, mas “Las llamadas” sim! é coisa fina.

  5. 10/04/2012 2:54

    O quê??? que no Uruguai não temos escola de samba?…se informe cara!, porque tem sim!..tem Urusamba, Imperatriz, Asabranca, Viramundo, Bonabara, Unidos do Norte!..todas de Montevidéu e desfilam todos os anos. Aliás, no interior, no departamento de Artigas tem muitas outras de maior tamanho. É bom saber também que a Murga segue uma tradição espanhola misturada com candombe e humor uruguaio, mas o samba feito aqui no uruguai só segue a tradição carioca. Morô?, e é composto por uruguaios.

  6. 03/03/2017 14:47

    Bom dia!

    Muito bom, amei. Aliás, sempre visito suas postagens e admiro muito, meus parabéns!
    Continue sempre assim…

    Bjos,
    Mônica Almeida Kranie

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: