Pular para o conteúdo

Começando uma vida na Áustria

27/02/2018

 Elieser Borba – Áustria

Olá, leitores do Brazil com Z! Me chamo Elieser Borba e começo hoje no blog. Sou carioca, assistente social, escritor independente, artista plástico e atualmente vivendo na Áustria.

Viena. Fonte: Pinterest

Fui marinheiro durante quase dez anos de minha vida, o que gerou em meu íntimo um sentimento de não-fixação de raízes à lugares e pessoas. E, muito embora tivesse o sonho de um dia morar no exterior, não imaginava o que a incrível e transitória roda da vida reservava para mim.

Minha história com a vida em outros países teve início há treze anos quando ainda era estudante de Serviço Social na PUC-Rio. A Universidade em questão tem um amplo trabalho ligado à intercâmbios internacionais, e conheci uma estudante inglesa que realizava uma pesquisa sobre Direitos Humanos no Rio de Janeiro e na América Latina. A moça me convidou para ser seu auxiliar de pesquisa e em minha primeira viagem para fora do Brasil acompanhei ela até a Argentina para o desenvolvimento de um trabalho com as Mães da Praça de Maio. Permanecemos em Buenos Aires por alguns meses, e após meu retorno acabamos por nos apaixonar.

Me vi estudando inglês e me colocando à ponderar como seria a vida fora do Brasil, sendo que um dia isso seria um quadro lógico dentro desta possibilidade. Estivemos na Inglaterra por diversas vezes, principalmente em férias, mas o trabalho dela no Brasil e a crise que explodia na Europa impossibilitava pensar que seria interessante para um casal jovem fixar moradia e intencionar uma vida por lá. Há cerca de três anos atrás acabamos por nós separar. Comecei a trabalhar no Instituto Reação, ONG do Judoca Flávio Canto na Gávea, e um dia optei fui até o bar de um grande amigo. Logo quando cheguei no local ele me recebeu com o caloroso abraço de sempre e um pedido de ajuda, pois tinham duas moças que segundo ele eram “americanas” e era impossível para ele que não fala inglês atendê-las. Me prontifiquei em ajudar, e no fim da história acabei aos beijos com uma das meninas que não era americana e sim austríaca e hoje é minha esposa.

Estou vivendo na Áustria há uns nove meses. Ainda não exerço atividade laborativa formal, mas tenho produzido bastante como artista, o que tem gerado uma pequena renda. Na Áustria, a situação relativa à trabalho é muito interessante e não faltam oportunidades, mas é bastante condicionada ao domínio do idioma alemão. O país que eu só tinha conhecido vagamente em uma das ocasiões em que os amigos de minha esposa me enviaram de surpresa para ela no Natal de 2016 é muito agradável, predominantemente bucólico e a natureza emana de absolutamente todos os cantos. Vivemos numa cidadezinha em Burgenland, um dos nove Estados que compõem o país. A cidade fica à aproximadamente 20 minutos de trem da Capital Viena e ainda faz fronteira com a Eslováquia, Hungria e República Checa.

Muito embora a questão do idioma seja um dificultante como mencionei anteriormente, existe um ponto interessante a ser destacado: em situações ligadas à permanência na Áustria por reunião familiar é possível eliminar a prova de proficiência da língua por dois anos e adquirir a permissão para ficar no país e trabalhar caso o postulante tenha um diploma de nível superior qualquer. Isso tem me ajudado para poder seguir com minha família, estudar e buscar me aprimorar tanto no domínio da língua quanto ao conhecimento da cultura local. Considero o sentimento relacionado à “falta da pátria” como sendo algo muito subjetivo, e confesso ainda não sentir tanta falta do Brasil. Cada caso referente a mudança de país denota uma preferência, sonho ou circunstâncias de vida que nós levam para baixo de outros céus, mas por hoje eu diria que não tenho mais terra para deixar meus ossos!


___________________

Eliezer Borba é carioca e escritor independente. Para saber mais sobre ele, visite a mini biografia. Sigam-nos no Facebook, Instagram e Twitter para atualizações diárias sobre turismo, viajar e morar no exterior. Blog “Brasil com Z”, um website feito por brasileiros vivendo nos quatro cantos do mundo!  

2 Comentários leave one →
  1. 28/02/2018 2:29

    Herzliche Wilkommen! Bora estudar alemão. Tamo junto 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: