Recentemente, tive um casal de amigos brasileiros na minha casa. Para encerrar os passeios deles pela Holanda, decidimos na sexta-feira pela manhã leva-los a Alkmaar para ver o famoso mercado de queijos da cidade. Passeio obrigatório para quem está pelo norte da Holanda!

Alkmaar fica a uma hora de trem saindo da Estação Central de Amsterdã. De carro é super rápido, e fácil para achar estacionamento grátis fora do centro. Indo a pé para o centro da cidade, já dá para ir vendo o transporte de queijos dos produtores pelos canais.

Canal de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Canal de Alkmaar, Holanda

Canal de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Canal de Alkmaar, Holanda

Alkmaar tem um pouco mais de 100 mil habitantes e é bem fácil de achar seu caminho pela cidade. Várias marcas holandesas como Sissy-Boy, Dille & Camille e muitas outras estão pelo centro, muito bem preservado e agradável, com várias ruas livres de carros. A cidade tem 399 monumentos públicos registrados, então prepare-se para olhar para cima e para muitos detalhes arquiteturais. Lojas de antiguidades, bares e restaurantes também não faltam.

Arquitetura cidade de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Arquitetura cidade de Alkmaar, Holanda

O mercado de queijos começa em abril e vai até setembro, na praça “Waagplein”. É toda sexta-feira, de 10h – 12h30. É um dos quatro mercados tradicionais ainda existentes na Holanda, e repete todo um procedimento que remonta há séculos: exibição dos queijos de diferentes produtores, negociação dos preços dos queijos (na base do grito e palmas com as mãos), e carregamento para pesagem. Durante a chegada dos imensos queijo à praça, uma guia turística explica todos o processo em várias línguas (holandês, alemão, inglês e espanhol ou francês). Moças em roupas tradicionais e carregando bolsas oferecem saquinhos com queijos para os turistas. Meus amigos optaram por sacolinhas a 10EUR, com queijo, faquinha, geleia, mostarda e uns crostinis. Basta fazer um sinal e ela vem mostrar os produtos e interior das sacolinhas. Meus amigos acharam o preço razoável e compraram duas sacolinhas.

Mercado de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Mercado de Alkmaar, Holanda

Mercado de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Mercado de Alkmaar, Holanda

Ali na praça é possível ver toda a ação num telão. No final, o órgão da igreja é tocado ao vivo – dá para acompanhar num telão também.

Mercado de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Mercado de Alkmaar, Holanda

Ali mesmo fica o Museu do Queijo, com uma lojinha maravilhosa onde você pode comprar cervejas, souvenirs, acessórios de cozinha… Nem precisa visitar o museu, a “lojinha” é na verdade bem grande e satisfaz plenamente sua curiosidade.

Museu do Queijo de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Museu do Queijo de Alkmaar, Holanda

Museu do Queijo de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Museu do Queijo de Alkmaar, Holanda

Como já disse acima, o que não falta em Alkmaar é clima de festa durante o mercado. Pelas ruas dá para comprar muita coisa em barraquinhas: comida como mini panquecas, peixes do Mar do Norte, sanduíches, roupas…

Ruas de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Ruas de Alkmaar, Holanda

Estátua na rua em Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Estátua na rua em Alkmaar, Holanda

A boca dessa boneca era tão beijada (!) por adultos e crianças que estava polida e com uma cor diferente do resto da estátua. Aaaaargh!

Estátua na rua em Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Estátua na rua em Alkmaar, Holanda

Chapéus tradicionais como dos carregadores de queijos também estão à venda.

Chapéus tradicionais dos carregadores de queijo, Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Chapéus tradicionais dos carregadores de queijo, Alkmaar, Holanda

Verse haring (Prato tradicional de peixe - Herring), Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Verse haring (Prato tradicional de peixe – Herring), Alkmaar, Holanda

Verse haring (Prato tradicional de peixe - Herring), Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Verse haring (Prato tradicional de peixe – Herring), Alkmaar, Holanda

Depois de andarmos pelas barraquinhas e lojas da cidade, decidimos almoçar por Alkmaar mesmo. Queríamos ainda visitar duas outras cidades nas redondezas e precisávamos comer. Na praça onde meia hora atrás acontecia a exibição de queijos agora estava totalmente limpa e tomada por mesas, cadeiras, garçons e sombrinhas gigantes. Decidimos ir de sandubas com fritas de batata doce (tá na modinha), wraps e cervejas holandesas, claro. Meus amigos tinham ido à Jopen de Haarlem e não hesitaram em pedi-la.

 

Hamburger tradicional de Alkmaar, Holanda @blogbrasilcomz

Hamburger tradicional de Alkmaar, Holanda

Há outras cidades onde é possível visitar mercados de queijos, tão tradicionais como esse de Alkmaar: Edam, Gouda, Hoorn e Woerden. Conheço Edam (cidade fofolete) e Hoorn (grande), vale a pena visitar o mercado por lá também. Recomendo.

SERVIÇO: https://www.kaasmarkt.nl/en

 

Queijos em Alkmaar @blogbrasilcomz

Queijos em Alkmaar Imagem de Ingrid Bischler por Pixabay

 

(Todas as fotos desse post: arquivo pessoal Ana Fonseca – com exceção da foto apanhada no Pixabay)

E aqui aproveitamos para anunciar que o blog Brasil com Z sai de férias de verão. Voltamos em setembro com mais postagens, fotos e novidades. Sigam-nos e convidem seus amigos para acompanhar-nos!

Tot ziens!