Pular para o conteúdo

Duomo de Milão: Um Fantasma e a primeira Estátua da Liberdade.

21/10/2018

Carolina Martins – Milão, Itália

Ciao! Sou fascinada por histórias de terror, curiosidades e obras de arte. Sempre me interesso em saber essas curiosidades e acho que isso sempre transforma os lugares em mais que apenas monumentos, quadros ou uma boa foto. Aqui hoje, conto um pouco sobre o Duomo de Milão e o porque dele ser o ponto central da cidade.

DSC01722

O nome Duomo vem do latim domus (casa) e é a casa de Deus, a igreja mais importante de uma cidade. O Duomo nasceu entre 1386 e 1387, onde o Arcebispo Antonio da Saluzzo projetou uma nova catedral, que ficaria no lugar da Igreja de Santa Maria Maggiore e seria dedicada a Santa Maria Nascente, que é a Madonnina, estátua banhada a ouro que se pode ver de longe em cima do Duomo brilhando e cuidando de todos nós na cidade.

O Duomo é absolutamente a Igreja perfeita para a capital da moda que é Milão, toda ornamentada, foi pensada para ser feita em tijolos, mas o projeto foi alterado para ser feita toda em mármore branco-rosa de Candoglia. Na verdade o projeto foi alterado algumas vezes (acho que valeu muito a pena) tanto que sua fachada fica pronta quase 500 anos depois! Sendo o Duomo usado para a coroação de Napoleão Bonaparte como Rei do Reino de Itália em 26 de maio de 1805.

Mesmo demorando meio milênio para ficar pronta, existem desde 1900 obras de restauração no Duomo, com a limpeza dos mármores e vitrais que duram até hoje. As vezes tenho a impressão que o Duomo nunca vai ficar pronto, eles vivem retocando.

DSC01698

Ele conserva um dos 3 pregos sagrados da cruz de Jesus, umas das relíquias mais importantes do cristianismo (considerando que pelas igrejas do mundo existem mais de 20 pregos). Esse prego fica na abside da catedral, onde uma luz vermelha o identifica. Todos os anos, no segundo sábado de setembro, o Cardeal Arcebispo de Milão sobe dentro de uma estrutura em formato de nuvem, prega o prego e desce, deixando-o exposto por 2 dias para a nossa admiração.

Falei que o Duomo é todo ornamentado. Bom, toda semana passo por ele e não tem uma vez que não acho uma coisa nova. Ele tem o maior número de estátuas em uma Igreja, sendo 3.400 delas, 135 gárgulas e outras 700 figuras. É impossível ver tudo de uma vez. Sempre me pego perguntando, aquilo estava ali da última vez? Como nunca vi isso?

DSC01724

Existe até uma Estátua da Liberdade “original”, que fica na fachada do Duomo. Seu nome é “La Legge Nuova” (A Nova Lei) e é muito mais refinada que a famosa americana, construída em 1810, cerca de setenta anos antes. Segundo especialistas serviu sim de inspiração para a de Nova York. Eu não tinha reparado nela até uns 6 meses depois que cheguei aqui e ela fica bem em cima do portão central (veja na foto acima, à esquerda).

Schermata-2018-10-17-alle-16.42.56

Além da “Estátua da Liberdade” algumas outras estátuas são super interessantes e chegam a ser bizarras, como as estátuas de dois pugilistas, um pequeno dragão, uma raquete de tênis e uma das mais famosas, a de São Bartolomeu Apóstolo, muitas vezes confundida com “um homem musculoso”, na verdade é a escultura dele sem pele, símbolo de seu martírio (foto acima).

Mas porque existem imagens estranhas e não apenas religiosas?

A lenda diz que numa noite fria de inverno, Gian Galeazzo Visconti, que era o senhor de Milão na época, estava dormindo tranquilamente em sua cama quando de repente, junto com um grande cheiro de enxofre, o diabo apareceu. Galeazzo estava compreensivelmente assustado. O diabo ameaçou o poderoso lorde de levar sua alma para o inferno e, como única forma de escapar, fez com que ele prometesse construir uma Igreja em Milão, que além de imagens de madonas e santos, fosse também rica em imagens do senhor do mal. Isso explica o porque de tantas imagens bizarras espalhadas pelo Duomo.

DSC01728

Uma outra coisa interessantíssima que se encontra logo na entrada, no chão, são todos os signos do zodíaco que formam um calendário solar. Do lado direito, no teto, é possível ver um minúsculo furo por onde a luz do sol ao meio-dia entra, marcando no chão o período do ano. Ele servia também para regular os relógios da cidade.

Schermata-2018-10-17-alle-16.46.45Para mostrar como o Duomo foi pensado para ser sempre o centro da cidade, até os anos 60, com a construção da sede da Pirelli na frente da Estação Central, nenhum prédio poderia ser mais alto que a Madonnina. Hoje em dia alguns prédios são mais altos, isso não é mais uma regra, e apesar do Duomo não ser o mais alto, ainda mantém a original idéia de ser o centro da cidade.

Mas voltando ao aspecto macabro dele, que eu adoro, é preciso dizer que o Duomo tem um fantasma! Sim, dizem que aconteceu a vários fotógrafos tirar uma foto de um casal após a cerimônia de casamento na porta do Duomo e, em seguida, ver atrás deles uma mulher desconhecida vestida de preto.

O fantasma se chama Carlina, que ao casar, vem a Milão passar a lua de mel, mas se sente mal por ter se entregado a um estrangeiro loiro e estar grávida. Decidida a não contar nada a seu marido, se sentindo em culpa, se joga do telhado do Duomo, sumindo na névoa. Infelizmente não tenho uma foto dela, pois passei minha lua de mel em Roma por garantia.

Bom, esses são alguns dos motivos que transformaram o Duomo na minha casa, sempre que viajo ou fico alguns dias sem vê-lo me bate uma saudade, e preciso sair correndo assim que chego pra ver a Madonnina brilhando, aquela praça linda na frente, os turistas, as esculturas, a vista para a Galleria Vittorio Emanuele e todo aquele clima de elegância que poucos lugares no mundo tem.

DSC01705

Ciao, e até a próxima postagem – quando vou falar aqui sobre uma viagem que fiz para fora da Itália.

________________________

Carolina Martins é paulistana e mora atualmente em Milão, onde estuda confeitaria. Para saber mais sobre ela acesse aqui a mini biografia. Mora no exterior, gosta de escrever e quer concorrer a participar do blog “Brasil com Z” como autor ou colaborador? Seja ousado como a Carolina e envie-nos um e-mail contando sua motivação, interesses e disponibilidade: blogbrasilcomz@gmail.com  Para mais informações acesse aqui. Blog “Brasil com Z”, um blog feito por brasileiros morando nos quatro cantos do mundo! Sigam-nos no Facebook para atualizações diárias, e no Instagram para ver as fotos da Carolina e de outros autores. Agradecemos! 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: