Luciana R.
Colaborando de Roma, Itália

A pizza al taglio (literalmente: pizza ao corte/pizza aos pedaços) seria o equivalente da “pizza ao quilo”. E existem pizzarias especializadas quase que exclusivamente em pizza al taglio. Normalmente a gente entra, escolhe o sabor que quer, o balconista mostra mais ou menos onde ele vai cortar a pizza, e daí é só dizer: “”um pedaço maior” (un po’ di più), “um pedaço menor” (un po’ di meno), ou “tá bom assim” (va bene cosi).

Outro dia estava conversando com meu marido, e refletindo sobre as nossas andanças e comilanças pela Itália, chegamos à conclusão que esse tipo de atividade de “pedacinhos de pizza” reina em sua maioria na cidade de Roma ou Centro-Sul. Talvez porque a cidade seja muito turística, com a presença de muitos estrangeiros e estudantes, três categorias que sempre estão em busca de comida boa, “bonita” e barata.

Normalmente as pizzarias a quilo de bairro vendem uma variedade de sabores mais tradicional: tomate e mozzarella, cogumelo, pizza de tomate, pizza bianca (pizza “branca” é somente a massa da pizza cozida e temperada com azeite e sal, normalmente a gente usa para rechear e fazer sanduíche ou para substituir o pão), pizza de batata, pizza de abobrinha e algumas já recheadas, como por exemplo, pizza com espinafre.

Já muitas lojinhas que se encontram em bairros mais turísticos procuram sofisticar mais e apresentar uma maior variedade de sabores: berinjela, camarão, tomate com molho picante, com salames picantes, abobrinha e provolone, gorgonzola, com mozzarella de buffala e até recheada com Nutella.

E se a pizza já estiver meio fria, normalmente eles perguntam se a gente quer que dê uma esquentadinha.

As minhas escolhas, em ordem de preferência são:

  1. Zazà – Site: http://pizzazaza.com/ – Está localizada pertinho do Pantheon e a 2 minutinhos da Piazza Navona. Para completar, atravesse a rua e tome um café no Bar Sant’Eustachio.
  2. Forno Roscioli Via Dei Chiavari, 34 – Fica entre Via Arenula e Campo dei Fiori. Forno em italiano também significa Padaria. Essa padaria faz os sabores tradicionais: margherita (tomate e mozzarella), rossa (“vermelha”: somente ao tomate), pizza de batatas e uma ou outra que não me lembro. Deliciosa! A padaria está sempre cheia e a cada 5 minutos sai uma pizza fumegante.
  3. Pizza Art – Via Arenula 75/76 – Fica entre Campo dei Fiori e Gueto Ebraico de Roma. Essa pizzaria já saiu até em uma resenha gastronômica do Jornal do Brasil, porque me parece que o pizzaiolo deu cursos para vários pizzaiolos brasileiros Ele ganhou o concurso como “o melhor pizzaiolo da Itália” em 1997, e desde então já venceu outros prêmios e teve vários reconhecimentos.

Bom Apetite!