Renato Alves
Orlando, Estados Unidos

 

Levou um tempo para eu entender que os americanos na sua maioria preferem uma American Pie a um pudim de leite condensado. É cultural. Assim como nós crescemos com o nosso brigadeiro, pudim de leite ou bolo de cenoura, certas sobremesas aqui são clássicas e não adianta querer mudar ou apresentar algo que “você” acha que é melhor ou mais gostoso.

Não é que outro dia eu estava pesquisando blogs de culinária brasileiros e li em um deles a respeito do filme “Waitress” de 2007. Achei estúpido o título do filme. Quem assistiria a um filme que se chama “Garçonete”? Bom, eu resolvi dar uma chance e assisti. O filme todo mostra a protagonista resolvendo a sua vida enquanto faz, pelo menos, umas 12 American Pies. Fiquei com água na boca literalmente e tive um desejo irresistível de comer uma torta daquelas. Seu eu fosse mulher acharia que estava grávida.

Perguntei ao povo daqui de casa qual a American Pie preferida ao que, unânimemente eles disseram: “Blueberry Pie“. Me danei pro supermercado atrás dos ingredientes, como sempre uma aventura. Nunca eu tinha ouvido falar de Blueberries (mirtilo em Português) e honestamente, não dá pra descrever o sabor. Não parece uva nem amoras, não tem o sabor de nada que eu tenha esperimentado na minha vida.

Com a receita nas mãos me aventurei na cozinha, inclusive fazendo a massa que eu peguei no blog da “Joy the Baker”. Ninguém acreditou que eu ia fazer a torta “from scratch”. Pra quem não sabe, from scratch é a receita inteira feita manualmente. From scratch aqui é coisa de gente corajosa ou que tem muito tempo (como eu). Dá pra se comprar a massa pronta, inclusive o recheio, montar tudo em 10 minutos e assar…mas vem cá, isto pra mim é “cheating” (roubar – como roubar no jogo). Eu que venho de uma família de cozinheiros e tenho um irmão que  é chefe de cozinha na TV no Brasil, seria uma vergonha comprar tudo pronto e só montar.

Pra você ter uma idéia de como o “from scratch” aqui é coisa de heróis, a Louise, dona da casa onde eu moro, tem 65 anos e nunca fez uma massa sequer de American Pie na sua vida. Desde garota, comprava já a massa pronta.

Durante o jantar eu já avisei a todos para deixar espaço para a sobremesa. Ai ai ai será que ficou boa? Parti a torta e distribuí. Ouvi “a melhor Blueberry Pie que já comi na vida” de todos e sinceramente, ficou uma delícia. Nem precisa dizer que todo “Thanksgiving” estou intimado a fazer a sobremesa preferida desse feriado que é a Blueberry Pie.

A receita completa com instruções  e fotos do processo todo você encontra no Um Brasileiro na Terra do Tio Sam, clique aqui.