Skip to content

Bye Bye Miss American Pie

12/04/2011

Renato Alves
Orlando, Estados Unidos

 

Levou um tempo para eu entender que os americanos na sua maioria preferem uma American Pie a um pudim de leite condensado. É cultural. Assim como nós crescemos com o nosso brigadeiro, pudim de leite ou bolo de cenoura, certas sobremesas aqui são clássicas e não adianta querer mudar ou apresentar algo que “você” acha que é melhor ou mais gostoso.

Não é que outro dia eu estava pesquisando blogs de culinária brasileiros e li em um deles a respeito do filme “Waitress” de 2007. Achei estúpido o título do filme. Quem assistiria a um filme que se chama “Garçonete”? Bom, eu resolvi dar uma chance e assisti. O filme todo mostra a protagonista resolvendo a sua vida enquanto faz, pelo menos, umas 12 American Pies. Fiquei com água na boca literalmente e tive um desejo irresistível de comer uma torta daquelas. Seu eu fosse mulher acharia que estava grávida.

Perguntei ao povo daqui de casa qual a American Pie preferida ao que, unânimemente eles disseram: “Blueberry Pie“. Me danei pro supermercado atrás dos ingredientes, como sempre uma aventura. Nunca eu tinha ouvido falar de Blueberries (mirtilo em Português) e honestamente, não dá pra descrever o sabor. Não parece uva nem amoras, não tem o sabor de nada que eu tenha esperimentado na minha vida.

Com a receita nas mãos me aventurei na cozinha, inclusive fazendo a massa que eu peguei no blog da “Joy the Baker”. Ninguém acreditou que eu ia fazer a torta “from scratch”. Pra quem não sabe, from scratch é a receita inteira feita manualmente. From scratch aqui é coisa de gente corajosa ou que tem muito tempo (como eu). Dá pra se comprar a massa pronta, inclusive o recheio, montar tudo em 10 minutos e assar…mas vem cá, isto pra mim é “cheating” (roubar – como roubar no jogo). Eu que venho de uma família de cozinheiros e tenho um irmão que  é chefe de cozinha na TV no Brasil, seria uma vergonha comprar tudo pronto e só montar.

Pra você ter uma idéia de como o “from scratch” aqui é coisa de heróis, a Louise, dona da casa onde eu moro, tem 65 anos e nunca fez uma massa sequer de American Pie na sua vida. Desde garota, comprava já a massa pronta.

Durante o jantar eu já avisei a todos para deixar espaço para a sobremesa. Ai ai ai será que ficou boa? Parti a torta e distribuí. Ouvi “a melhor Blueberry Pie que já comi na vida” de todos e sinceramente, ficou uma delícia. Nem precisa dizer que todo “Thanksgiving” estou intimado a fazer a sobremesa preferida desse feriado que é a Blueberry Pie.

A receita completa com instruções  e fotos do processo todo você encontra no Um Brasileiro na Terra do Tio Sam, clique aqui.

11 Comentários leave one →
  1. 13/04/2011 7:53

    Eu faco “from scratch” (a partir do zero) mas tambem faco torta de iogurte e torta de Mon Chou (requeijao de barra) a partir da compra de pacote de biscoito ja triturado pronto para a base da torta. O recheio e’ sempre “”from scratch””. Mas acho que nos EUA eles nao fazem nem pure de batata nem sopa from scratch, neam ?
    P.S.: amo tudo com o azedinho do blueberry e todas as frutas vermelhas/azuis e negras em geral. Divino !

  2. sonhosnaitalia permalink
    13/04/2011 11:48

    hummmm fiquei com vontade!! Aqui na Itália se come e encontra bastante o Mirtillo, e acho que tem um sabor bastante próximo da nossa jabuticaba! vou pegar a receita e tentar fazer.. hahah.. adoro cozinhar principalmente doces!! nada como fazer tim tim por tim tim né? sem essa de comprar pronto! bjus

    • RenatoAlves permalink
      13/04/2011 11:52

      Que legal que aí na Itália tem. No Brasil nunca vi. Faz sim é super fácil. A massa demora um pouquinho mas eu vou fazendo outras coisas enquanto a massa descansa etc
      Bjs!

  3. RenatoAlves permalink
    13/04/2011 11:48

    Anita, tem gente que não faz nada from scratch. Os supermercados têm opções de quase “tudo” pronto então algumas pessoas se dão ao luxo de não cozinhar. Eu, como você faço tudo a partir do zero mas para estas tortas com base de biscoito eu compro a base pronta no supermercado hehehehe Pior que é uma delícia e tem de vários sabores, biscoito de chocolate, creme, etc…

  4. 13/04/2011 14:06

    Renato, conta ai, a sua torta é essa da foto da esquerda? Com adereços e tudo? Tem boa pinta, hein? Fiquei com vontade de provar!

    • RenatoAlves permalink
      13/04/2011 17:07

      Sim Glenda, essa torta fui eu quem fiz. Só ficou bonita assim na segunda vez depois que eu assisti a uns videos do Youtube kkkk

  5. Eliane A. Borgert-Sbrizza permalink
    14/04/2011 0:23

    Ahh! fala serio, acho que vc foi a alguma confeitaria (em algum supermercado) e tirou a foto…
    Brincadeira!!! Ficou muito bonita! Da de dez a zero em muito chef por ai. Manda um pedacinho aqui pra Mass pelo correio pra eu experimentar, quem sabe eu passo a gostar da Brazilian-American Pie.
    Das tortas americanas eu gosto de “pumpkim pie” e “apple crisp”. Tem um tal de Boston Cream Pie que tbem e muito bom.
    No inicio da vida de casada eu ate fazia umas comidas brasileiras, mas o meu “Bostonian” nao gostou muito, dai desanimei.
    Essa de ficar muito tempo na cozinha tbem nao e pra mim.
    Acho que vc deveria ir pro “Le Cordon Bleu”.

    • RenatoAlves permalink
      14/04/2011 0:33

      Eliane kkkkk
      Em casa sempre fomos de cozinhar. Minha avó portuguesa, minha mãe e os quatro meninos sempre na cozinha. Um de meus irmãos é chefe de cozinha no Brasil e trabalha na Band no programa da manhã.
      Cozinhar pra mim só pra eu os meus comerem…restaurante? Jamais! Sabe a loucura que é isso??? Cozinha pra mim é pra desestressar não pra ficar estressado! Não suporto o programa Hell’s Kitchen! kkkkkkk
      Abs!

  6. Leti - Suíça permalink
    14/04/2011 7:20

    Oi Renato

    Que legal esse post.

    Entendo exatamente quando vc diz sobre essa coisa dos doces ser cultural.
    Uma vez fui a um aniversário e levei brigadeiro e beijinho. Ninguém deu bola, fiquei frustrada. Depois fiz bolo de cenoura e torta de limão, adaptados ao sabor suíço (muito menos doce que no Brasil) e foi um sucesso.

    É muito engraçado, tenho percebido que durante esse tempo que vivo aqui, meu paladar também tem mudado.

    Ahá! Quando vc disse que é irmão de um chefe de cozinha que tem um programa de tv, não foi muito difícil adivinhar qual era olhando pra sua foto e sabendo que vc é de SP. Eu gostava muito do Receita Minuto (acertei?), pelas receitas práticas e sem complicações.

    A sua torta parece que ficou muito boa. Pelo jeito o dom está no sangue mesmo.

    Abraços!

    • RenatoAlves permalink
      14/04/2011 13:25

      Leti
      É assim mesmo né? Outras coisas não dá pra entender. Levei pudim de leite de chocolate com nozes em uma festa de ano novo desapareceu em 5 minutos, nem eu pude provar. 3 dias depois levei em outra festa de ano novo, ninguem deu muita bola. Aqui em casa ninguém gosta de flan (pudim), se eu fizer tenho que comer inteiro heheh
      Sim, você acertou. é o receita minuto sim. Meu irmão é o André Meana. Todo mundo pensa que é o Daniel porque somos carequinhas. kkkkkk
      Abs!

  7. Juliana permalink
    03/06/2011 16:33

    Aqui no Brasil eu encontrei as bases pronta no supermercado. São da marca Salsa e Merengue (http://www.salsaemerengue.com.br/) também tem da marca http://www.motherspie.com.br/. Inclusive parece que vendem através da internet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: