Skip to content

Curtindo o verão em Zurique

14/09/2015

bz_suica

Arlete Dotta – Suíça

Pra quem tem medo dele ou não curte muito o frio, pode ser uma experiência muito legal passar o verão aqui na Europa. Nem todos os anos as temperaturas passam com frequência dos 35º C na Suíça como aconteceu neste, mas isso pode ser uma vantagem pra nós brasileiros que queremos fugir um pouco do calor tropical.

Aqui vão algumas dicas pra quem estiver passando por Zurique de junho a agosto.

"Praia suíça" no lago de Zurique

“Praia suíça” no lago de Zurique – Arquivo pessoal

Um dia à beira do lago
É „O programa de verão“, seja pra suíços, estrangeiros, alternativos, idosos, jovens ou crianças. O gramado em torno do lago de Zurique e tantos outros da cidade vira uma praia onde as pessoas tomam sol, fazem churrasco (os visitantes trazem as próprias churrasqueiras ou se dividem sem problemas usando as churrasqueiras públicas), praticam esporte, brincam, etc. Dependendo da agenda cultural da cidade se pode assistir a shows, festivais diversos, curtir música de rua, cinema a céu aberto, etc.

Piscinas públicas
Em Zurique existem muitas piscinas públicas, algumas são inclusive à beira do lago. A entrada custa em torno de CHF 10,00 e geralmente tem um restaurantezinho ou um quiosque dentro. Fazer um piquenique entre um mergulho e outro também vale pra quem não está a fim de gastar muito. Geralmente são duas ou três piscinas, trampolim de mais de um andar e um entorno repleto de árvores e um gramado bem cuidado. Algumas poucas são abertas só para mulheres, uma tradição antiga que dura até os dias de hoje.
As piscinas públicas cobertas podem ser uma boa para os dias nublados ou chuvosos e algumas têm inclusive sauna (atenção para o horário de funcionamento e dias abertos só para mulheres). Informações aqui (só em alemão)

Passeios de barco

schiffzvv

Foto: ZVV

Passear de barco, saborear um bom jantar ou um delicioso sorvete e relaxar curtindo a paisagem dos alpes. As possibilidades são várias. Desde jantares e festas temáticas (que podem custar em torno de CHF 50,00 por pessoa) até passeios mais curtos pela companhia de transportes públicos (CHF 4,00) podem proporcionar uma experiência legal com lindas fotos de recordação. Informações aqui

Bicicletas grátis
Um tour de bike pela cidade? Sim e ainda por cima, grátis!
Seguir as ciclovias pelas ruas ou pelos parques, se perder e se encontrar de novo, parar pra curtir alguns lugares únicos e matar a sede em uma das fontes da cidade é uma delícia num dia de verão ensolarado. Mais detalhes

Festivais, cinema a céu aberto e muita música

Theaterspektakel

Theaterspektakel em Zurique – foto: Roland zh, Wikimedia Commons

Durante o verão tem sempre alguma atração cultural pra aproveitar, entre eles estão festivais de diversos tipos. Alguns dos mais famosos e gratuitos são Theater Spetakel (teatro e outros tipos de espetáculos de palco), Caliente (festa latina com diversas atrações e comidas típicas), Street Parade (a maior festa tecno do planeta), etc. Os cinemas a céu aberto (Open Air Kino) pode ser uma opção pra quem procura um programa mais tranquilo, a programação fica afixada em vários pontos da cidade. Curtir música legal e dos mais variados estilos, é praticamente possível por toda a cidade, principalmente a noitinha, quando músicos de rua se apresentam em vários cantos de Zurique. Agenda de eventos

Quando a noite cai

Zurique a noite

Zurique a noite – Foto: Andyindia, via Wikimedia Commons

Um simples passeio a noite pelas ruas da cidade pode levar a lugares únicos. Tanto pelo centro antigo, quanto à beira do lago ou do rio Limmat, existem muitas opções pra curtir uma noitada em Zurique.
Uma vista do alto e panorâmica pode ser apreciada do alto da colina Lindenhof. A noite vale a pena pela bonita iluminação da cidade.
Guia de restaurantes, bares e clubes
Lindenhof no Tripadvisor

Interessado em história?
Existem tours grátis (feitos por voluntários) e pagos guiados a noite ou durante o dia pra quem quer saber mais sobre fatos marcantes e lugares pitorescos da cidade. Como eu nunca fui a um, não posso dizer se são bons ou não, mas o TripAdvisor recomenda.
Tours pagos
Tours gratuitos (gorjetas são bem-vindas)

Nos dias chuvosos ou nublados
Uma mudança no tempo sempre pode acontecer, mas nem por isso você vai ficar sem ter o que fazer.

Visitas às estações Zürich HB e Stadelhofen

Estação central de Zurique - Zürich HB

Estação central de Zurique (Zürich HB) – Foto: Josef Moser, Wikimedia Commons

Pra quem gosta de arquitetura e arte pode ser interessante visitar as estações de trem Zürich HB e Stadelhofen que ficam no centro de Zurique. A arquitetura externa da estação Stadelhofen, por exemplo, foi projetada pelo artista e arquiteto espanhol Santiago Calatrava (Site: https://pt.wikipedia.org/wiki/Santiago_Calatrava). Na estação central (Zürich HB), às quartas-feiras de manhã tem uma feira de frutas, verduras, comidas e produtos tipicos, além de outros eventos no decorrer do ano.

Tomar um café num lugar diferente

Bar e Café Odeon - parte da história da cidade

Bar e Café Odeon: parte da história da cidade – Foto: Otto Normalverbraucher, via wikimedia commons

Que tal um cafezinho no Cabaret Voltaire onde nasceu o Dadaísmo? Ou no legendário Café Odeon onde estiveram entre outros Albert Einstein, James Joyce e até Lenin? Um lugar cheio de charme e história localizado na praça Bellevue, perto da estação Stadelhofen.

Museus
Pra quem quiser saber mais sobre a história da Suíça, o museu nacional fica bem ao lado da estação central. A entrada custa CHF 10,00.
Para amantes da arte, a visita ao Kunsthaus é grátis às quarta-feiras (para a exposição permanente). O museu abriga, entre outras, obras de Picasso, Monet, Chagall, Mirò, Van Gogh, Cezanne, Dali, etc.

Domingo no parque

Platzspitz nos dias de hoje e a torre do museu nacional ao fundo

Platzspitz nos dias de hoje e a torre do museu nacional ao fundo – Foto: Roland zh, via Wikimedia Commons

Logo ao lado do museu nacional e da estação central, está o parque Platzspitz, muito bom pra um passeio agradável no coração de Zurique e ao lado do rio Limmat, com muita história pra contar, pois num passado não muito distante ficou conhecido internacionalmente como o Niddle Park (Parque da Seringa). Por conta da „tolerância“ aos usuários de drogas por parte de policiais e autoridades políticas, o parque foi, durante a década de 80, ponto de encontro tanto de dependentes quanto de traficantes. Hoje em dia a história é outra e passear por lá não oferece risco nenhum. Mais sobre a história do Platzspitz nos anos 80.

Mais dicas
ZürichCard – Adquirindo o cartão pode-se usufruir do transporte público sem pagar nada a mais se tem acesso à muitas atrações grátis ou com desconto. Pode ser válido por 24 horas (CHF 24,00) ou por 72 horas (CHF 48,00)

Albergue da Juventude Wollishofen – Uma alternativa de hospedagem com conforto e qualidade, apesar da simplicidade, e bem perto do lago de Zurique. Diárias a partir de CHF 40,50 em quartos coletivos de 6 camas.

Onde comer – Comer é uma coisa cara na Suíça, como já mencionei neste post aqui sobre Berna. A alternativa pra quem quer gastar pouco e gosta de fazer pique-nique é ir aos supermercados que têm uma vasta escolha tanto em sanduíches e saladas, quanto comidas quentes durante o horário de almoço. A rede de supermercados Migros ainda conta com alguns restaurantes self-service com preços mais em conta que a maioria dos restaurantes da cidade.

Passagens de trem e avião – Quanto maior a antecedência da compra, melhor o preço. A companhia aérea Swiss tem vôos sem escala de São Paulo para Zurique. Pelo fato da Suíça estar bem no meio da Europa, fica muito fácil visitar os vizinhos Itália, Alemanha e França de trem.
Swiss: http://www.swiss.com/de/pt
Companhia Suiça de trens SBB: http://www.sbb.ch

Pronto, é isso! O post ficou maior do que eu imaginava e eu ainda poderia citar muitos outros points interessantes. Pra quem quiser saber mais, é só perguntar.

________________

*Arlete Dotta, desde 2009 vive cercada pelos Alpes, na Suíça, para saber mais sobre a autora clique aqui.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: