Skip to content

“Broodjes” Holandeses

28/09/2016

bz_holanda Ana Fonseca – Holanda

A cultura de comer pão para o almoço é bem forte no norte da Europa. Minha nossa, como esse pessoal come pão! Tem gente que come até pão puro o dia inteiro, desses de forma, fatiados. Eu vejo gente comendo fatias de pão no ônibus, no trem, na mesa do trabalho…

Sanduíche na Holanda é chamado de “broodje” (“pãozinho”). O mais popular e barato sem dúvida é o de queijo (“kaasbroodje”) que pode ser salada (alface com pepino) com a fatia de queijo holandês. As opções de queijo são Jong (semelhante ao nosso queijo prato) ou Oud (maturado).  Basicão assim, olha:

blog-broodje-kaasbroodje-2

Ou nos supermercados e lojas de departamentos você encontra como um retângulo de massa folhada com queijo derretido (veja foto abaixo). Tem gente, principalmente os vegetarianos, que comem praticamente todo dia da vida um sanduíche de queijo. Eu também como com frequência um kaasbroodje. Na rua prefiro algo mais elaborado. Mas eu casa, com exceção de sábado e domingo, eu como quase todo dia um de queijo: Oud (maturado) ou Jong (fresco e amanteigado) ou Brie, Camembert, de cabra (geitenkaas) ou uma bola de Mozarella com tomate. A Holanda é um país bem internacional e facílimo adquirir queijos italianos ou franceses (ou gregos como feta) por aqui.

blog-broodje-kaasbroodje

De massa folhada também temos o broodje frikandel. Nem me perguntem do que é feito a salsicha do frikandel… leva restos de órgãos de frango, porco, carne de cavalo… Eu não como. Esse broodje frikandel vem com um molho de ketchup ou curry. Veja aqui abaixo:

blog-broodje-frikandel

Um “broodje”(pronuncia-se mais ou menos como “brôudie”) muito popular é o recheado de um croquete de carne grande frito, com ou sem mostarda. Chama-se broodje kroket. Eu acho realmente muito pesado.

Broodje kroket sandwich

Há muitas opções de pães com peixes também, cozidos ou grelhados, e que os holandeses adoram: arenque, bacalhau, macarel, mexilhões empanados fritos, camarão rosado cozido, salmão… molhos: ravigotte, remoulade, alho, rosé, dille, ervas finas. Esses visbroodjes são os meus favoritos. Podem ser com ou sem salada + ovo cozido fatiado. E até pickles de pepino e cebolinha cristal. Um festa! São mais para um sábado ou quando se tem tempo de preparar algo em casa no fim-de-semana. Aliás, sábado é um dia que muitos holandeses da geração passada só comem peixe e pão o dia inteiro, sem nenhuma refeição quente.

Num quiosque de rua a média dos preços é mais ou menos a seguinte: Broodje haring (arenque): 2,50€; broodje makreel (cavala/cavalinha): 3,50€; brodje zalm (salmão): 4,50€

blog-broodje-visbroodjes

De cima para a direita, em sentido horário: Salmão com pepino em conserva, camarão com alface, paling (enguia), e sanduíche de arenque cru com cebola.

blog-broodje-ovo

Acima, foto da revista Allerhande, feita e distribuída nas lojas da cadeia de supermercado Albert Heijn. O sanduíche da foto é de pão integral, salmão, ovo, rabanete, aipo, creme de leite e raiz-forte. 

Até as revistas grátis com receitas, feitas e destribuídas por supermercados, sempre apresentam receitinhas loucas de sanduíches. Com coisas mais elaboradas, como hambúrguer de atum ou siri, salmão gravlax com beterraba, legumes tailandeses, etc.. Ou então sanduíches para as crianças montarem e ficarem mais independentes dos pais, experimentarem coisas novas, com ingredientes secretos, para ficar forte (espinafre), molho cor-de-rosa (cream cheese com suco de beterraba), etc. Só que até hoje nunca descobriram a fórmula secreta para fazer o molho do Krab Burger do Bob Esponja. Isso não.

blog-bob2

Principalmente nas cidades costeiras da Holanda, há lindas lojas com vitrines de peixes cortados e muito arrumados, prontos para o consumo. Você pode levar embrulhado ou pedir um sanduíche para comer ali mesmo. Onde eu mais gosto de fazer isso é em Egmond aan Zee e na ilha de Texel. Mas claro que você acha também lugares muito bons (cafés/restaurantes) em Haia, Rotterdam, na praia de Scheveningen, Noordwijk, etc.

blog-viswinkel

Foto via: viswinkel.nl

blog-viswinkle-2

Outra loja de peixes para levar ou comer alí sentado, num sanduíche: De Kuyper, na cidade podre de chic Wassenaar. Vai ver, tem até caviar. Sei lá. Foto via devisspecialist.nl

Então, fica a dica: quando na Holanda, experimente comprar um sanduíche de peixe em quiosques/trailers perto de estações de trens ou em cafés e bares. Ou melhor: pãozinho de Ômega 3, ha!

______________

Ana Fonseca mora na Holanda e faz pão-de-queijo (de polvilho) em casa, no forno, para matar as saudades. Veja fotos dela e de outros autores do blog “Brasil com Z” no Instagram. Sigam-nos no Twitter e no Facebook para atualizações diárias sobre estudar, trabalhar e viver no exterior. Blog Brasil com Z: um blog feito por brasileiros expatriados, dos quatro cantos do mundo!   

5 Comentários leave one →
  1. carlosfernandeschile permalink
    29/09/2016 14:35

    Uma das formas mais ricas de turismo é provar a culinária local. Nunca entenderei brasileiros que visitam um país diferente e a primeira coisa que procuram é um restaurante brasileiro. Mas cada um com seu cada um, né? Sou um fã assumido de supermercado. E visitar supermercados e gastar um bom tempo nele em um país é uma obrigação turística pra mim. Nesse post em específico, não tenha dúvida que encararia alguns “kaasbroodje” fácil.

    • 29/09/2016 15:52

      Carlos, também não entendo brasileiro que acha que só arroz e feijão é comida que sustenta, que não passa sem um feijãozinho… Adoro feijão preto, faço, gosto das comidas brasileiras. Mas há um mundo vasto além disso. Ih, também sou fã de supermercados. Encontro muita inspiração para as comidas que vou fazer durante a semana, só de ir olhando as prateleiras. Mais é porque aqui já vem tudo lavadinho e ensacadinho. E as revistas dos supermercados dão todos os meses mil receitinhas de como combinar em refeições maravilhosas aqueles produtos e quantidades que eles vendem. Cada mês a revista do supermercado A.H. tem um tema: “Bella Itália!”, “Sul-Americano!”, “Tex Mex”, “Vegetariano!”, “Forno!”, “Férias!”, “Tudo Grelhado!”, “Tudo Holandês” “Fiesta Española!” “Äsiático descomplicado”, “Cool California”, “Bistrot Francês”. Assim desse modo lúdico fica interessante você ir testando as coisas.
      P.S.: Experimentar um kaasbroodje é facil e indolor. Quero ver você mandar um arenque crú com cebola pra dentro!

  2. edvanfleury permalink
    30/09/2016 4:15

    Gente eu ia comer todos eles!!!!!

Trackbacks

  1. “Broodjes” Holandeses | Brasil com Z | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: