Skip to content

Mercados de Natal na Alemanha

15/12/2016

bz_holandaAna Fonseca – Holanda & Alemanha

A Holanda durante dezembro tem barraquinhas de guloseimas pelas ruas, bancadas vendendo os famosos oliebollen e patisserias. Mas não tem um mercado de Natal famoso como os da Alemanha ou Inglaterra, ou mesmo como o de Estrasburgo na França. Aqui o forte é a comemoração do Sinterklaas que vai até o início de dezembro. O Natal é uma comemoração menor e o Papai Noel (eles chamam de “Kerstman” – o homem do Natal) um sujeito totalmente desprezado.

Há na Holanda em Maastricht um mercado pequeno e fofo de rua antes do Natal. Isso porque a cidade está no sul do país, em uma área de religião católica e com tradições um pouquinho diferentes da Randstad (Amsterdam, Haia, Roterdã, etc.). Maastricht é linda com pessoas bem vestidas, educadas e muito bom comércio. Sem falar que uma cidade relax onde se come muito bem a preços ótimos. Os holandeses que gostam muito de um mercado de Natal e tem uns diazinhos de férias sobrando vão mesmo é para fora do país (França, Inglaterra, Alemanha).  Colônia, especificamente, tem o maior mercado de Natal de toda a Alemanha e é de longe o mais popular entre os holandeses. Conheço bem a cidade, tendo ido lá a turismo quatro vezes no total e sempre no inverno. Então nesse post dou umas diquinhas de como curtir esse mercado tão especial.

MEMO0061

Todas atrações e facilidades do mercado em Colônia são super bem sinalizada no alto de postes. Todas mesmo ! 😉 

Colonia 9

Colônia desde fins de novembro: Muita opção de comida rústica a céu aberto, desde manhã cedo até bem tarde da noite. 

Se você reservar duas noites em Colônia já dá para ver muita coisa. O óbvio, claro, é ver o mercado de Natal ao redor da imponente, imensa e escura catedral: Dom. Sabe a famosa “água de Colônia”? É mesmo proveniente daqui. O mercado vende muitos cristais, artigos folclóricos de couro e metal, miniaturas, e muita, muita comida. Entupido de gente. Há também muitos presépios grandes pelas ruas e um rinque de patinação no gelo. Mas voltemos ao centro: do lado do Dom fica o excelente Museu Romano Germânico. Lá você pode ficar sabendo mais sobre o passado da Colonia Claudia Ara Agrippinensium. Vasto e bem organizado, visita obrigatória para quem aprecia a antiguidade clássica e como ela se impôs terrivelmente em terras tão distantes de Roma, destruindo grande parte de  culturas tão belas. Há um grande mosaico romano no piso, destaque no museu. Em vários salões interligados, muitos vasinhos, figurinhas, peças em vidro, jóias, esculturas, sarcófagos. Na lojinha do museu você pode comprar reproduções muito bem feitas de algumas peças expostas. Infelizmente a maioria dos livros para adultos e crianças na lojinha é somente em alemão, bem poucos em inglês. E os vendedores entendem inglês mas reagem em alemão. Comprei um vasinho de terracota estilo romano e dois bonequinhos: Asterix para meu filho e Walhala para minha pequena. E comprei mais tarde (quando de volta à Holanda) o livro “Barbarians: An Alternative Roman History” excelente em inglês online, foi o jeito.

P1010781

Um outro museu que vale muito a pena visitar e também te dá um banho de cultura é o museu do… Chocolate ! O caminho até lá é lindo, ao longo do rio Reno e com muitas barraquinhas na porta vendedo licores e mostarda em pasta (o Museu da Mostarda é logo adiante, por sinal), palitos grandes de frutas mergulhadas no chocolate, artigos de pele e couro, produtos orgânicos, artigos de lã e muito mais.

Colonia 6

O Museu do Chocolate tem sempre uma filinha, estejam avisados e cheguem cedo. Junto com o ingresso (preço por adulto: 9EUR, mas há descontos para grupos e famílias com crianças pequenas) você já ganha um mini tabletinho de chocolate. Há uma loja grande com tudo que você possa pensar em termos de chocolate perto da fila de entrada do museu. Não compramos nada pois já tinhamos saboreados os tais palitos de frutas mergulhados no chocolate nas barraquinhas do lado de fora. Bom, o museu: tudo sobre a produção de cacau no mundo, suas origens, muita coisa sobre o México e países produtores dessa matéria prima tão interessante. Esteja preparado para andar muito, subir muitas escadas, tirar muitas fotos, admirar material arqueológico maia / asteca e ver também uma mini fábrica funcionando onde você pode planejar seu chocolate customizado. Sim, você também ganha um biscotinho gratuito para mergulhar numa fonte de chocolate.

P1120758

Loja de chocolates na entrada do Museu do Chocolate, Colônia.

Na saída você pode aproveitar o ótimo restaurante do museu e comer saladas e sanduíches ou fazer como eu com minha família fizemos: comer de novo espetos de chocolates e salsichões grelhados com mostarda em pé no lado de fora. Ou ir até um dos vários bares ao longo do rio e tomar umas cervejas para descansar as pernas. Atenção: os garçons alemães são irritadiços, impacientes. First world problems…  Os garçons que nos trataram super bem eram estrangeiros. Uma moça marroquina numa taverna alemã e um africano num restaurante tradicional, ambos sorridentes, calmos, eficientes, gentis.  Isso te dá uma perspectiva da coisa toda.

Colonia 4

Vai um joelhinho de porco aí ?  

Colonia 5

Carne de javali selvagem: Versátil e especial. 

Colônia tem um segundo mercado mais afastado do centro, o Mercado dos Anjos. Ele é mais silencioso, todo decorado com figuras brancas de anjos e estrelas. E de novo: barracas de comida (pizzas, tortas, sanduíches, salsichões, batatas grelhadas), barracas de acessórios, roupas, decoração, velas, esculturas, etc. Mas achamos o mercado dos anjos uma tre-men-da caminhada a partir do centro. Há a possibilidade de se chegar lá de metrô, mas acho que você tendo pouco ânimo pode até descartar a visita a esse mercado. O do centro de Colônia é mais do que suficiente.

Colonia 8

Barraquinhas de madeira branca e decoração delicada: o Mercado dos Anjos.

Já tendo curtido bem o mercado de Natal e os museus de Colônia, considere visitar a cidade de Achen (a famosa Aix la Chapelle do imperador Carlos Magno). Lá tem um supermercado grande da Lindt onde você pode comprar todo tipo de chocolate a preços módicos. Grande estacionamento, sanitários bem decentes e a própria loja é  branca e simples, sempre muito cheia. Há pacotes de trufas, pralinés, barras de mousse de chocolate branco, chocolates com várias porcentagens de cacau e recheio de laranja, de pimenta, de alfazema, de amoras, de cranberry… Chocolates em latas, em caixas, em pacotes, em sacos plásticos. Dá para se ver que muitas pessoas ali são compradores experientes: se movimentam de modo preciso, rápido, e em silêncio sem hesitar ou ler rótulos. Meu chocolate preferido ? O escuro com recheio de blueberries ou chocolate com grãos de café e baunilha por cima, para comer acompanhado de uma xícara de café com leite. Já deu para ver que não sou muito obcecada por chocolate… Minhas crianças gostam das barras de chocolate branco recheadas de mousse de chocolate branco. Bem macio e aerado, até eu que detesto chocolate branco me derreto. Meu marido é louco por chocolate de qualquer jeito, até combinações bizarras com licores, frutas e lascas de pimentas, típicas da Lindt. Atenção: o chocolate alemão é bem mais fino e gorduroso que o brasileiro (que se parece com o holandês: granuloso e mais compacto).

O centro de Achen é gracinha, com uma igreja linda linda linda no interior. Muitos mosaicos alegres de inspiração oriental no piso e nos tetos. Há um mercado de Natal no centro, bem movimentado e variado mas um pouco menor que em Colônia. Pastelarias-patisserias com biscoitos em formato de coração, bem kitsch. A dica boa é comer nas barraquinhas peixe frito com molho ou uns grelhados de batata (que dica original da minha parte, fala vai !). Visite também o interior dos cafés e bares para degustar umas cervejas e descansar um pouco de tanta animação antes de voltar para casa.

MEMO0070

Conclusão:  se você estiver na Holanda em dezembro fica a dica para se programar para dar um pulinho em Colônia, especialmente se a previsão de tempo for de pouco vento e sem chuvas. Continua sendo o maior e melhor mercado de Natal da Alemanha (seguido de perto por Berlin que a Cris Schlup vai estar falando a respeito, muito mais longe da Holanda). É alegre, variado, com boa comida – você pode dispensar os restaurantes e comer bem (também há opções sem carne) nas barraquinhas. Melhor ainda se você estiver com família ou um grupo de amigos. Vi grandes grupos de adolescentes e jovens adultos turistando nas ruas. E grandes famílias de holandeses, belgas, e até brasileiros (!!!) nos restaurantes. Vá se puder – e depois conte pra gente aqui no Brasil com Z como foi sua experiência !

(Todas as fotos desse post, arquivo pessoal da autora) 

______________

Ana Fonseca mora desde 1999 na Holanda. Para ver fotos dela e dos outros autores do Brasil com Z passe no nosso perfil do Instagram e sigam-nos! Atualizações diárias para viajar para o exterior você acompanha seguindo nossa fanpage no Facebook e nossa conta no Twitter

5 Comentários leave one →
  1. Raquel permalink
    20/12/2014 9:29

    Nunca visitei Colônia. Moro na Inglaterra (não muito longe…) há mais de dez anos. Teu post deu uma vontade de explorar Colônia e Maastrich!
    Em fevereiro vou pra Bélgica pela primeira vez. Adorei as dicas! Obrigada!

    • 20/12/2014 11:48

      Oi Raquel, obrigada pelo seu comentário. Sim, é perfeitamente possível combinar Colônia-Maastricht e Aachen em poucos dias. Conheço algumas cidades alemãs mas a mais bonita (e sub-avaliada) é Hamburg. Belíssima, variadíssima.

      • Raquel permalink
        02/01/2015 21:35

        Oi Anita, muito obrigada pela dica! X

    • Raquel permalink
      02/01/2015 21:34

      Oi Touché, só agora vi seu comentário, devido às festas de Natal e ano novo. Vamos a Bruges e Bruxelas. Se der tempo vamos passar pela Antuérpia! Te aviso se cobseguirmos ir. Vou ler teus posts sobre a Bélgica com certeza!!!! Obrigada pela dica! Abraço!

Trackbacks

  1. Mercados de Natal na Alemanha — Brasil com Z | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: