A Chinatown de Amsterdã não é grande como outras Chinatowns em Londres, Paris, San Francisco ou Nova York. É pequenininha, e fica ali pelo Red Light, prensada entre o Zeedijk e Nieumarkt. É misturada a prédios com estabelecimentos holandeses.

Mapa de Amsterdã @blogbrasilcomz

Mapa de Amsterdã

Não tem só lojas e restaurantes da China: assim como outras Chinatowns pelo mundo, ela tem residentes e negócios da Tailândia, Malásia e Indonésia. Algumas placas nas ruas estão com o nome em chinês e holandês.

Templo Budista, Amsterdã @blogbrasilcomz

Templo Budista, Amsterdã | Imagem de Ana Fonseca

Templo Budista, Amsterdã @blogbrasilcomz

Templo Budista, Amsterdã | Imagem de Ana Fonseca

O ponto turístico mais importante na Chinatown de Amsterdã é o Templo Budista, que fica no Zeedijk 106-118, conhecido como “Fo Guang Shan He Hua”. Fica difícil fazer foto (o templo tem pouco recuo da rua e nenhum entorno), mas acho que podem ter uma ideia com as fotos minhas aí abaixo.

A rua onde o templo fica é cheia de bares e restaurantes, mas a atmosfera é bem tranquila. O templo é relativamente bem “novo”: foi levantado no ano 2000. Você pode visitá-lo sem problemas, de terça a domingo até as 17h.

Chinatown em Amsterdã @blogbrasilcomz

Chinatown em Amsterdã | Imagem de Ana Fonseca

LOJAS

Lojas de massagens, objetos de decoração e comida… tem de tudo um pouco aqui. Um supermercado “grande” (para os padrões holandeses) é o Oriental Commodities – fica no Nieuwmarkt 27. Outro interessante é o Dun Yong: vende artigos de decoração, suvenires e tem um cooking studio chamado “Flavour of the Far East” para quem deseja ter aulas de culinária. Endereço: Stormsteeg, 9.

Chinatown em Amsterdã @blogbrasilcomz

Chinatown em Amsterdã | Imagem de Ana Fonseca

RESTAURANTES

São super limpos e organizados, bem de acordo com os padrões holandeses.

Nam Kee na Chinatown em Amsterdã @blogbrasilcomz

Nam Kee na Chinatown em Amsterdã | Imagem de Ana Fonseca

Penso que o mais conhecido é o Nam Kee. Começou como um negócio familiar, e hoje em dia está em três endereços. Eu continuo preferindo o primeiro: localizado no Zeedijk 111-113. Estive lá uma meia dúzia de vezes, e é menos apertado do que o Nam Kee que fica em frente ao templo budista. Da última vez que estive lá com marido e filho foi logo depois da comemoração do ano novo chinês esse ano, e achei os sabores menos concentrados do que usual de anos atrás. Mas ainda assim é uma ótima pedida para comer bem, com muitas opções e a um preço justo. As ostras com molho de feijão e cebolinha verde têm super bom preço e inspiraram o título de um romance holandês (De Oester van Nam Kee) – que também virou filme.

As ostras do Nam Kee: molho de feijão, especiarias e cebolinha verde finíssima na Chinatown em Amsterdã @blogbrasilcomz

As ostras do Nam Kee: molho de feijão, especiarias e cebolinha verde finíssima na Chinatown em Amsterdã | Imagem de Ana Fonseca

Pedimos sempre. Aliás, pedimos quase sempre as mesmas coisas: as famosas ostras, sopa, panquequinha e depois pratos quentes (nunca saímos de: pato laqueado, um prato de curry e um que leve arroz com algum fruto-do-mar). Recomendo para quem está passando em Amsterdã programar uma ida ao Nam Kee.

Filho e marido no Nam Kee na Chinatown em Amsterdã @blogbrasilcomz

Filho e marido no Nam Kee na Chinatown em Amsterdã | Imagem de Ana Fonseca | Imagem de

As famosas ostras viraram título de um livro e um filme (Veja abaixo)

Filme das Ostras de Nam Kee, Amsterdã @blogbrasilcomz

Filme das Ostras de Nam Kee, Amsterdã

Filme das Ostras de Nam Kee, Amsterdã @blogbrasilcomz

Filme das Ostras de Nam Kee, Amsterdã

Outro muito bom é o snackbar e restaurante tailandês Bird no Zeedijk 72 – 74. Pessoalmente, não conheço. Mas tanto estrangeiros quanto holandeses adoram esse lugar. Vendo as fotos do exterior, você não acha nada. Mas vendo as fotos do interior do lugar achei o ambiente bonito. Preciso conferir!

Restaurante tailandês Bird @blogbrasilcomz

Restaurante tailandês Bird | Imagem de Ana Fonseca

Restaurante tailandês Bird @blogbrasilcomz

Restaurante tailandês Bird | Imagem de Ana Fonseca

Restaurante tailandês Bird @blogbrasilcomz

Restaurante tailandês Bird | Imagem de Ana Fonseca

As fotos acima em retirei do próprio website do Bird:  www.thai-bird.nl

Até a próxima, tot ziens!

Nota: Nós já falamos sobre outras Chinatowns pelo mundo. Confira sobre a interessante história da Chinatown de San Francisco e o que esperar da vibrante Chinatown de Toronto. Se quiser ler todos os posts que o nosso autor da China já publicou no BZ acesse aqui. Eu já falei sobre a culinária holandesa e a forte influência indonésia nesse post