Skip to content

Atrações durante os meses de inverno em Toronto

09/01/2018

Lilly Guchtain – Toronto, Canadá

Lembro-me que quando eu estava prestes a vir morar em Toronto, com mudança e viagem marcadas, a primeira reação das pessoas era de espanto por eu estar indo viver num lugar que é conhecido por seus longos e intensos invernos. O interessante é que muitas não sabiam que aqui também tem seus verões, e podem acreditar: eles são escaldantes e muito quentes!

Mas a pergunta que não queria calar era como eu e minha família iríamos conseguir viver sob temperaturas tão diferentes às do Brasil. E por incrível que podia parecer, eu não sentia esse medo. Primeiro porque eu já sabia que a vida não pára no inverno, como outros autores já mencionaram aqui no BZ. As pessoas trabalham, as crianças vão à escola, as lojas funcionam (exceto quando há fortes tempestades de neve, o que eu nunca presenciei). Afinal, são praticamente seis meses de frio, já que o calor começa a ir embora em outubro e retornar em junho. E segundo porque existem roupas adequadas para enfrentarmos o inverno, e tenham certeza: a vida pulsa aqui em todas as estações, inclusive no inverno!

É muito interessante de ver como as estações definem a cultura dos canadenses. Por exemplo, têm os esportes de verão e têm os esportes de inverno. No final de setembro, quando o frio do outono já começa a dar as caras, é oficialmente aberta a temporada de Hóquei, o esporte mais famoso do Canadá.

Veja algumas razões para não ficar em casa no inverno em Toronto:

-PATHS, a cidade subterrânea de Toronto: há dias no inverno em que as temperaturas estão realmente muito baixas, mas como eu disse, a cidade não pára, as pessoas têm que trabalhar e dar um jeito no frio, então muitas utilizam os túneis para se locomoverem entre as estações de metrô e o trabalho. Os túneis têm cerca de 30 km de extensão e mais de 100 entradas espalhadas. Esses túneis têm temperaturas muito agradáveis e lembram muito um shopping center, pois têm cerca de 1200 lojas, praças de alimentação e até serviços públicos ao cidadão. Os Paths conectam 50 prédios, 20 estacionamentos, várias estações de metrô, restaurantes e ainda diversos hotéis! Conectam também às principais atrações turísticas de Toronto, e também ao shopping mais importante da cidade, o Eaton Centre.

-Ice skating outdoor: a cidade oferece mais de 50 pistas a céu aberto de patinação no gelo. Algumas são localizadas em regiões privilegiadas, como a pista de Harboufront, onde você poderá patinar enquanto admira uma linda vista para o lago Ontário. Mas sem dúvida é a Nathan Phillips Square a mais famosa da cidade! Localizada no coração de downtown, ao lado da Prefeitura de Toronto e do Eaton Centre Shopping, é um dos lugares mais icônicos e clicados pelos turistas. E se você não quiser gastar com patins, sem problemas! As pistas alugam os acessórios a preços bem acessíveis (faixa de $5). O importante é não ficar de fora da brincadeira!

-Ice skating indoor: em dezembro, quando as temperaturas já estão abaixo dos 8 graus, as pistas de patinação fechadas são reativadas. Elas são públicas e gratuitas, e pelo menos em cada bairro terá uma para atender à comunidade local. Não é motivo pra ter preguiça, não é?

-Estações de esqui: próximo a Toronto há muitas estações de esqui. A maior e a mais movimentada fica na cidade de Blue Mountains Village, ao norte de Toronto e a aproximadamente 2h de carro daqui, e se chama “Blue Mountain Ski Resort”, onde também pode-se hospedar e passar alguns dias esquiando com tranquilidade enquanto se curte as atrações do local. Aproveitando o assunto, a vila de Blue Mountains também oferece diversos spas para relaxar seja com uma massagem, sauna ou numa piscina aquecida. Mas se você quer fazer um bate-e-volta, a cidade tem 42 trilhas de esqui e snowboarding, além de lojinhas, cafés e restaurantes bem aconchegantes. Aos inexperientes de plantão, não se preocupem! As estações de esqui disponibilizam instrutores e equipamentos para sua aventura na neve ser inesquecível.

-Paisagens deslumbrantes de neve: continuo achando que apesar do frio, o inverno é a estação mais linda de Toronto, simplesmente porque eu adoro a neve. Como fotógrafa amadora, a neve é a cerejinha do meu bolo, o elemento que traz um charme extra às paisagens. Além de fotogênica, a neve encanta as crianças, que fazem guerrinha de neve e se jogam na neve fofinha, claro, desde que muito bem agasalhadas! Andar no parque é um passeio muito lindo e especialmente único no inverno. Um dos meus lugares preferidos em Toronto é o lago Ontário (foto acima). Sempre digo que a cidade de  Toronto sem o lago não seria a mesma. No verão é uma delícia e no inverno se torna mágico! Eu tenho o privilégio de morar em frente ao lago, então estou sempre lá. Adoro  fotografá-lo e também assistir  ao agito de suas águas em dias de muito vento ou admirar a beira do lago quando está congelada.

O inverno por aqui é magnífico e é um desperdício não curtir as belezas naturais de Toronto nessa época.

-Shows, festivais,  teatros e musicais:

Toronto é uma cidade que tem uma agenda cultural bem diversificada e agitada. Na época de Natal, por exemplo, temos diversas peças de teatro sobre o tema; shows da Broadway sempre passam por aqui, espetáculos para crianças e muitas bandas famosas do mundo todo é comum marcarem presença nos palcos. Dê uma olhada nesse site para você ter uma ideia da programação: http://www.ticketmaster.ca. E sempre na época entre janeiro e fevereiro, acontece o Winterlicious, um importante festival de gastronomia realizado por mais de 200 restaurantes que oferece pratos a preços fixos e mais baratos que o normal. É uma ótima oportunidade para fazer um delicioso circuito gastronômico por Toronto. Um evento como este é perfeito para os dias de inverno, não é mesmo? As mesas são muito disputadas, então é aconselhável fazer reservas com antecedência. Para maiores informações sobre o Festival, acesse o site: http://www.toronto.ca. Neste site você encontrará também a programação completa de outros eventos que sempre acontecem na cidade.

-Museus: Toronto é muito bem servida de museus. Veja os principais:

ROM – Royal Ontario Museum: é o meu museu preferido em Toronto. Localizado em downtown, o ROM tem uma arquitetura bastante moderna e arrojada, traz acervos de diversas culturas do mundo e História Natural. Disponibilize um dia inteiro para visitá-lo, pois o Museu é enorme! A entrada custa em torno de $20, podendo variar de acordo com a programação e idade (preço sujeito a alterações). Para ficar por dentro das atrações do Museu,  consulte o site: http://www.rom.on.ca

AGO – Art Gallery of Toronto: localizado na região de Chinatown, é uma das Galerias mais antigas de Toronto. Sua arquitetura e instalações já são um  show imperdível de arte e beleza. Localizada na região de ChinaTown, a galeria exibe arte contemporânea, africana, europeia e canadense,  fotografias, e traz diferentes eventos de grandes e renomados artistas! Os preços podem variar entre $11 e $25 (preços sujeitos a alterações). Para maiores informações, visite o site da Galeria: http://www.ago.ca

Casa Loma – é um luxuoso Castelo de estilo ghotic revival e também uma das atrações mais turísticas da cidade. Seu nome significa “Casa no topo da Colina” em espanhol, e portanto, traz vistas belíssimas de Toronto.  Construído entre 1911 e 1914, o Castelo possui 98 cômodos decorados ricamente com obras de arte vindas de várias partes do mundo. É uma extraordinária viagem no tempo.

E foi esse Museu que serviu de cenário para o filme X-Men, onde funcionava a escola de mutantes do Professor Xavier. O preço do ingresso para adultos é $30 (preço sujeito a alterações). Veja no site mais fotos desse lugar incrível: http://www.casaloma.ca/

Casa Loma, Fonte: https://www.flickr.com/photos/tomfreda/5541887795 

Nota: todas as fotos desse post são do arquivo pessoal da autora, Lilly Guchtain – com exceção da última e a do Path (fonte: http://www.jandctoronto.com)

________

Lilly Guchtain é de Curitiba, formada em Comunicação Social e mora desde 2015 em Toronto, no Canadá com o marido brasileiro e dois filhos. Ela curte fotografia e busca aproveitar intensamente cada canto dessa cidade fascinante. Perfil do Instagram: @lilly.ca

Blog “Brasil com Z”, um blog feito por brasileiros expatriados vivendo nos quatro cantos do mundo! Sigam nosso Instagram com fotos de nossos autores e no no Facebook e Twitter para atualizações diárias. 

3 Comentários leave one →
  1. AnaFonseca permalink*
    11/01/2018 8:18

    Ok, Lilly… no inverno a vida segue. Afinal, as obrigações continuam as mesmas. Mas confesso para você: acordo cedo de manhã com a vontade de que a noite chegue logo para que eu possa ir dormir. Haja café. Na verdade, queria hibernar #prontofalei Ando precisando de vitamina D e spirulina… Beijos.
    P.S.: fotos lindas.

    • lillyguchtain permalink
      11/01/2018 15:34

      Sempre digo isso tbm…! Q no inverno viramos ursinhos e hibernamos! Os invernos do Canadá são longos e frios e mesmo a vida tendo que seguir, as pessoas chegam cedo do trabalho, os restaurantes fecham tbm super cedo, réveillon aqui praticamente não existe…essa época curtimos mais a família, assistimos mais filmes e ficamos mais introspectivos. E diria q p morar aqui, tem que ter um psicológico forte, pq se não o inverno pode ser perigoso. Mas como eu escrevi, tem o lado positivo sempre de tudo! Rsrs O inverno tem as suas belezas, e temos que aproveitar! Um beijo! E obrigada pelo seu comentário!

Trackbacks

  1. O Inverno em Toronto | Brasil com Z

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: